Quando ir ao hospital para o parto?

13 de maio de 2018
O maior medo das grávidas é não reconhecer os sintomas do parto. A seguir, te daremos algumas dicas para identificar esse momento tão esperado.

Para evitar o inconveniente de ir e voltar do hospital porque ainda não é a hora do parto, é melhor saber qual é o momento certo para ir ao hospital para o parto.

O que fazer antes de ir ao hospital para o parto?

Todo nascimento de um bebê implica alguns preparativos antes do parto. É por isso que você deve decidir se vai ao pronto-socorro diretamente ou se seu ginecologista ou parteira a atenderá em casa. Também é aconselhável que você calcule o tempo que levará para chegar ao hospital e como você irá para lá.

Prepare o histórico médico, a mala, seus documentos de identidade, o cartão do plano de saúde e tudo o que você vai levar para o hospital. Além disso, planeje com antecedência quem cuidará de seus filhos se você os tiver. Organize os assuntos de trabalho antecipadamente, porque em alguns casos o parto ocorre antes do tempo programado.

Quando ir ao hospital para o parto?

O ideal seria ir quando o trabalho de parto realmente tiver começado. Existem vários sinais de que o parto está se aproximando.

O rompimento da bolsa e a saída do líquido amniótico podem ocorrer de forma gradual ou de repente. Isso pode ser acompanhado por contrações em algumas mulheres. Você deve ir imediatamente para o hospital, mas sem desespero.

Se você notar um sangramento vaginal com muco, isso se deve ao tampão que envolve o colo do útero, que pode ser expelido a qualquer momento, o que revela que o nascimento do bebê está se aproximando.

As contrações são um sinal inequívoco do trabalho de parto. Você deve levar em conta a sua frequência e a duração. As contrações ativas ocorrem no espaço de 5 minutos, com duração entre 45 e 60 segundos, e com dilatação cervical de 3 centímetros ou mais.

sangramento vaginal

Se as suas contrações forem semelhantes a esses sintomas, é recomendável que você vá ao hospital para o parto.

Seu corpo também enviará sinais se a hora tiver chegado. Siga seu instinto e vá ao médico se assim desejar. Fazer isso lhe dará mais tranquilidade.

Riscos de dar entrada no hospital antes do trabalho de parto

Estar no hospital antes do tempo do parto aumenta a tensão e a ansiedade. Além disso, você corre o risco de intervenção, que é a indução do parto usando ocitocina, anestesia peridural e, em alguns casos, se entuba o recém-nascido.

Contrações que não requerem ir ao hospital

As contrações de Braxton Hicks são irregulares e ocorrem com dor moderada na barriga. Elas desaparecem ao descansar ou ao mudar de posição.

Espasmos ou cãibras são muito frequentes durante a gravidez e são confundidos com as contrações do parto. No entanto, duram entre 15 e 20 segundos, e desaparecem ao descansar ou ao mudar de posição.

Há contrações um pouco mais dolorosas que ocorrem em algumas mulheres com um período de tempo prolongado entre uma e outra. Para aliviar a tensão que elas produzem, se recomenda um banho com água quente e massagem nas costas.

Quando as contrações estão na primeira fase do parto, é melhor esperar em casa até que atinjam a fase ativa”

O que esperar no hospital?

Ao chegar ao centro médico, uma enfermeira examinará a temperatura e a pressão sanguínea. Além disso, amostras de sangue e urina serão coletadas. Adicionalmente, o abdômen será examinado para controlar os batimentos cardíacos do bebê e as contrações.

O médico decidirá em que estágio está o trabalho de parto. Talvez te mandem de volta para casa para ficar esperando, o que não deveria te surpreender, pois é melhor esperar no conforto da sua casa do que no hospital, especialmente se for por muito tempo.

Riscos de dar entrada no hospital antes do trabalho de parto

Quando é urgente ir ao hospital?

No final da gravidez, algumas complicações que requerem atenção imediata podem surgir, como sangramento vaginal intenso ou contrações antes das 37 semanas ao notar pouca atividade do feto.

Se, ao se romper a bolsa, o líquido amniótico estiver amarelado, esverdeado ou marrom, isso pode indicar a presença de mecônio. Ou seja, as primeiras fezes do bebê, o que representa um sofrimento fetal que pode causar sérios danos ao bebê.

Além disso, se você tiver dores de cabeça persistentes acompanhado de desconforto na parte superior do abdômen, dificuldade de visão ou inchaço anormal, você deve ir ao hospital imediatamente.

Conhecer os sintomas que indicam quando é necessário ir ao hospital para o parto é a melhor maneira de evitar imprevistos futuros.