Quantas semanas dura uma gravidez normal?

· 23 de novembro de 2017

Desde o primeiro momento em que você confirma que esta grávida, começa a fazer as contas. Nessa altura é quando você corre para calcular quantas semanas vai durar a gravidez e consequentemente, quando poderá ver seu filhinho.

Geralmente se diz que uma gravidez dura 9 meses. O costume de medir o tempo através das 9 luas é algo que nossas avós já usavam para determinar a data do parto. Eram tempos em que saber a data em que a criança nasceria era algo necessário. Entre outros motivos, para ter tudo preparado para recebê-la.

Porque é importante saber quantas semanas dura uma gravidez

Do ponto de vista médico, é preciso determinar com exatidão o tempo de gravidez, chamado “idade gestacional”. Quando a gravidez chega ao fim, o feto está preparado para nascer sem ajuda nenhuma.

Por isso, à medida que a mulher se aproxima do momento do parto, os controles são feitos com maior frequência. O estado da mãe e do bebê são acompanhados de perto, fundamentalmente seus sinais vitais. O ritmo cardíaco e o desenvolvimento dos pulmões do bebê são dois dos aspectos mais relevantes nesses últimos controles. Ambos estão relacionados ao tempo de gravidez.

“Saber com certeza quantas semanas dura uma gravidez, permite observar o bebê e saber se está normal de acordo com o esperado para determinada idade gestacional”

quantas semanas dura uma gravidez

Gravidez dentro da normalidade

Caso se observe alguma anomalia no desenvolvimento, o obstetra tomará as medidas que considera adequadas. A ciência médica dispõe hoje de múltiplos recursos para intervir. Sobretudo, no caso de que com antecedência se diagnostique algum problema no desenvolvimento do bebê.

A resposta para quantas semanas dura uma gravidez é algo aproximado: se considera que uma gravidez normal está “completa” entre a 37ª e a 42ª semana.  É uma margem bastante ampla, pois existem vários fatores na grávida e em seus hábitos que podem influenciar. Geralmente, as mães que já deram à luz alguma vez têm uma gravidez mais curta. No caso das mamães de primeira viagem, a gravidez costuma se estender um pouco mais.

Influência da duração da gravidez no parto e no bebê

Para um parto ser normal, prematuro ou prolongado, depende das semanas que dura a gravidez. Se a gravidez dura menos de 37 semanas, o parto é considerado prematuro. Se passar de 42 semanas, será uma gravidez prolongada. Ambas situações são anômalas e devem ser atendidas com cuidado.

  • Parto prematuro

Se um bebê nasce antes do tempo normal, aumentam os riscos. Os bebês nascem prematuros quando seu tempo de gestação é inferior as 37 semanas.  Quando a grávida começa com os primeiros sintomas do parto antes da 37ª semanaos médicos podem recomendar medidas para tentar adiá-lo. O repouso absoluto é uma delas.

Caso o parto não possa ser evitado, é imprescindível a presença de um pediatra, além do obstetra. Um bebê que nasce prematuro deve ser observado durante os primeiros dias de vida, por esse motivo, com certeza ele vai ficar na maternidade durante algum tempo.

  • Parto resultante de uma gravidez prolongada

Quando o tempo estalecido para uma gravidez normal se prolonga, é provável que o médico decida intervir. Mas por que pode vir a ser um problema o fato de o bebê permanecer mais do que o tempo normal dentro do útero materno? placenta cumpre sua função de fornecer os nutrientes, imunológicos, endócrinos e de fixação do bebê durante um período de tempo que dura entre 40 e 42 semanas. É o que dura uma gravidez normal. Passado esse tempo, envelhece.

Se a placenta para de funcionar, o bebê fica exposto a uma série de riscos, principalmente respiratórios e nutricionais. É por essa razão que quando a gravidez ultrapassa as 41 semanas geralmente o médico decide induzir ou provocar o parto.

quantas semanas dura uma gravidez

Como calcular quantas semanas dura um gravidez?

A conta do tempo de gravidez pode ser realizada a partir do primeiro dia da última menstruação. Os obstetras utilizam essa data como um indicador e a partir dai, acrescentam as 40 semanas. A data do parto calculada dessa maneira é considerada a “data provável de parto”, pois não existe uma total certeza. Os períodos de ovulação podem ser irregulares nas mulheres e esse fator incide na data da fecundação. Portanto, é um cálculo estimado e útil na hora de calcular quantas semanas dura uma gravidez.

A melhor maneira de calcular o tempo de gestação é através da ecografia que se realiza no primeiro trimestre. A precisão é muito superior ao método das datas da menstruação. Com essa ecografia, o médico pode determinar quase com certeza a data em que a criança vai nascer.

Está comprovado que procurar saber com a maior exatidão possível a data estimada do parto é fundamental para evitar problemas tanto para a criança quanto para a mãe, além de intervenções médicas desnecessárias.