Saiba mais sobre o cólon irritável nas crianças

29 de maio de 2019
Com uma alimentação saudável, é possível vencer muitas batalhas. Podemos não só oferecer às nossas crianças a oportunidade de um crescimento de qualidade, como também evitar doenças intestinais que podem acompanhá-los por muito tempo.

Um dos problemas intestinais que costumam aparecer em idade precoce é o cólon irritável em crianças. Nesses casos, as ações da mãe devem ser específicas e simples para facilitar uma recuperação rápida e sem complicações para o seu pequeno.

O cólon irritável em crianças apresenta-se pela ingestão de alimentos que contêm lactose, gorduras, pimentas, farinhas, entre outros. Uma criança que não foi amamentada no peito estará mais exposta a tais sofrimentos.

É por isso que deve o consumo de certos alimentos ser monitorado. Não devemos ultrapassar as doses indicadas, já que a superalimentação pode causar distúrbios no trato intestinal.

O verão é uma etapa importante do ano que deve ser considerada no que diz respeito à alimentação. Durante esses meses, a tolerância digestiva sempre é menor, tal como ocorre em outras épocas, quando se apresentam mais processos infecciosos. Tentar forçar essa tolerância é também uma das causas do cólon irritável em crianças.

O cólon irritável em crianças está relacionado a fatores psicológicos importantes, como o estresse e o nervosismo. Além disso, muitos o vinculam a desequilíbrios hormonais, intolerâncias alimentares, predisposição genética ou alterações na mucosa intestinal.

Sintomas do cólon irritável em crianças

O cólon irritável em crianças é uma doença que pode apresentar reincidência ou, até mesmo, tornar-se crônica. As causas que o geram são desconhecidas. Entre os diferentes sintomas que podem causar, encontram-se:

  • Gases.
  • Dor abdominal.
  • Diarreia.
  • Vômitos.
  • Distensão intestinal.
  • Prisão de ventre.
  • Dores para defecar ou depois de fazê-lo.

O que você deve saber diante de algum sintoma do cólon irritável em crianças

Diante de um processo de diarreia ou a presença de vômitos, o que se recomenda é hidratar imediatamente o pequeno com bebidas ricas em eletrólitos recomendadas pelo pediatra. Essa simples medida irá evitar grandes males ao doente.

É importante que você saiba que nunca deve fornecer laxantes ao seu filho, muito menos mais leites preparados ou adstringentes. Siga somente as orientações de um médico especialista.

menina com dor de barriga

Por outro lado, também é importante que você evite praticar irrigações e lavagens de qualquer tipo. É preferível que dar para seu pequeno os alimentos e medicamentos indicados pelo médico com uma colher, especialmente se a criança ainda se alimentar com leite materno.

O leite materno é o primeiro alimento que permitirá curas grandiosas. É claro a criança só deve continuar se alimentando do leite da mãe dependendo do seu desenvolvimento gastrointestinal. Nesse sentido, não se deve empregar os bacilos lácteos, às vezes uma simples dieta é suficiente para alcançar a cura.

Caso ocorram reincidências, não se recomenda a realização de dietas tão longas. No caso das dietas aplicadas ao seu pequeno, a primeira pode ter uma duração de 12 ou 24 horas. Nesse intervalo de tempo, ofereça a ele água morna ou fresca —em caso de vômito, gelada— e em quantidade abundante.

As características da defecação têm menos importância para o estudo do diagnóstico e da evolução desses processos. No entanto, aconselha-se sempre a conservação da última fralda suja até a criança defecar novamente, para o caso de o médico querer observar.

Quando se apresenta constipação ou intestino preguiçoso nos pequenos, o melhor é alterar o regime alimentar. Uma dieta de qualidade, direcionada a evitar esse problema, pode corrigir e, até mesmo, curar essa perigosa tendência, às vezes, inata ao organismo.

“O cólon irritável em crianças apresenta-se pela ingestão de alimentos que contêm lactose, gorduras, pimentas, farinhas, entre outros.”

Regimes alimentares para o cólon irritável em crianças

A seguir, apresentamos alguns pratos especiais para os pequenos que apresentam esse problema. É de suma importância destacar que são indicações de caráter geral. Portanto, convém, em todo caso, submeter à aprovação do médico especialista.

Cenouras refogadas

Ingredientes

  • Meio quilo de cenouras
  • 6 colheres de sopa de água
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • Sal a gosto

Modo de fazer

  • Limpe as cenouras e corte-as em rodelas.
  • Despeje em uma panela a água e o sal e deixe que as cenouras cozinhem com a panela tampada durante meia hora.

Arroz com espinafre

Ingredientes

  • Meia xícara de arroz
  • 1 xícara de água
  • 1/4 de quilo de espinafre
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de sopa de pão ralado
  • 3 xícaras de água
  • Sal a gosto

Modo de fazer

  • Ferva o arroz com água e sal até que seque.
  • Pique o espinafre e coloque azeite em uma frigideira para refogar. Em seguida, adicione os espinafres, mais um pouco de água e deixe cozinhar durante dez minutos.
  • Unte uma assadeira com azeite e coloque o arroz sobre ela. Acomode-o no fundo em forma de coroa.
  • Preencha o buraco formado com espinafre, regue com um pouco de azeite por cima e, por último, polvilhe com pão ralado.
  • Leve ao forno por dez minutos.
arroz com couve-flor

Purê de centeio

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de farinha integral de centeio
  • 1 colher de sopa de mel
  • 2 xícaras grandes de água

Modo de fazer

  • Misture bem a farinha e o mel na água, coloque para cozinhar em fogo baixo e deixe ferver durante meia hora.
  • Enquanto fervem, você pode adicionar um suco de frutas que não seja ácido.

A nutrição de nossos filhos deve ser baseada em alimentos de fácil digestão. Devemos evitar todos aqueles que contenham condimentos, frutas ácidas ou que têm alto índice de fibras.

Finalmente, também não devem ser feitas alterações bruscas no regime alimentar das crianças. É sempre aconselhável esperar as instruções de um especialista. As modificações repentinas na dieta das crianças podem não ajudá-las, causando complicações intestinais que depois serão difíceis de serem eliminadas.