Saiba tudo sobre a anemia pós-parto

30 de abril de 2019
A anemia pós-parto é uma doença muito comum e pode causar uma grande fatiga na mãe de primeira viagem. Vamos nos aprofundar em suas causas, seus sinais, seus efeitos colaterais e como tratá-los.

Tornar-se mãe é uma das experiências mais desafiadoras e gratificantes. Não obstante, você deve saber que, entre as possíveis doenças que se seguem ao nascimento do bebê, a anemia pós-parto é uma das mais comuns em muitas mulheres.

A anemia pós-parto está ligada à uma deficiência crônica de ferro após o nascimento do bebê. Esse problema acontece porque, no final da gravidez, o corpo feminino gasta muito ferro por causa do desenvolvimento e crescimento do feto.

Por essa razão, é preciso levar em consideração alguns sinais de alerta para o aparecimento dessa patologia para que você seja capaz de preveni-la, como é o caso da fadiga, da fraqueza ou da irritabilidade.

Anemia pós-parto

Durante a gravidez, o corpo da mulher produz mais sangue para sustentar o crescimento do bebê. Se não contar com a quantidade suficiente de ferro, é possível que o corpo não seja capaz de produzir a quantidade de glóbulos vermelhos necessária para produzir a quantidade de sangue a mais.

De qualquer forma, as mamães que sofrem de anemia durante o período da amamentação devem saber que não há contraindicação no que se refere à toma de suplementos alimentares ou alimentos que contenham ferro durante essa fase.

Por um lado, há vários fatores que contribuem para o surgimento da anemia pós-parto; às vezes, pode ser difícil determinar a causa específica em cada mulher. No entanto, a mais óbvia é a perda de sangue que sofrem durante o parto; ela é geralmente corrigida depois de alguns dias.

Por outro lado, para outras mamães, a anemia pós-parto pode ser uma doença crônica que pode ter outras causas. Além disso, deve-se levar em consideração que a anemia pós-parto é um transtorno que também pode afetar mulheres que não tenham sofrido dessa doença durante a gestação.

anemia pós-parto

Causas da anemia pós-parto

Na maioria dos casos, o motivo pelo qual as mulheres sofrem de anemia pós-parto é uma combinação das seguintes condições:

Dieta pobre

Pode ser difícil tratar a anemia pós-parto. Mesmo que as mamães consigam obter a quantidade suficiente de ferro na sua dieta, a hemorragia pós-parto pode durar semanas, sendo mais dificultada a absorção dessa quantidade extra de ferro.

Diminuição da absorção de ferro

Algumas mulheres já têm dificuldade para absorver ferro devido a determinadas doenças intestinais, como a doença celíaca, a doença inflamatória intestinal ou a Doença de Crohn.

Essas complicações, combinadas com a dificuldade para seguir uma boa dieta logo depois do nascimento do bebê podem causar a anemia pós-parto.

“Uma mulher que acaba de dar à luz é como uma bela árvore que está florescendo”

-Peter Jackson-

Sinais da anemia pós-parto

Certifique-se de falar com o médico se alguma vez você se sentir incomodada ou se alguns dos seguintes sinais e sintomas de anemia pós-parto se tornarem difíceis de serem tratados. Estes são os sinais que podem indicar uma deficiência de ferro:

  • Tristeza ou depressão.
  • Enjoos ou tontura.
  • Falta de ar.
  • Batimento cardíaco rápido.
  • Dores de cabeça.
  • Irritabilidade ou mudanças de humor.
  • Perda de libido.
  • Palidez.

Efeitos colaterais

A anemia pós-parto pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

  • Aumento do risco de depressão pós-parto.
  • Torna a mulher vulnerável a infecções frequentes do trato intestinal.
  • A mulher pode sofrer fadiga excessiva e esgotamento.
  • Produção insuficiente de leite materno durante a fase de aleitamento.
  • Pode afetar a qualidade do leite materno.
anemia pós-parto

Tratamento

Estes são alguns passos que você pode seguir para evitar a anemia pós-parto:

  • Certifique-se de seguir uma dieta rica em ferro. Além disso, inclua alimentos que contenham vitamina C, já que essa vitamina estimula a absorção de ferro pelo corpo.
  • Você também deve evitar o consumo de alimentos ricos em cálcio porque eles inibem a absorção de ferro.
  • Consulte o seu médico e comece a ingerir suplementos que contenham ferro.
  • O médico pode recomendar ferro intravenoso.
  • Em um cenário extremo, o médico pode aconselhar você a fazer uma transfusão de sangue. A forma de tratamento varia de paciente para paciente, conforme os níveis de ferro e o estado de saúde do paciente.

Por fim, lembre-se de que a anemia pós-parto pode ser tratada seguindo uma dieta saudável e balanceada, rica em ferro e em vitamina C. Com certeza, você deve saber que manter os níveis de ferro adequados na gravidez ajuda a prevenir a anemia pós-parto, seja parto natural ou cesariana.