Quais sapatos comprar para seu filho de acordo com a idade

12 de dezembro de 2018
Em nossa sociedade há a tendência de calçar os filhos muito cedo. Mas você sabe qual é o momento mais adequado?

Além de saber o momento mais adequado de começar a calçar as crianças, você sabe quais tipos de sapatos comprar para o seu filho de acordo com sua idade?

Você nunca deve calçar o seu bebê

Muitos estudos demonstraram cientificamente que os bebês descalços são mais inteligentes e, o mais importante, muito mais felizes.

Do ponto de vista do desenvolvimento neurológico e da sensibilidade tátil, os pés de bebês de até oito ou nove meses têm uma sensibilidade muito mais apurada do que as mãos.

Nos primeiros meses, os pés têm funções essenciais:

  • Informar o bebê sobre o mundo exterior
  • Tocar tudo o que está ao redor
  • Manipular os objetos com as mãos e pés ao mesmo tempo
  • Usá-los para levar coisas à boca, onde as terminações nervosas sensoriais são maiores

Por isso, calçar o bebê frequentemente impede que ele receba informações táteis. A percepção da posição e do movimento dos pés em relação ao espaço desempenha um papel importante no sistema nervoso central.

sapatos comprar

Os sapatos ideais para os primeiros passos

Mais uma vez, insistimos que sempre que possível os bebês devem ficar descalços.

Apoiar os pés descalços em vários tipos de superfícies contribui para o desenvolvimento muscular.

O uso do calçado impede que o bebê receba sensações enquanto engatinha além de acrescentar um peso a mais aos pés, impedindo que se mova livremente.

Tudo isso explica por que as crianças tiram os sapatos continuamente quando já são um pouco maiores e têm um controle maior sobre o seu corpo.

No entanto, o calçado é necessário quando saímos com o bebê na rua, principalmente quando faz frio.

É por isso que ao começarem a dar os primeiros passos, o calçado ideal para as crianças é aquele que lhes proporciona equilíbrio e estabilidade, combinando apoio e flexibilidade.

Educar uma criança é essencialmente ensiná-la a não precisar de nós

-Ruskin-

Alguns conselhos

  • Não devemos repassar os sapatos pois cada criança tem a sua própria pisada
  • Não compre sapatos para as crianças sem experimentar
  • Se forem os primeiros sapatos, é importante experimentá-los antes pois cada fabricante tem suas próprias formas e o tamanho pode variar de um para o outro
  • No caso de comprar pela internet, é muito difícil saber se há costuras escondidas que podem machucar os pés do seu bebê
  • É sempre melhor fazer a criança experimentar os sapatos caminhando um pouco com eles na loja antes de comprar
  • Observe os movimentos e a postura da criança enquanto caminha com os sapatos na loja, e continue observando depois que comprar também.
sapatos comprar

Quando os filhos andam

O sapato deve chegar até debaixo dos maléolos que são os ossos laterais do tornozelo.

No caso das botas, elas devem ser flexíveis o suficiente para permitir o movimento total da articulação do tornozelo.

Quando você for comprar sapatos novos, lembre-se das seguintes dicas:

  • A palmilha do sapato tem que ser plana e flexível.
  • Um calçado saudável é plano e anatômico para promover equilíbrio e proteger as pernas e as costas.
  • O calçado deve ser largo o suficiente na parte da frente para permitir que os dedos se abram e se movam com liberdade.
  • É recomendável que os sapatos sejam feitos de materiais naturais que permitam a transpiração.
  • O modelo mais adequado é um sapato que se adapte e fique firme no pé, com cadarço ou velcro no peito do pé para poder ajustar bem.
  • Os chinelos, tamancos ou sapatilhas sem fivelas não são recomendados porque a sensação de que o sapato vai sair a cada passo obriga os dedos a fazerem um esforço a mais.
  • Apesar de ter escolhido sapatos adequados, é preciso lembrar que eles devem ser usados somente algumas horas por dia.
  • É recomendável que os pés fiquem livres em casa. Se não houver nenhuma contraindicação, uma meia antiderrapante será suficiente para andar em casa.
  • Experimente o sapato usando meias e veja se há um espaço entre 0,5 e 1,5 centímetros entre o dedão e o calçado. Pressione a ponta para ver se encontra os dedos dos pés: se sim, o sapato é muito pequeno.
  • A melhor hora para experimentar os sapatos é no final do dia, quando os pés da criança estão mais inchados.
  • Não compre um sapato de um número maior para que a criança possa usá-lo por mais tempo. Se o sapato não for do tamanho certo, pode alterar a forma de caminhar ou fazer bolhas.

Você deve saber que …

Os problemas mais comuns devido ao uso de calçados inapropriados variam desde a deformidade dos dedos e unhas dos pés até tendinite, dor na sola do pé e verrugas causadas por materiais sintéticos.

Conforme o tempo passa e a criança adquire um andar mais firme, é necessário verificar periodicamente se que não há nenhuma complicação. No caso de existir alguma, tome as medidas necessárias para que não afete outras áreas, como os joelhos ou as costas.