Segundo a disciplina positiva, as crianças agem bem quando se sentem bem

6 de agosto de 2017

Criar as crianças com a disciplina positiva significa ser amável e firme ao mesmo tempo, o que será efetivo a longo prazo e ajuda as crianças a sentir uma conexão, um sentido de ligação e significado.

Características da disciplina positiva

Segundo a Dra. Jane Nelsen, autora e coautora da Serie de Disciplina Positiva (coleção de livros e programas de educação positiva), existem 5 critérios para a disciplina positiva. Vejamos quais são.

  • Amabilidade e firmeza ao mesmo tempo. Respeito mútuo e animador
  • Ligação e significado. Ajuda as crianças a sentir uma sensação de conexão
  • É eficaz a longo prazo. O castigo funciona a curto prazo, mas tem resultados negativos no futuro
  • Ensina valiosas habilidades sociais e de vida para ter bom caráter. Respeito, preocupação pelos outros, resolução de problemas. Assim como as habilidades para contribuir em casa, na escola ou na comunidade
  • Incita as crianças a descobrir sua capacidade. Promove o uso construtivo do poder pessoal e a autonomia.

Benefícios da disciplina positiva nas crianças

A criança positiva é uma forma de orientação carinhosa que pode animar as crianças a desenvolver sua auto disciplina. Isso, por sua vez, os ensinara a amar a si mesmos. Este tipo de educação assegura que as crianças respondam a uma orientação amável no lugar de castigos e ameaças.

Se você observar a disciplina positiva oferece mais benefícios em comparação com o estabelecimento de castigos e repreensões. Estes são alguns dos benefícios que a criança positiva pode ter:

Melhor compreensão dos sentimentos

As crianças responderão positivamente se primeiro você lhes diz como se sente. Por exemplo, se seu filho atravessa uma rua sem olhar, explique a ele o nervoso que você sente e o mal que você sentiria se acontecesse alguma coisa. Isso garante que seu filho entenda como você se sente e não repita esse comportamento.

Isso cria um padrão duradouro de empatia onde a criança aprende a antecipar os sentimentos de outros antes de agir.

Relações mais fortes

Uma das coisas mais importantes que a criança positiva pode trazer é uma relação mais forte e saudável entre pais e filhos. Este método de educação implica mostrar o reconhecimento dos comportamentos positivos e vez de castigar com os negativos.

Os castigos podem destruir as relações com as crianças e podem conduzir a um comportamento negativo. Estabelecer limites e reforçar as expectativas através de uma orientação carinhosa ajuda as crianças a se focar em melhorar o comportamento em vez de se irritar com você.

Este método cria um círculo de respeito que se reforça a si mesmo. Finalmente, o pai não terá que disciplinar em absoluto, somente oferecerá orientação.

Diminua as brigas e o mau comportamento

Um beneficio muito importante da disciplina positiva é que ajuda a reduzir as brigas e o mau comportamento das crianças. Castigar as crianças pode fazer que se sintam mal consigo mesmas e isso pode fazer com que ajam ainda pior.

Como pai, você não deve ter duvidas em estabelecer limites para seu filho. Mas se assegurar de estabelecer esses limites com empatia. Isso tornará os ensinamentos mais eficazes.

Lembre que as crianças crescerão para cuidar de si mesmas e dos demais da maneira que foram tratados. Se você for duro com elas, aprenderão a ser duras consigo mesmas e com os demais.

Desenvolvimento emocional

As crianças que são criadas em um ambiente onde se sentem bem consigo mesmas e com sua família desenvolvem uma autoestima saudável. Sabem que são capazes da perfeição e podem se sentir bem sobre suas vitórias.

As crianças procuram se comportar bem e atingir suas metas pelo bem da realização, não porque tem medo de castigos. Os castigos duros podem criar uma sensação de vergonha e medo que os fazem tomar decisões erradas ou evitar tomar qualquer decisão simplesmente.

Conselho para disciplinar positivamente

Se concentre em controlar a você mesma, não a seu filho

É difícil manter a calma em algumas situações, porém, é importante que os pais mostrem os tipos de comportamento que querem que seus filhos tenham. Lembre-se: gritos geram gritos, tapas geram tapas. Não devemos fazer nada diante de nossos filhos que não queiramos que eles façam. A raiva e a frustração alimentam o mau comportamento.