6 receitas de dieta leve para crianças

Na dieta leve é importante limitar a ingestão de fibras, pois esse elemento pode ser pesado em termos de digestão. A prioridade é sempre dos nutrientes de fácil assimilação.
6 receitas de dieta leve para crianças

Última atualização: 12 Maio, 2021

Uma dieta leve pode ser necessária quando a criança está sofrendo com algum processo viral de caráter gastrointestinal. Nessa situação, ocorrem diarreias e vômitos, portanto, devem ser tomados cuidados especiais na introdução dos alimentos. Por um lado, é fundamental limitar as fibras, mas também é necessário fornecer nutrientes de qualidade.

É bom lembrar que a dieta leve deve ter um padrão de hidratação adicional. Durante os episódios de diarreia, ocorre uma grande perda de líquidos, o que pode gerar alterações no equilíbrio hídrico que impactam negativamente a saúde.

Quando usar a dieta leve?

É importante usar a dieta leve quando a criança apresentar alterações relativas à função gastrointestinal. Nos processos virais ou bacterianos que afetam a motilidade do tubo digestivo, juntamente com diarreia ou vômitos, sua implantação será necessária.

Da mesma forma, essa estratégia alimentar pode se tornar necessária após tratamento com antibióticos, pois normalmente tem impacto negativo na microbiota, alterando suas funções.

Receitas de dieta leve para crianças

As seguintes receitas de dieta leve para crianças fornecerão nutrientes de qualidade, garantindo uma fácil digestão.

Criança com diarreia por intolerância à lactose.

Creme de abóbora

Com o creme de abóbora é possível obter uma grande quantidade de vitamina C, que é importante para promover a função imunológica, de acordo com estudo publicado na revista Nutrients. Seu consumo auxilia no combate às infecções virais, melhorando o tratamento e reduzindo sua duração.

Sua preparação é muito simples. Você só precisa cozinhar alho-poró, cenoura, batata e abóbora em uma panela. Primeiro, refogue com azeite e depois acrescente água até cobrir os legumes. Deixe cozinhar por cerca de 30 minutos em fogo médio e ao terminar corrija o sal e amasse.

Sopa de frango, arroz e cenoura, uma das melhores receitas de dieta leve

Graças à canja, ficam garantidas na dieta as proteínas, essenciais para o bom funcionamento da massa magra. De fato, e de acordo com pesquisas publicadas em Annals of Nutrition & Metabolism, as recomendações em relação às proteínas aumentaram nos últimos anos.

A melhor notícia é que a canja de galinha é muito simples de fazer. Refogue duas cenouras, um alho-poró, uma cebola e uma coxa de frango e cubra com água. Cozinhe por algumas horas em fogo baixo e adicione o arroz nos últimos 10 minutos de cozimento.

Arroz branco com frango

É uma das receitas clássicas para qualquer distúrbio intestinal. Consiste simplesmente em grelhar alguns filés de frango finos, bem passados por dentro, com um pouco de sal e salsinha. Ao mesmo tempo, refogue o arroz com alho, cubra com água e deixe cozinhar por 10 minutos.

É aconselhável escolher uma parte magra do frango, pois quanto menos gordura, mais fácil será a digestão do alimento. Da mesma forma, é importante moderar o uso de sal.

Compota de maçã

Apesar de a maçã conter grande quantidade de fibras, ela é de fácil digestão. É também um composto prebiótico que favorece o crescimento da flora, o que é útil se tiver sido danificada pela ação de algum microrganismo patogênico.

Para preparar a compota é necessário colocar água com açúcar em uma panela e deixar ferver para formar uma calda. Para cada 300 mililitros de água, são adicionados 100 gramas de açúcar. Enquanto isso, as maçãs devem ser descascadas e picadas para, com a calda formada, serem adicionadas ao preparo. Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos. Passado esse tempo, estará pronta para consumo.

Iogurte com frutas picadas

Com essa preparação você garantirá um aporte de proteínas, açúcares e probióticos. Estes últimos elementos nada mais são do que bactérias capazes de colonizar o trato digestivo, o que permite a recuperação da microbiota com rapidez e o restabelecimento do equilíbrio interno.

O consumo de laticínios processados com baixo teor de gordura é altamente recomendado no contexto de uma dieta leve. As frutas escolhidas devem estar sempre maduras, para facilitar a digestão.

Purê de batata com pedaços de frango

O purê de batata para a dieta leve também é muito simples de fazer. Descasque as batatas e coloque-as para cozinhar cortadas em pequenos pedaços. Após cerca de 15 minutos, retire-as do fogo e passe-as por um espremedor de batatas, até atingirem a textura desejada. Para finalizar, adicione uma pitada de sal e um fio bem moderado de azeite de oliva extravirgem.

Purê de batata para uma dieta leve.

Em uma frigideira separada, grelhe pedaços pequenos e temperados de frango. Quando estiverem cozidos internamente, sirva-os junto com o purê, acompanhado de salsinha.

Alimentos a evitar

No contexto de uma dieta leve, é importante evitar todos os alimentos ricos em gordura ou fibras insolúveis. Esses elementos deixam a digestão mais lenta e difícil, gerando aumento da diarreia e do desconforto. Da mesma forma, pode ser necessário fazer uso de medicamentos para reduzir os sintomas agudos.

Lembre-se de que é fundamental ingerir líquidos de tempos em tempos. A escolha de um líquido com minerais e eletrólitos pode ser acertada, pois, dessa forma, é possível garantir o equilíbrio hidroeletrolítico, de modo que os riscos associados a essa condição sejam minimizados.

Prepare uma dieta leve para crianças com problemas gastrointestinais

Além dos remédios farmacológicos, uma dieta leve é uma das melhores maneiras de tratar os processos de diarreia. Por meio dessa estratégia, é possível restaurar a flora e a função digestiva, evitando que os sintomas evoluam. É importante controlar a ingestão de substâncias ou alimentos que podem ser muito agressivos para o estômago.

Com essas receitas você pode garantir um suprimento básico de nutrientes ao mesmo tempo em que garante uma fácil digestão, para que os sintomas possam remitir gradualmente. Porém, será necessário testar a tolerância à cada alimento, já que não é a mesma para todas as pessoas.

Pode interessar a você...
Ideias para fazer as crianças comerem verduras
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Ideias para fazer as crianças comerem verduras

Sabemos o quanto é importante que as crianças comam de maneira equilibrada. Por isso, trazemos essas ideias para fazer as crianças comerem verduras.



  • Carr AC, Maggini S. Vitamin C and Immune Function. Nutrients. 2017 Nov 3;9(11):1211. doi: 10.3390/nu9111211. PMID: 29099763; PMCID: PMC5707683.
  • Richter M, Baerlocher K, Bauer JM, Elmadfa I, Heseker H, Leschik-Bonnet E, Stangl G, Volkert D, Stehle P; on behalf of the German Nutrition Society (DGE). Revised Reference Values for the Intake of Protein. Ann Nutr Metab. 2019;74(3):242-250. doi: 10.1159/000499374. Epub 2019 Mar 22. PMID: 30904906; PMCID: PMC6492513.