7 dicas para prender a atenção das crianças

Conseguir prender a atenção dos seus filhos nos primeiros anos de vida pode ser muito desafiador. Para isso, é conveniente saber melhor como sua mente funciona e quais são os estímulos mais sensíveis. Descubra!
7 dicas para prender a atenção das crianças

Última atualização: 29 Abril, 2021

Prender a atenção das crianças em casa é um verdadeiro desafio. Conseguir isso talvez seja uma das coisas que mais consome nosso tempo e esforço e que, muitas vezes, também gera frustração, porque certamente é muito chato repetir a mesma coisa indefinidamente enquanto elas parecem não nos escutar.

Mas nem tudo está perdido, com alguns pequenos ajustes em casa você pode melhorar a situação. Primeiro, é conveniente tomar consciência de alguns aspectos.

Ajuste suas expectativas

É importante, antes de tudo, entender que você deve ajustar suas expectativas em relação ao cuidado dos seus filhos de acordo com a idade deles. Quanto mais jovens forem são, menor é sua capacidade de concentração, então não gaste energia esperando uma criança de 2 anos assistir a um programa de TV inteiro ou achando que ela vai ficar por muito tempo inscrita na mesma atividade. Os pequenos mudam o foco de atenção rapidamente, e isso é natural de acordo com o seu desenvolvimento.

Porém, à medida que crescem, as crianças desenvolvem melhores aptidões para se manterem atentas, para manterem o interesse em uma mesma atividade até ao fim. E aliás, isso é essencial para garantir o seu progresso escolar e social. Espera-se que uma criança de 5 anos seja capaz de assistir a um programa de televisão inteiro e que uma criança de 7 anos jogue um jogo de tabuleiro até o fim, só para citar alguns exemplos.

Estilos de atenção

Também é importante que você saiba que existem basicamente dois tipos de atenção, uma passiva, que exige pouco esforço cognitivo da nossa parte, por exemplo, a atenção que mobilizamos quando assistimos a um programa de televisão. Existe também um estilo de atenção mais ativo, que envolve esforço cognitivo da nossa parte para que nos mantenhamos ativos. Esse é o tipo de atenção que requerem, por exemplo, as atividades escolares ou para fazer palavras cruzadas.

Desse modo, é comum encontrar crianças que conseguem ficar duas horas imóveis em frente à televisão (atenção passiva), mas que não são capazes de ler dois parágrafos e comentar o que leram, ou se lembrar de três instruções que você deu ou de tarefas que você solicitou a elas (atenção ativa).

Mas aqui vamos comentar o que você pode fazer em casa para prender a atenção das crianças e tornar mais tolerável a dinâmica familiar.

Dicas para prender a atenção em casa.

Dicas para prender a atenção das crianças em casa

  • Antes de mandar seu filho limpar o quarto ou fazer qualquer outra tarefa, certifique-se de que ele está olhando para você. É importante, muito importante que vocês dois façam contato visual, para que possam ter certeza de que a criança realmente ouviu. Isso a princípio pode parecer um pouco chato porque implica parar o que você está fazendo e se deslocar para onde a criança está, porém, como qualquer mudança de hábito, implica um esforço de nossa parte. À medida que a criança cresce, isso não será mais necessário.
  • Você pode pedir para a criança explicar o que deve fazer, especialmente se você tiver dado várias instruções juntas, como “ponha os pratos na mesa, chame seus irmãos para jantar e sirva a água”. Para ter certeza de que ela não deixará nada de fora, você pode pedir para que ela repita em ordem o que deve fazer.
  • Você pode fazer listas coloridas para que seus filhos sejam um pouco mais independentes e não precisem da mãe para se lembrar do que fazer. Isso é muito útil para situações como a rotina matinal antes de ir para a escola.
  • Tente usar canções ou regras mnemotécnicas para ensinar as crianças a se lembrarem de listas. Use, por exemplo, a palavra inventada “molanca” para que ela sempre se lembre de levar para casa a mochila, a lancheira e o casaco. Elas sempre acham divertido inventar palavras malucas.
  • Se o que você quer é que a criança termine o que começou, por exemplo, que ela comece a arrumar o quarto e não pare para brincar esquecendo a tarefa, comece criando o hábito de terminar o que começou. Você deve dizer para si mesmo, incentivando para que se torne uma espécie de mantra familiar: “termine o que você começou“. Livros de passatempo ou jogos de tabuleiro também são úteis nessa questão. Aos poucos, você notará que a criança vai passa mais tempo nesse tipo de atividades, um sinal de que sua capacidade de atenção está cada vez maior.
  • Dê as instruções em poucas palavras, tentando transmitir a maior precisão possível. Se você embarcar em um grande discurso, é provável que em pouco tempo você perca a atenção dos pequenos.
  • Respeite seu desenvolvimento evolutivo, não exija mais do que a criança pode dar de acordo com sua idade.

Toda mãe conhece seu filho melhor do que ninguém, então certamente você pode criar outras estratégias para prender a atenção dos seus filhos em casa. Alegrar!

Pode interessar a você...
Atenção! Você sabe o que é cyberbullying, sexting e grooming?
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Atenção! Você sabe o que é cyberbullying, sexting e grooming?

As novas tecnologias são como as moedas, têm dois lados bem diferentes. Elas podem causar dependência e, acima de tudo, desencadear o cyberbullying...