Seu filho não vai ser pequeno para sempre

· 9 de outubro de 2018
Quando estamos com o nosso bebê em casa, não temos consciência do quanto somos sortudas.

A infância é somente uma fase do crescimento dos nossos filhos. Uma fase que você não pode perder.

Apesar de passarmos esses meses trocando fraldas, dando papinhas e colocando roupas na máquina para lavar… Parece que no dia seguinte já estamos levando nosso filho, de mãos dadas, para a escola.

É nesse momento que você percebe o quanto ele cresceu. Quando isso aconteceu?

É nesse instante que você começa a sentir falta daqueles momentos que antes, inclusive, deixavam você angustiada.

A infância é somente uma fase, seu filho não vai ser pequeno para sempre

Como as crianças crescem rápido

O crescimento é o processo biológico mais característico da infância. Nos primeiros anos de vida, a criança ganha rapidamente peso e altura.

Basicamente, no primeiro ano de vida, a criança triplica o peso que tinha quando nasceu e cresce, aproximadamente, 25 centímetros, ou seja, a metade do que media ao nascer.

Esse crescimento tão acelerado não vai se repetir outra vez durante a vida. No segundo e terceiro ano de vida, estima-se que a criança vai crescer a metade do que cresceu no ano anterior.

A partir dos quatro anos, começa o período em que as crianças crescem de maneira mais linear. A diminuição progressiva do ritmo de crescimento se mantém de forma lenta, mas contínua.

Finalmente, a última fase do crescimento tem início a partir dos doze anos, quando começa a puberdade, fase na qual a criança volta a passar por um crescimento mais acelerado.

Essa fase é acompanhada de importantes mudanças em relação à maturidade que coincidem com o amadurecimento sexual.

pequeno para sempre

Também crescem emocionalmente

O crescimento do nosso filho não é somente físico. O desenvolvimento emocional da criança será o pilar do adulto que ela vai se tornar e nós devemos estar presentes para ajudá-la.

As emoções das crianças surgem de maneira progressiva à medida que vão crescendo. Elas são biologicamente programadas para isso.

Assim, pouco a pouco, o desenvolvimento cognitivo vai acontecendo, a criança toma consciência das suas próprias emoções e das emoções das outras pessoas.

A autoestima exerce um papel fundamental nas emoções das crianças. Dependendo de como for o desenvolvimento, a criança vai perceber mais acentuadamente um ou outro sentimento.

Felizmente, a criança vai tomando consciência de que suas emoções e suas ações devem ter alguns limites em determinadas situações. Para isso, a vergonha é o principal sentimento opressor.

O que você fizer vai influenciar o futuro dos seus filhos

Você é o modelo que seu filho tem para seguir, seja para o bem ou para o mal. Além disso, o futuro do seu filho está nas suas mãos.

Trata-se de pequenos detalhes. Detalhes que influenciam para sempre as crianças e que vão guiá-las para um caminho ou para outro. Essa é a parte sobre a qual deveríamos refletir todos os dias.

Além disso, devemos ensinar nossos filhos a aprender com os próprios erros e a mudar de atitude.

Mas, ao mesmo tempo, não podemos nos esquecer de parabenizá-los pelas conquistas. Tudo isso contribui para que nossos filhos sejam adultos de sucesso.

Nosso exemplo vai marcar a vida deles. Quando nossos filhos nos contam algo, devemos sempre ouvir e ser tolerantes para que eles saibam que poderão confiar em nós quando precisar.

pequeno para sempre

O melhor presente que você pode dar é dedicar tempo ao seu pequeno

Trata-se de nos organizar para separar um tempo exclusivo aos nossos filhos no dia a dia. Ou seja, a chave está em transformar todo o tempo que passamos com nossos filhos em momentos de prazer.

Podemos incluir os pequenos nas nossas atividades cotidianas, como ir às compras, cozinhar ou simplesmente pegar as roupas na máquina de lavar.

Certamente, esse tempo também inclui fazer as tarefas escolares com eles, ler uma história antes de dormir ou simplesmente rir com seu filho.

Esse tempo não tem preço, nem para você nem para eles.  E lembre-se de que o tempo passa rápido. Com quem mais além da sua família você poderia passar seu tempo?

Guarde pequenas lembranças da infância do seu filho

pequeno para sempre

Há lembranças que não podemos guardar em uma caixa, como um cheiro ou um sabor. Mas todos os outros tipos de lembranças que foram significativas na infância dos nossos filhos podem estar ao nosso alcance.

Não podemos nos esquecer de fotografar cada um dos momentos mais importantes para eles, como os aniversários, as festas de final de ano da escola ou, simplesmente, uma tarde de primavera brincando no parque.

Mas se formos nostálgicos, também vamos guardar as primeiras mechas de cabelo ou um dente de leite, assim como os bichinhos com os quais nossos pequenos dormiam todas as noites.

E sabe qual vai ser a melhor parte de guardar todas essas coisas?

Muito simples. Quando seu filho for mais velho e for olhar todas essas coisas, você vai ter muitas histórias para contar e vocês vão passar muito tempo juntos.

Nosso último conselho…

Sem dúvida, demonstre seus sentimentos, esteja presente em cada fase, curta os pequenos momentos para não acabar descobrindo, dentro de alguns anos, que não vivemos nada disso.