8 sintomas do pré-parto que você precisa saber

22 Novembro, 2017

Os sintomas do pré-parto são aqueles que indicam que o momento de dar à luz está próximo. É normal que antes do parto o corpo da futura mamãe esteja se preparando para esse momento. No entanto, nem todas as mulheres apresentam os mesmos sintomas com a mesma intensidade. Inclusive, em alguns casos, os sintomas podem passar despercebidos e gerar uma série de dúvidas.

Esta fase não aparece em um momento específico e também não tem uma duração específica. Na realidade, cada mulher experimenta os sintomas do pré-parto de forma diferente. O tempo pode variar muito, de algumas horas antes do parto a uma ou duas semanas antes.

Sintomas do pré-parto

Embora não seja possível prever o momento exato, é importante prestar atenção em algumas mudanças no corpo que indicam o início do trabalho de parto. Dessa forma você poderá esclarecer dúvidas e controlar a ansiedade. Vamos ver quais são elas:

1. Maior frequência das contrações de Braxton Hicks

Também chamadas de “contrações de treinamento” ou “falso trabalho de parto”, essas contrações ocorrem com uma frequência maior quando o momento do parto real está chegando. Ao contrário das contrações reais, as contrações de Braxton Hicks acontecem de maneira mais irregular. Eles ocorrem porque o colo do útero começa a se preparar para a dilatação.

Elas podem ocorrer em intervalos 10 a 20 minutos, o que muitas vezes é confundido com o trabalho de parto em si. Mas nesse caso a intensidade não aumenta e os sintomas desaparecem com o repouso.

bebê na barriga da mãe, sintomas do pre-parto

2. O bebê desce e se encaixa na pélvis

O bebê começa a se colocar na posição de saída do útero, se encaixando. Isso faz com que ele se mexa menos porque tem menos espaço. A mulher sente mais peso e pressão na área da pélvis e do reto. Ela também sente uma sensação de que consegue respirar mais confortavelmente.

O encaixe geralmente ocorre antes da 37ª ou 38ª semana. No entanto, pode ocorrer mais tarde nas mães que já tiveram outros filhos.

3. Mudanças no colo do útero

O colo do útero começa a ficar macio e se dilatar. É um sintoma menos óbvio. Portanto, quando a data prevista do parto chegar faça um exame para ver o grau de dilatação e verificar o quanto ainda falta.

4. Necessidade de urinar com mais frequência

Isso acontece porque a bexiga tem menos espaço pois é pressionada pelo útero. Embora este sintoma possa estar presente durante vários meses de gravidez, é intensificado na fase pré-parto.

5. Expulsão do tampão mucoso

O tampão mucoso é uma secreção espessa que muitas vezes vem acompanhada com um pouco de sangue. Esse tampão tem a função de selar e proteger o útero no período da gravidez. Quando o colo do útero se dilata, ele é expulso. Essa expulsão pode ocorrer em um único momento ou durar vários dias. Há mulheres, no entanto, que não percebem esse sintoma.

6. Necessidade de preparação

É simplesmente o desejo de preparar tudo que for relacionado ao bebê. É chamado de instinto de ninho ou instinto de nidação. Faz parte do sentimento e da necessidade que a mãe tem de deixar tudo preparado para a chegada do bebê. Geralmente, se nota um aumento do nível de atividade por parte das mães. Esse fenômeno é relacionado a um padrão biológico que também ocorre em outras espécies de animais.

7. Irritabilidade

Embora nem sempre ocorra, pode haver momentos nos quais determinadas situações podem provocar maior sensibilidade e irritabilidade na mãe. Isto acontece devido às múltiplas alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez, principalmente nessa última fase.

grávida preparando roupinha do bebê é um dos sintomas do pré-parto

8. Rompimento da bolsa

Este é o principal sintoma do pré-parto que marca a proximidade do nascimento. Ocorre quando o saco de líquido amniótico que protege e cobre o bebê estoura. Quando isso acontece, um líquido esbranquiçado sai da vagina da mulher.

As contrações devem aparecer em algumas horas após o rompimento da bolsa. Se isso não acontecer, o médico deverá induzir o trabalho de parto para evitar que o bebê fique sem o líquido amniótico por muito tempo.

Em suma, o corpo da mulher se prepara naturalmente para dar à luz. É sempre bom lembrar que cada mulher experimenta esta fase de uma maneira diferente. O ideal, então, é conhecer esses 8 sintomas do pré-parto para poder identificar no caso de eles aparecerem ou não. Desta forma, você vai passar por esse processo mais tranquilamente e vai poder se preparar da melhor maneira para receber o seu bebê.