Sintomas do primeiro trimestre de gravidez

· 4 de abril de 2018
Ocorreu a fecundação e começou, no corpo da futura mamãe, o processo de gestação. É preciso prestar muita atenção aos sintomas do primeiro trimestre da gravidez. Você sabe quais são?

Planejada ou não, uma gravidez costuma gerar expectativas nas mães, que se preparam para dar amor a um novo ser. Os sintomas do primeiro trimestre de gravidez são bastante intensos e podem roubar um pouco da felicidade desse momento.

Durante esse período, ocorrem alterações hormonais que preparam o corpo para abrigar uma vida. Na verdade, o médico constantemente fará referência aos níveis de estrogênio e progesterona presentes no organismo.

Cada corpo é diferente, mas todas as mulheres enfrentam as mesmas consequências: dor nos seios, náuseas, cansaço, sono excessivo, mudanças repentinas de humor, intensificação do olfato, acidez estomacal e diminuição ou aumento do apetite. No entanto, um dos indícios principais é a ausência da menstruação.

Dor nos ovários: cuidado com a causa

Antes de confirmar a gravidez, é comum sentir uma leve dor nos ovários (sensação parecida com a que ocorre um pouco antes do início do ciclo menstrual). A incômodo costuma vir acompanhado por um sangramento rosado ou marrom, que se deve à implantação do óvulo fecundado no útero.

sintomas do primeiro trimestre de gravidez

É preciso prestar atenção à aparência do líquido, pois sua consistência e coloração vão indicar do que se trata. Com frequência ocorre uma ou duas semanas após a concepção. Um sangramento abundante após a comprovação da gravidez é motivo para uma consulta urgente com o ginecologista.

Embora o ideal seja consultar seu médico para confirmar a gravidez, é possível realizar um teste caseiro caso ocorra atraso de pelo menos um dia no ciclo menstrual.

Sintomas do primeiro trimestre de gravidez: o que acontece?

Alguns dos sintomas do primeiro trimestre de gravidez são sensibilidade nas mamas, náuseas, cansaço excessivo e exaustão. Essas sensações podem aparecer no primeiro mês, mas ficam mais acentuadas no segundo.

Algumas mulheres preferem trocar o tipo de sutiã que usam por outro mais confortável, sem aros e que se adapte ao novo tamanho dos seios, que vão continuar crescendo.

Além disso, é possível notar uma coloração mais escura nas auréolas, ao redor do mamilo. Elas também podem ficar maiores. O aparecimento de pequenas erupções que se parecem com espinhas também é comum.

Às vezes as náuseas se manifestam com leves enjoos. Podem ocorrer em qualquer momento do dia, mas pela manhã são mais fortes. Nem sempre vão provocar vômitos, mas muitas mães as comparam com uma sensação de desconforto no estômago.

O terceiro mês se aproxima: o que está por vir?

Não é comum que durante o terceiro mês se perceba a barriga à primeira vista, mas algumas mulheres podem apresentar algum volume já no terceiro mês. Nessa época, os seios vão parecer maiores, mais sensíveis e com veias marcadas, ao passo que a auréola vai ficar mais escura.

As mudanças de temperamento são constantes. Essas mudanças serão drásticas e a mãe pode sentir angústia ou medo de que sua gravidez não termine com sucesso.

É preciso se lembrar de que, passado esse período, as chances de sofrer um aborto diminuem consideravelmente. O apoio do companheiro e das pessoas que amamos é determinante.

O aumento de peso pode causar alguns danos na pele. Por isso é adequado iniciar o mais rápido possível a aplicação de cremes para prevenir as temidas estrias. Se você não gosta das estrias, é bom hidratar a barriga, os glúteos e os seios.

Apesar disso nem tudo é ruim. O cabelo vai ficar maravilhoso e as náuseas terão desaparecido quase completamente quando o primeiro trimestre terminar.

sintomas do primeiro trimestre de gravidez

Cuidados específicos

Às vezes a mãe precisa de um nutriente em particular e sente falta de energia para terminar o dia. A escolha dos “desejos” é liderada pelos carboidratos de fácil digestão. Mas o estado de espírito pode influenciar, assim o chocolate costuma ser a escolha preferida.

Além disso, o segundo mês de gravidez é o momento adequado para a realização da primeira ultrassonografia. No entanto, uma consulta com o médico antes disso pode oferecer mais segurança. Quanto antes tiver início o acompanhamento clínico melhor.

É emocionante saber que na oitava semana de gestação já é possível escutar o coração do bebê bater. Também é possível descartar problemas relacionados ao posicionamento do feto no útero.

Apesar de tudo que se diga, não há nada realmente certo quando se fala dos sintomas do primeiro trimestre de gravidez. Cada mulher os sente de uma maneira diferente. O que está claro é que a alimentação e um estilo de vida saudável vão ajudar a prevenir qualquer sinal negativo.