A teoria da aprendizagem de Bruner

A teoria de aprendizagem de Bruner fornece as ferramentas precisas para que as crianças possam processar positivamente tudo o que assimilam. Baseia-se em motivá-las e estimular sua autodescoberta.
A teoria da aprendizagem de Bruner

Última atualização: 20 janeiro, 2022

A teoria da aprendizagem de Bruner é uma grande mudança de paradigma em relação à educação tradicional. Essa teoria se aprofunda na necessidade da aprendizagem construtivista, ou seja, por si mesma. A seguir, veremos alguns dos aspectos mais importantes dessa interessante teoria.

Qual é a teoria da aprendizagem de Bruner?

A teoria da aprendizagem de Bruner foi desenvolvida pelo psicólogo e pedagogo americano Jerome Bruner. Ocupando um cargo no Departamento de Psicologia da Universidade de Harvard, ele se opôs ao paradigma behaviorista e, à medida que avançamos, motivou uma aprendizagem baseada em uma estrutura cognitiva e construtivista.

Sua contribuição levou a grandes mudanças na educação na década de 1960 e ainda é considerado um dos guias de ensino mais aceitos no mundo.

Bruner propõe uma teoria da aprendizagem baseada na autodescoberta, ou seja, quando o aluno adquire o conhecimento por si mesmo. Ele observou que a mente não era passiva e que a motivação e as condições sociais e culturais permitem uma compreensão abrangente da realidade.

Menina lendo: teoria da aprendizagem de Bruner

Claro, esse processo deve ser orientado por um tutor que, segundo essa teoria, funciona como um andaime. Uma vez que ajuda e instrui, ele se retira. Isso é motivado pela própria curiosidade e imaginação do aluno.

Essa teoria parte do fato de que a informação não pode ser fornecida solta, e sim deve ser processada e dotada de sentido por cada indivíduo.

Portanto, é importante que a curiosidade seja o principal guia ao longo desse processo. Assim, Bruner criou um sistema de categorização com o qual é possível classificar de forma mais eficaz as informações recebidas do exterior. O objetivo é facilitar a compreensão da realidade.

Princípios da teoria da aprendizagem de Bruner

Para Bruner, o indivíduo não deve se comportar passivamente ao receber informações de fora. Ao contrário, deve ser o protagonista em todo o processo de aprendizagem, pois assim compreenderá e processará todo o conhecimento com muito mais eficácia.

Com base nisso, a teoria da aprendizagem lida com três representações da realidade, cada uma correspondendo a diferentes momentos evolutivos.

1. Representação icônica

A representação icônica é uma das técnicas recomendadas pela teoria de aprendizagem de Bruner. Utiliza diferentes elementos visuais que não são muito simbólicos, mas são reconhecíveis. Essa técnica é perfeita a partir dos 3 anos, momento em que se atinge um nível superior de desenvolvimento cognitivo.

2. Representação ativa

Nos primeiros meses de vida, a representação enativa é a forma de aprendizagem por excelência. Esse aprendizado é obtido por meio da interação direta com os elementos. Um exemplo disso é, por exemplo, aprender a usar talheres ou a andar de bicicleta.

3. Representação simbólica

A representação simbólica é a aprendizagem obtida por meio da linguagem, das palavras,das  imitações, das abstrações e dos conceitos. Nesse caso, o grau de desenvolvimento em nível intelectual deve ser consideravelmente mais alto do que nas duas representações descritas acima.

Crianças aprendendo a escrever.

Benefícios da teoria da aprendizagem

Reforça a autoestima

Um dos grandes benefícios da teoria da aprendizagem é que ela reforça e estimula a segurança e a autoestima das crianças. Com esse tipo de aprendizagem, as limitações que surgem na educação tradicional são superadas.

Fomenta a criatividade

Essa teoria também incentiva a criatividade nas crianças. Os pequenos devem encontrar soluções diferentes para os problemas de forma criativa. Além disso, também potencializa o desenvolvimento de estratégias metacognitivas, com as quais a criança aprende.

Introduz o pensamento crítico

A teoria de aprendizagem de Bruner também incentiva o pensamento crítico e individual. Nesse sentido, os alunos não apenas formulam suas próprias hipóteses com base na curiosidade natural, mas também aprendem a pensar e resolver problemas por conta própria. Eles devem tentar provar suas hipóteses por meio de um sistema mecânico.

A teoria de aprendizagem de Bruner continua a quebrar as barreiras da educação tradicional hoje em dia. A autodescoberta, a curiosidade, a classificação da aprendizagem e as representações de cada etapa evolutiva são uma parte transcendental desse tipo de aprendizagem.

This might interest you...
Bases cerebrais da aprendizagem
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Bases cerebrais da aprendizagem

Para otimizar o desempenho escolar dos nossos filhos e sua capacidade de aprender, devemos analisar as bases cerebrais da aprendizagem.