Transmita às crianças a tradição dos ditados populares

· 21 de julho de 2018
Os ditados populares são expressões de origem popular que em sentido figurado contêm sabedoria e ensinamentos.

Em geral, os ditados populares chamam a atenção das pessoas, pois se referem de forma original exatamente ao que queremos dizer.

Há quem pense que são verdades irrefutáveis que podem ser aplicadas tanto “para o sujo quanto para o mal lavado”. Mas também, alguns levantam a discussão de que são coisas de velhos e do passado e que não têm validade hoje em dia.

Mamãe, seja qual for a realidade deste século, não perca a oportunidade de ensinar ao seu filho a usar os ditados quando se comunicar com os outros.

Dessa maneira, você estará contribuindo com o aprimoramento do intelecto dele, ao mesmo tempo em que estimula o amor dele por uma prática antiga.

os ditados populares

O mundo dos ditados populares

Os ditados são um tesouro admirável da cultura tradicional, pois são conhecimentos e poesia que expressam a vida de muitos povos. Muitos deles foram criados em épocas remotas. Enquanto alguns surgiram por acaso, outros foram criados graças a situações alegres, divertidas ou tristes.

Os ditados populares nasceram para transmitir mensagens de forma rápida e divertida. Eles servem para dizer mais em poucas palavras. Vejamos alguns exemplos:

Para dizer que se você realizar várias tarefas ao mesmo tempo, você vai conseguir concluir poucas delas, é possível usar a frase: “Quem muito quer, nada tem”.

Se você quiser alertar alguém que às vezes no lugar onde mais se espera, mais falta algo, podemos expressar essa ideia nestas palavras: “Em casa de ferreiro, espeto de pau”.

“Depois da tempestade, vem a bonança” é mais fácil de entender do que: devemos superar e encarar com otimismo os problemas que se colocam diante de nós.

E, por fim, “cão que ladra, não morde”. Esse ditado popular é utilizado quando se quer transmitir a ideia de que aqueles que falam e se gabam de que muito fazem, na verdade, não fazem nada.

Há inúmeros ditados populares. Na sua maioria, eles têm relação com sentimentos, atitudes, valores e qualidades dos seres humanos. Como exemplo disso, podemos encontrar aqueles que afirmam que:

“O amor é mais forte que tudo” ou “A ocasião faz o ladrão”.

Mas também existem aforismos relacionados com a natureza, especificamente, com o mundo animal. Entre eles podemos citar:

“Comprar gato por lebre” ou “Quando o gato sai, os ratos fazem a festa”.

Os dias da semana e os meses do ano formam um material com o qual se criaram vários desses ditados. As condições climáticas, as leis, as artes, enfim, qualquer tema demonstrou ser apropriado para dar origem aos ditados populares.

os ditados populares

A importância de conhecer e estudar os ditados populares

Os ditados populares fazem parte do patrimônio imaterial de vários países e refletem as peculiaridades de muitos povos. Ensiná-los ao seu filho pode despertar nele o interesse pela pesquisa das culturas do mundo, seu interesse pela História.

Ler e anotar os ditados populares preferidos vai ajudá-lo a melhorar a ortografia e conhecer vocábulos que não costumam ser utilizados diariamente, mas que fazem parte do nosso idioma.

Esses aforismos vão estimular a imaginação e o espírito criativo da criança. Toda vez que começar a mergulhar no mundo dos ditados populares, talvez seu filho também comece a criar os dele. Isso pode significar o começo de uma frutífera e bonita carreira como escritor, por exemplo.

Estudar os ditados populares vai levá-lo a análise, reflexão e interpretação de um texto: técnicas que vão ajudá-lo muito nas suas tarefas como estudante.

Os ditados populares são didáticos. Com eles, seu filho aprenderá sobre temas diversos. Da mesma maneira, isso será praticado no emprego das metáforas e da linguagem figurada.

Transmita às crianças a tradição de usar ditados populares

Podemos encontrar ditados populares em todas as épocas, lugares e cenários. Sua utilização não depende de nível cultural, raça ou sexo.

Os ditados populares, somos nós; as coisas que nos acontecem, os contratempos ou eventos transmitidos pela escrita, quem sabe, para rir dos outros. São crenças populares, conselhos, sentimentos, experiências…

Convide o seu filho a escolher seus provérbios preferidos da cultura dos ditados populares. Ensine-o que ao conhecer, estudar e incorporar os ditados populares ao acervo linguístico dele, ele incorpora também a poesia e beleza ao seu idioma.