Tratamentos para engravidar

· 26 de julho de 2018
Chegou o momento em que você deseja viver a melhor fase da vida de uma mulher: a maternidade. Mas você não sabe o que fazer para apressar a concepção do seu primogênito? A seguir daremos uma série de conselhos para ajudar você nesse processo.

O primeiro fator que você precisa analisar é se você é uma mulher que tem problemas comprovados de infertilidade ou se é somente mais uma vítima do desespero de se tornar mamãe. Se seu caso se encaixar na segunda opção, preste atenção ao que vamos dizer.

Seu pior inimigo é o estresse. Não importa se você está seguindo uma dieta recomendada pelas amigas, praticando dezenas de posições sexuais que facilitam a concepção ou se submetendo a tratamentos farmacológicos.

Se o objetivo de engravidar está tirando sua tranquilidade e modificando seus hábitos alimentares e de sono, você está cometendo um grave erro.

Saiba que se você não estiver no seu melhor estado físico e emocional no momento de conceber um bebê, é provável que durante a gravidez você sofra mais que o normal. Além disso, talvez seja necessário se submeter a um repouso rigoroso.

Antes de tentar engravidar, você deve estar pronta física e emocionalmente

Prepare-se e siga as recomendações

tratamentos para engravidar

Como temos certeza absoluta de que você deseja o melhor para você e para seu futuro filho, também queremos ajudar nessa fase anterior à gravidez. Assim, anote as recomendações que daremos a seguir.

  • É primordial estar nas melhores condições em todos os aspectos da sua vida. Isso inclui bem-estar físico, emocional, pessoal, familiar e profissional.
  • Quando você estiver convencida de que as circunstâncias estão ideais para dar esse passo, marque uma consulta com seu ginecologista ou com um obstetra para que o médico peça exames e possa dizer se sua saúde está ideal para engravidar.
  • Se você costuma tomar pílula anticoncepcional ou usar algum outro método contraceptivo, o médico vai recomendar a suspensão do uso. No caso de métodos hormonais, a recomendação é esperar algumas semanas até o organismo desintoxicar. Assim, você vai poder começar a tentar engravidar. Durante esse tempo, o ideal é que você e seu companheiro utilizem métodos contraceptivos de barreira.
  • Se você não engravidar depois de tentar durante um ano, não hesite em buscar ajuda especializada para descartar a hipótese de uma complicação maior que esteja funcionando como impedimento à concepção. De acordo com a situação, o médico vai recomendar algumas opções.
  • Uma mulher pode ficar de um trimestre a quatro anos tentando engravidar, dependendo das condições de fertilidade.

Alguns tratamentos

tratamentos para engravidar

Existem diversos tratamentos para engravidar. A seguir vamos explicar como alguns métodos funcionam para você decidir qual é o mais adequado à sua vida:

  • Métodos hormonais. Os transtornos hormonais podem interferir no momento da concepção. Por esse motivo, caso o médico identifique alguma irregularidade, ele pode indicar o uso do hormônio folículo-estimulante (FSH), a gonadotrofina menopáusica humana (HMG) e a gonadotrofina coriônica humana (HCG).
  • Estimulação do ovário com clomifeno. Consiste em tomar uma série de cinco pílulas durante o período menstrual. O objetivo desse método é aumentar a produção de óvulos. Se você tem menstruação irregular, o médico vai recomendar medir a temperatura basal para determinar o momento da ovulação. O melhor momento para ter relações sexuais e tentar engravidar será quando você souber o período em que vai estar produzindo óvulos maduros.

O clomifeno é recomendável antes de tentar uma inseminação artificial

  • Inseminação artificial. Esse método de reprodução assistida é recomendada quando os problemas de fertilidade atingem tanto o homem quanto a mulher. Ele consiste em separar uma amostra dos melhores espermatozoides e introduzi-los com um cateter no interior do útero quando a mulher estiver ovulando. O objetivo, portanto, é facilitar o encontro entre um espermatozoide e um óvulo maduro. Assim, é possível potencializar as chances de fecundação.
  • Fecundação in vitro. Consiste em realizar a fecundação do óvulo fora do corpo da mulher. O médico especialista vai escolher um espermatozoide e um óvulo. Em seguida, vai realizar a fecundação para criar embriões fora do corpo e introduzir no útero. Se o útero não rejeitar o embrião, a gravidez vai ocorrer. Mas, em alguns casos, é preciso repetir o procedimento.

Independentemente dos tratamentos que o médico indicar, você precisa estar consciente de que a gravidez pode acontecer rapidamente ou, pelo contrário, demorar muito tempo para chegar. Não fique deprimida se as primeiras tentativas forem infrutíferas, pois trazer um bebê ao mundo vale qualquer esforço.