Tudo o que você precisa saber sobre a Bexsero

14 de novembro de 2017

Se finalmente você conseguiu a famosa vacina, você é uma pessoa sortuda. Neste artigo contaremos tudo o que você deve saber sobre a Bexsero, a vacina contra a bactéria meningococo b.

Tudo o que você deve saber sobre a Bexsero

Em que consiste a vacina Bexsero?

Trata-se de uma imunização contra a bactéria meningococo b, que pode causar infecções das meninges ou uma infecção generalizada, conhecida com o nome de sepse.

A vacina protege contra três das quatro variantes do meningococo, com uma eficácia de mais de 90%, consequentemente lhe é atribuída uma proteção geral de aproximadamente 70%.

Os pediatras são os maiores defensores da vacina, pois afirmam que apesar de ser incomum contrair essa doença, é possível evitar as complicações da meningite B.

meningococo b

O que é o meningococo B?

O meningococo é uma bactéria que causa infecções pouco frequentes, mas muito graves, como a meningite e a sepse.  Essas doenças podem deixar sequelas significativas e inclusive levar à morte em aproximadamente 1 a cada 10 casos.

Embora esse germe possa infectar pessoas de qualquer idade, os casos são mais frequentes em crianças pequenas e adolescentes, que são os mais vulneráveis.

A infecção por meningococo B pode ser tratada com antibióticos, mas às vezes seu progresso é tão rápido que o tratamento não é eficaz, por isso a melhor prevenção é a vacinação.

A meningite B

A meningite é uma infecção bacteriana grave das membranas que estão ao redor do cérebro e da medula espinhal.

Ela pode causar graves danos cerebrais e é mortal em 50% dos casos não tratados.

 “A morte só tem importância na medida em que nos faz refletir sobre o valor da vida”

-Michel de Montaigne-

A bactéria é transmitida de pessoa para pessoa através de gotículas das secreções respiratórias ou da garganta. A propagação da doença é facilitada pelo contato próximo e prolongado com uma pessoa infectada.

O período de incubação médio é de 4 dias, mas pode oscilar entre 2 e 10 dias.  Mesmo quando diagnosticada precocemente e a pessoa recebe o tratamento adequado, 10% dos pacientes falece, geralmente nas primeiras 24 a 48 horas após o aparecimento dos sintomas.

Além da meningite, a bactéria pode causar danos cerebrais, surdez ou deficiência de aprendizado em 20% dos sobreviventes. 

Os sintomas mais frequentes da meningite são os seguintes:

  • Rigidez na nuca
  • Febre elevada
  • Fotossensibilidade
  • Confusão
  • Cefaleia
  • Vômitos
meningococo b

A sepse

A sepse é uma doença muito grave que ocorre quando o corpo tem uma surpreendente resposta imunitária a uma infecção bacteriana.

As substâncias químicas liberadas no sangue para combater a infecção desencadeiam uma inflamação generalizada, o que leva à formação de coágulos de sangue e o vazamento de vasos sanguíneos. Isso causa um pobre fluxo sanguíneo, o que priva os órgãos de nutrientes e oxigênio.

Nos casos mais graves, um ou mais órgãos podem falhar. No pior dos casos, a pressão arterial diminui e o coração enfraquece.

Os pacientes com sepse são tratados em unidades de cuidados intensivos do hospital.

Os médicos tentar tratar a infecção, manter os órgãos vitais e evitar uma queda na pressão arterial. Em muitos casos é necessária uma cirurgia para eliminar a infecção.

Efeitos secundários da vacina da meningite B ou Bexsero

As reações associadas à vacinação são leves:

  • Febre
  • Irritabilidade
  • Dor e vermelhidão no lugar da injeção

É conveniente espaçar essa vacina das vacinas comuns incluídas no calendário infantil com pelo menos 3 semanas de distância entre as vacinas e em caso de apresentar febre, que costuma ser de curta duração, administrar paracetamol e, na região da vacina, aplicar gelo nas primeiras 24 horas.

Assim não hesite em vacinar seu pequeno.