Vantagens e desvantagens do chá verde durante a gravidez

29 Março, 2020
O chá verde durante a gravidez tem mais desvantagens do que vantagens, porque contém cafeína entre os seus componentes. Antes de consumi-lo, é fundamental consultar o médico.

Sempre houve dúvidas sobre o consumo de chá verde durante a gravidez, principalmente porque ele contém cafeína entre as suas propriedades. Como consumir cafeína é um risco durante a fase da gestação, é frequentemente recomendado um baixo consumo ou até mesmo não consumi-la.

Vantagens e desvantagens do chá verde durante a gravidez

O consumo de cafeína em grandes quantidades durante a gravidez é um risco para o bebê. Portanto, no caso de beber chá verde, ele deve ter de 25 a 50 mg por xícara, e isso dependerá do tempo de infusão. Além disso, você sempre deve consultar o seu médico.

Na verdade, o chá verde tem muito mais desvantagens do que vantagens durante a fase da gestação, principalmente devido aos seus níveis de cafeína que podem ser notavelmente prejudiciais para o bebê. Vamos falar sobre isso em detalhes:

Desvantagens do chá verde durante a gravidez

  • O alto consumo de chá verde tem sido associado a bebês nascidos com defeitos no tubo neural, tais como a espinha bífida. Isso ocorre porque esse chá dificulta a absorção do ácido fólico, um componente fundamental durante as primeiras 12 semanas.
  • Dificulta a absorção do ferro não-heme, o que pode ser um problema se a mãe seguir uma dieta vegetariana ou for propensa a sofrer de anemia.
Mulher fazendo chá verde durante a gravidez

  • Ao conter cafeína, o chá verde durante a gravidez pode atuar como um estimulante. Isso pode ocorrer principalmente no final da gravidez, quando geralmente surge a dificuldade para adormecer.
  • Excedendo a dose recomendada, pode ocorrer um aborto espontâneo.

Vantagens do chá verde durante a gravidez

  • Contém polifenóis, que previnem as doenças cardiovasculares.
  • Também contém antioxidantes, que retardam o envelhecimento celular.
  • Protege contra certos tipos de doenças, tais como o diabetes. 
  • Ao consumir chá verde, você estará consumindo uma grande quantidade de água. Isso faz com que certos desconfortos próprios da gravidez diminuam de intensidade, tais como constipação, dores de cabeça, entre outros.

Segundo algumas pesquisas realizadas pela Universidade de Granada, 95% das mulheres grávidas tomam preparações com cafeína em algum momento durante a gravidez.

Outros chás não recomendados, da mesma forma que o chá verde, durante a gravidez

Alguns chás são menos recomendáveis do que outros durante a gravidez. Geralmente, esse tipo de bebida é conhecido pelos seus múltiplos benefícios para a saúde. Mas, durante a fase da gestação, a cafeína pode se tornar um problema que pode prejudicar o bebê.

Por isso, vamos explicar a seguir quais são os chás que não são recomendados durante a gravidez:

Chá de sálvia

Esse tipo de chá contém um composto chamado tujona. Acredita-se que ele possa estimular o útero e causar aborto espontâneo, bem como hipertensão arterial.

Chá de valeriana

Embora esse tipo de chá seja conhecido porque ajuda a adormecer, pode ser prejudicial durante a gravidez. Se você estiver tomando chá de valeriana, é fundamental que você consulte o seu médico.

Chá de camomila

Esse chá oferece diversos benefícios para o corpo, inclusive na gravidez, porque ajuda a combater a insônia, as náuseas e os problemas digestivos. Mesmo assim, ele não é recomendado, pois pode causar problemas circulatórios no bebê.

Mulher tomando chá durante a gravidez

Chá de eucalipto

O eucalipto pode ser realmente benéfico para o tratamento de problemas respiratórios, mas, quando se trata de gravidez, é melhor evitá-lo. Isso ocorre porque pode causar náusea, diarreia ou vômito.

Chá de salsa

Quando esse tipo de chá é consumido em grandes quantidades, pode ser prejudicial durante a gravidez. Ele pode afetar o desenvolvimento adequado do bebê e, em muitos casos, pode até mesmo causar aborto espontâneo.

Chá de ruibarbo

O ruibarbo é uma planta que estimula o movimento dos músculos lisos dos órgãos, tais como estômago, fígado e intestinos. Além disso, pode ter efeitos abortivos porque causa contrações uterinas muito fortes. É um dos mais perigosos.

Chá de poejo 

Outro dos chás considerados mais perigosos durante a gravidez é o chá de poejo. Isso ocorre porque, quando consumido, o bebê pode sofrer malformações.

O chá verde oferece muitos benefícios para o corpo e a saúde, mas, como contém cafeína, ele pode ser prejudicial durante a gravidez. Por isso, é recomendável consumir uma quantidade muito pequena, além de sempre consultar o médico antes de fazer isso.