A vida de casal depois de ter um filho

· 3 de janeiro de 2018

Há um antes e um depois do maravilhoso acontecimento de se tornar pai e mãe. Depois de trazer um filho ao mundo, a vida de casal já não é mais a mesma. A rotina, as prioridades e os passeios mudam drasticamente. Definitivamente, a vida a dois muda de maneira impressionante e, muitas vezes, inesperada.

Deixamos para trás o que costumava ser o nosso passatempo, os nossos hobbies. Nós damos as boas-vindas a atividades e diversões antes inimagináveis. Redefinimos o conceito de diversão. Deixamos de pensar em nós, para nos focarmos nesse novo ser que agora faz parte da nossa família.

Neste artigo, contamos a você como continua a vida do casal depois de ter um bebê. Com certeza você vai se identificar 100%. Ninguém está falando que, ao nos tornarmos mães e pais, ganhamos ou perdemos, nem que o dia a dia se torna melhor ou pior. Existe apenas uma realidade: simplesmente tudo muda e a vida fica colorida.

A vida de casal antes de ter filhos

A vida de casal sem um bebê era, no mínimo, diferente. Então, o tempo era todo nosso. Assim, podíamos fazer o que quiséssemos, na hora que quiséssemos, de acordo com as nossas preferências. Nada era tão urgente e nós podíamos nos dedicar exclusivamente a nós mesmos.

vida de casal

Sair para dançar, ir ao cinema, tomar um café, ver filmes ou visitar parentes e amigos. Juntos ou separados, com o nosso companheiro de vida, nossos amigos ou familiares. Não fazia diferença, a ideia era aproveitar o lento passar do tempo, que simplesmente era nosso.

Nós vivíamos com a tranquilidade de que se hoje não estivéssemos com vontade, não precisávamos sair de casa e pronto. Tudo podia ser adiado da maneira que quiséssemos. Planejado ou improvisado, tudo valia para comemorar a vida com o nosso companheiro. Dar-se ao luxo, não se privar de nada, cuidar de si todos os dias.

A vida de casal com filhos

Com a chegada do primeiro filho, vemos as mudanças acontecerem nas nossas vidas. Vemos como perdemos por completo o controle do que costumava ser o nosso tempo. A prioridade, indiscutivelmente, já não é mais nós mesmos, e sim o nosso filho.

Como pais, passamos a ficar na dependência das necessidades dele. Percebemos que analisamos a previsão do tempo para fazer planos que, logicamente, incluem nosso filho. Consideramos até mesmo a mínima decisão em relação ao estado de saúde ou de humor do nosso pequeno. Nosso objetivo se torna proporcionar, tanto para nós quanto para o nosso filho, momentos agradáveis.

A comodidade de cada lugar aonde vamos passa a ser um fator fundamental, decisivo. Todos os destinos devem ser adequados e precisam respeitar as condições de segurança para o nosso pequeno. Proporcionamos diversão com várias brincadeiras, em vários parques e passeios, além de atividades para que nosso pequeno desenvolva todo seu potencial criativo, cognitivo e corporal. Nosso objetivo: sempre manter acesa a luz daquele lindo sorriso.

Nosso lugar favorito se transformou naquele que faz nosso filho se sentir feliz e pleno, a quem, orgulhosos, vemos crescer.

A vida de casal necessariamente muda

A volta para casa fica diferente. Antes, quando saíamos cansados do trabalho, queríamos apenas tirar os sapatos e deitar no sofá para nos sentirmos confortáveis e tranquilos. Beber um chocolate quente enquanto assistíamos séries e filmes até dormir era o plano em muitas das nossas noites.

vida de casal

No entanto, hoje eu saio para trabalhar e, depois, vou correndo buscar meu filho na escola. Um bolo, um sorvete ou qualquer doce são um mimo capaz dar cor à rígida rotina. Todo o meu cansaço e o sono de antes tive que substituir pelo ardente desejo de sentir a alegria desse presente inocente e puro que a vida me deu.

Finais de semana com outro ritmo

Os finais de semana e os feriados já não são mais os mesmos. Agora vamos visitar parques e praças e corremos na grama atrás do nosso pequeno. Subir e descer infinitas vezes naquele escorregador que tanto chama a atenção dele. Nos esconder do papai ou dançar qualquer ritmo musical onde quer que estejamos.

Cantar músicas infantis, assistir filmes de criança, contar histórias e contos infantis até cansar. Ir a festas de aniversário dos amiguinhos, festas com palhaços, mágicos, cores e bexigas.

Quando você tem um filho, você começa a viver os dias com outra perspectiva. O dia das mães, dos pais e das crianças e até festas de aniversário ganham outras cores. Nesses dias, e também em outros, você descobre a existência e o valor do dia da família.

Cada minuto conta, cada segundo escorre por entre os nossos dedos. Um banho rápido é uma revolução aquática de três pessoas. E ali nos vemos molhados dos pés à cabeça nos divertindo, quando antes só pedíamos tranquilidade.

vida de casal

Já não somos mais os mesmos

Definitivamente, com a chegada do nosso filho às nossas vidas já não somos mais os mesmos. Nós mudamos, amadurecemos, crescemos e aprendemos. Entendemos a força do mais puro e nobre amor.

Dividimos a mesma cama durante mágicos instantes em que nosso pequeno assiste seus desenhos favoritos. Eu entendo tudo com perfeição: não existe melhor investimento de tempo. Eu amei a minha vida passada e, hoje, amo essa nova fase.

Abraço a minha vida, essa família de três pessoas e, no futuro, provavelmente com mais algumas. Pois nada nesse mundo se compara à felicidade que eu sinto hoje. Eu escolho ser mãe e esposa todos os dias da minha vida. Dizem que uma criança muda a vida do casal. Isso é verdade. Hoje somos unidos e compreensivos, estamos ligados por esse pequeno amor.