Você está pronta para ser mãe solteira?

· 18 de novembro de 2018
Não é nada novo. Ser mãe ou pai é já difícil, mas estar sozinha, sem um parceiro ou um apoio para difíceis pode ser ainda mais complicado.

Às vezes, chega um momento na vida em que a pessoa percebe que deseja um filho para criar, amar e dar tudo o que o coração permitir. Ser mãe solteira é uma realidade.

Não ter um parceiro/a ao lado não precisa ser motivo para que uma pessoa desista de ser mãe ou pai.

A adoção é uma forma comum de ser mãe ou pai solteiro. A fertilização in vitro, a reprodução medicamente assistida e a barriga de aluguel (em algumas áreas do mundo) são maneiras de poder começar uma maternidade (ou paternidade).

Pesquise as opções que sejam melhores para você. Mas antes de decidir se você está realmente preparada para ser mãe solteira, faça algumas perguntas básicas para ter certeza.

5 perguntas que você deve se fazer antes de ser uma mãe solteira

Por que você quer ter um filho?

ser mãe solteira

A criança nunca deve vir ao mundo porque a mãe ou o pai precisa de amor ou por carência e problemas emocionais. O amor de uma criança não é um substituto do amor de pai, mãe, irmão, colega ou amigo.

O trabalho dos pais é dar todo o amor que a criança precisar, sem esperar nada em troca. Para fazer isso, é preciso que você se ame acima de tudo.

Você tem uma boa estabilidade financeira?

Educar uma criança custa caro. Quem disser o contrário está mentindo. É importante que você ganhe o suficiente para sustentar a sua nova família.

Já não é fácil manter uma família com duas fontes de renda, então imagine com apenas uma. É um desafio em muitas ocasiões.

Portanto, é necessário que você tenha certeza que você tem dinheiro suficiente por mês para criar seu filho.

Você tem uma estrutura de apoio em sua vida?

Você vai precisar de alguma ajuda, sem sombra de dúvidas. Você deve aceitar que sozinha não vai conseguir fazer tudo.

Você vai precisar de ajuda se adotar tanto um recém-nascido quanto uma criança mais velha, pois terá que se adaptar à sua nova vida.

Se você ficar grávida por meio da reprodução médica assistida, às vezes também precisará de um ombro para receber apoio.

Se você não tiver algum parceiro, precisará de outras pessoas de apoio em sua vida que estejam dispostas a dar uma mão quando for necessário.

Seja buscando a criança na escola, levando ao médico, ou apenas cuidando dela por algumas horas no dia em que você precisar de uma pausa.

Além disso, ter uma rede de apoio é importante para que seu filho tenha uma fonte constante de amor e atenção não só vindos de você. Pode ser um avô, o seu amigo ou outra pessoa importante para você.

ser mãe solteira

O importante é que essa pessoa de confiança possa estar disponível às 3 da manhã se houver uma emergência ou que seja capaz de te proporcionar algumas horas de descanso se você precisar. Uma rede de apoio que ajude nesses momentos é imprescindível.

Você está pronta para mudar o seu estilo de vida para sempre?

Ter um filho muda a sua vida para sempre. Portanto, seu estilo de vida não será mais como é até agora. Nada será igual depois que uma pessoa totalmente dependente de você entra em sua vida.

Os seus horários vão mudar e a sua vida social não será mais a mesma. Também é provável que a sua vida profissional também sofra algumas mudanças.

Nada voltará a ser igual. Mas se você realmente quiser ser mãe solteira, isso não terá importância.

Você já fez tudo o que queria fazer?

Você já alcançou todas as metas que queria em sua vida antes de começar esta nova etapa? É preciso refletir sobre as coisas que você quer fazer ou os objetivos pessoais que deseja alcançar.

Você tem que avaliar se já realizou o que queria ou se você não se importa de não ter alcançado alguma meta.

Se você quiser viver uma experiência antes de ser mãe solteira, deve lutar por isso já que com uma criança é muito mais complicado.