Você sabe o que o bebê sente dentro da barriga da mãe?

· 5 de agosto de 2018

Bebê sente dentro da barriga tudo que se passa. No começo da gravidez ele vai dormir muito. Mas à medida que for crescendo vai experimentando toda uma gama de sensações e emoções. Estar “isolado do mundo exterior” não é uma limitação para sentir – por meio do gradativo desenvolvimento dos seus sentidos – as alegrias, as angústias, e os medos da mãe.

Suas emoções provocam mudanças hormonais que podem afetar o bebê tanto física como emocionalmente. Está comprovado que quando uma mulher grávida passa por um momento significativo e constante de angústia, são liberadas substâncias tóxicas chamadas catecolaminas, que podem provocar o adiantamento do parto e até fazer com que a criança nasça com pouco peso.

Dentro da barriga os bebês podem experimentar em primeira mão as emoções que sua mamãe sente. Isso acontece porque o corpo libera hormônios junto com cada sentimento. Quando se está feliz, o organismo se enche de endorfina e serotonina. Por outro lado, quando se está nervosa ou estressada, sua pressão cardíaca e também a do feto aumentam.

sente

No começo, seu bebê dorme bastante

Um grupo de cientistas descobriu que os bebês na barriga da mãe dormem ou ficam ociosos na maior parte do tempo. Isso foi comprovado por meio dos movimentos dos olhos e dos músculos, os quais revelaram duas das atividades do bebê.

Uma é o sonho com reação ocular, no qual o cérebro do bebê trabalha, e o outra é o sonho sem reação, no qual se acredita que ele descansa. Esses ciclos mudam a cada 20-40 minutos. É possível dizer que muitas das vezes em que você conversa com seu bebê ele está dormindo.

No entanto, esse estado de repouso vai mudando à medida que ele se desenvolve. Até a metade da gravidez toda a pele do bebê e suas mucosas reagem completamente à estimulação tátil. Desde o início da gestação o bebê tende a se afastar das paredes do útero quando casualmente encosta nelas. Assim, o tato é o primeiro sentido que o bebê desenvolve.

Bebê sente dentro da barriga as pessoas acariciam a barriga da mamãe, já que também estarão acariciando indiretamente o bebê. Em geral, os bebês se sentem abraçados a todo momento pelo útero da mãe. Por isso, ao sair, sentem a necessidade de receber calor nos braços da mamãe e de outras pessoas queridas.

O bebê sente dentro da barriga tudo que se passa

Outra descoberta da ciência, é que o ritmo cardíaco do seu filho pode mudar quando ele ouve barulhos muito altos. Proteja-o de sons invasivos e ouça músicas para proporcionar estímulos e relaxamento.

Os bebês também percebem os sabores das comidas. Eles conseguem fazer isso a partir da 12ª semana de gravidez. Ele ainda não está com suas papilas gustativas completamente desenvolvidas, já que esse processo vai ser finalizado fora da barriga, mas já consegue diferenciar o sabor doce do sabor amargo, por exemplo.

Algumas pesquisas tentaram obter mais informações sobre esse tema. Em uma delas, foi separado um grupo de mães que sempre consumiam suco de cenoura e outro cujas mães não tomavam esse suco. Após o nascimento dos seus filhos e quando estes já podiam ser alimentados, foi pedido para que elas misturassem o cereal com suco de cenoura e desse aos seus pequenos.

O resultado dessa experiência foi que os bebês cujas mães haviam consumido suco de cenoura durante a gravidez comeram a mistura sem nenhum problema nem gestos estranhos, enquanto os bebês cujas mães não haviam ingerido esse suco estranharam o sabor e fizeram gestos típicos de quando os bebês provam algum alimento novo.

Bebê sente dentro da barriga sensações que apuram seus sentidos

Bebê sente dentro da barriga sensações que apuram seus sentidos

Em determinado momento da gravidez, o bebê chega a um ponto no qual ouve todos os sons da sua barriga e do exterior. O sentido do paladar também vai sendo aperfeiçoado e ele já consegue distinguir entre os sabores doces e os amargos. Isso o deixa mais atento aos sentidos e às sensações.

Aproximadamente no oitavo mês, o bebê vai ficar cada vez mais acordado e vai reagir ao contato exterior, por exemplo, quando se coloca a mão sobre a barriga. Talvez ele responda empurrando ou se protegendo do lugar em que a mão está colocada.

Em relação às relações sexuais durante a gravidez, o bebê não é afetado de forma alguma. Ele não percebe quando a penetração acontece, mas sente quando você chega ao orgasmo porque seu ventre se contrai e as contrações são reproduzidas no útero. Não se preocupe com isso, são contrações muito leves que não vão machucar o bebê.

Também é preciso dizer que uma alimentação ruim e as bebidas alcoólicas podem prejudicar o desenvolvimento do seu filho. O cigarro também afeta o bebê. Os pesquisadores observaram movimentos faciais dos bebês quando a mãe fuma. A nicotina impacta negativamente a saúde do feto, por isso você não deve fumar durante a gravidez.