101 maneiras de ser uma mãe feliz

25 Dezembro, 2016

Não duvide. Na verdade, há mais de 101 maneiras de uma mãe ser feliz, uma lista interminável… Por isso, aqui vamos resumir todas as satisfações que a maternidade traz para as nossas vidas nessas simples palavras:

  • Sentir crescer um coração no ventre
  • O estímulo que faz perceber que está vivo dentro de você
  • Quando você já sabe que o bebê está a caminho, a ansiedade de tê-lo em seus braços
  • Ao vê-lo nascer saudável e forte
  • No momento em que o amamenta pela primeira vez
  • Poder acalmar o seu choro dando-lhe de mamar
  • O contato visual que se estabelece a cada mamada
  • Sentir pela primeira vez os seus chutes no ventre
  • A apreensão na primeira troca de fraldas
  • O seu primeiro banho morno
  • Observar seu progresso em cada etapa e se assustar por eles crescerem tão rápido
  • Reconhecer que seus filhos gostam de estar com você
  • Nos sentimos tão sucetíveis com a sua primeira febre
  • A espontaneidade das crianças
  • O riso de uma criança
a4322e5d99df27b7b81505e428ca72fd-500x328

  • Dizer em todos os momentos o quanto o ama e nutrir esse amor todos os dias
  • Quando eles começam a se expressar
  • Seu primeiro dentinho, um momento incrível
  • Quando a emoção de seu filho é evidente
  • Vê-lo comer seus primeiros pratos com muita curiosidade
  • Ajudá-lo a se sentar e serem um pouco mais firmes
  • Saber que podem se locomover pelo menos engatinhando
  • O doce som de ouvir dizer mamãe
  • Presenciar seus primeiros acessos de raiva
  • Ver seu rosto enquanto dormem depois do desafio de ter conseguido isso
  • Ir à cama extremamente exausta mas levantar-se como se nada tivesse acontecido só por ver o seu rostinho
  • Transmitir o nosso amor em cada refeição
  • Sua evolução mês a mês, dia a dia
  • Tentar ser condescendente em tudo mesmo quando não o compreendemos
  • Vê-los superar seus desafios do melhor jeito
  • Ter a saisfação de ver os resultados saudáveis e duradouros da criação
  • Cantar para fazê-los dormir até que aprendam as músicas
  • Nos surpreendermos de maneira agradável quando eles não gostam de algo
  • Os ajudamos a dar os seus primeiros passos
  • Esperar ansiosamente o seu primeiro aniversário
  • Assumir um novo papel de acordo com cada etapa que supera
  • Comemorar seu aniversário
  • Acompanhá-lo para ver o seu desenho favorito
  • Notar que os seus valores começam a tomar forma
  • Ver que se tornam responsáveis por muitas coisas
  • Quando alcançam a independência
  • Buscá-lo na creche ou voltar para casa depois de deixá-lo lá
  • O bebê já fala
  • Ouvir como cria a sua primeira música pessoal
  • Ter uma conversa com o seu filho que acaba de aprender a falar
  • Escutar seu filho dizer obrigado
  • Sempre que você pode, dar beijos e abraços
  • Aquele momento que você fala e sabe que ele entendeu perfeitamente
  • Quando ele começa a comer como uma criança grande
  • A forma esperta de reconhecer que o que eles fizeram foi errado, e tentar compensar com um sorriso travesso ou um beijo
  • Cada novo aprendizado, quando aprende os números, as cores ou uma música
  • A sua satisfação quando lhe dizem que é uma criança muito inteligente
  • Saber que todos nós precisamos das suas travessuras
  • Quando ele expressa claramente os sentimentos como “dor”, “angústia” e “alegria”
  • Ver como os filhos colocam em prática as regras da boa educação
  • Ser capaz de ensinar que tenham consideração pelas coisas dos outros
  • Envolvê-los nas coisas de casa para que aprendam a ganhar um incentivo
  • Estimulando-os com frases e ações encorajadores
  • Entender que as crianças precisam de seu próprio espaço para se conhecer
  • Estabelecer horários das refeições e de sono
familia

  • Deixá-los conviver com outras crianças e ver que se adaptam perfeitamente
  • Preocupar-se com seu bem-estar e cuidado
  • Mantê-los com bons hábitos de higiene
  • Mesmo com medo, deixá-los em contato com o meio ambiente para que criem anticorpos
  • Ensiná-los a respeitar os outros seres vivos
  • Propiciar o descanso do seu bebê em um ambiente limpo e ordenado
  • Quando você tem o apoio do pai da criança
  • Contar com pessoas que possam ajudá-la em momentos difíceis
  • A motivação que você sente quando o vê a superar etapas em seu próprio ritmo
  • O início da sua etapa escolar
  • O seu progresso na escola
  • Suas primeiras apresentações extracurriculares
  • Vê-lo concentrar-se em sua primeira tarefa
  • Identificar o compromisso das crianças em fazer as coisas bem feitas
  • Quando eles comentam algo assim que você acorda
  • O orgulho de saber que ele está aprendendo
  • Quando eles começam a ter amiguinhos
  • A empatia que eles têm com os outros colegas
  • Poder compartilhar sua experiência com outras mamães
  • Compartilhar viagens com eles quando estão emocionados tanto no caminho como no destino
  • Aproveitar esses momentos em que ele está saudável
  • Acompanhá-los nas coisas que eles querem lhe mostrar
  • Quando eles são bons na escola e recebem um reconhecimento por isso
  • Inventar coisas novas com ele
  • Quando ele quer saber o que você está fazendo e quer participar
  • Quando lhe imitam com perfeição
  • A capacidade de fazer o seu dia melhorar mesmo quando você achava que tudo ia dar errado
  • Estar presente em todos os momentos possíveis
  • Quando fazem você pesquisar sobre seus interesses
  • Que o fato de ser mãe é para toda a vida, um vínculo inquebrável e transcendental
  • Poder apoiá-los em tudo e para sempre
  • Estar disponível quando eles estejam
  • Sentir que ajudar os filhos é uma paixão, não uma obrigação
  • Lembrar-se dos progressos alcançados ao longo do tempo
  • Quando toma consciência que ele já não é mais uma criança
  • No momento em que se apaixona e pede conselhos sobre como deveria agir
  • Saber que o amor é recompensado
  • Que eles possam fazer o que gostam e serem bem sucedidos com isso
  • Sentir esse amor tão grande e inexplicável e que não conhece barreiras
  • Lembrar-se que ele já era o amor de sua vida antes que o conhecesse
  • Tentar ser um modelo exemplar para garantir uma imitação que valha a pena