13 conselhos sobre alimentação para bebês de até 3 anos de idade

· 7 de setembro de 2017

A alimentação dos bebês é muito importante. Uma dieta adequada proporciona uma boa saúde e a prevenção de doenças crônicas. Neste artigo, vamos ver conselhos sobre alimentação para bebês que têm até 3 anos de idade para que sejam crianças fortes e saudáveis.

Durante o primeiro ano de vida, sempre que for possível, o aleitamento materno é aconselhado. Se a mãe quiser e puder, é recomendável que seja mantido até os dois anos do bebê. O leite materno possui todos os nutrientes e os componentes que o bebê necessita para o seu desenvolvimento e crescimento. A partir dos 6 meses a alimentação complementar começa a ser introduzida na dieta do bebê. Contudo, o leite ainda é a principal fonte de alimento, seja materno ou artificial.

Se não quiser perder esses conselhos sobre alimentação para bebês, continue lendo este artigo.

Conselhos sobre alimentação para bebês até 3 anos

conselhos

Dar alimento quando o bebê quiser

Se o bebê toma leite materno, é preciso permitir que ele mame sempre que quiser.

Evitar a mamadeira com bebidas açucaradas

Não usar a mamadeira para dar bebidas açucaradas, como sucos de caixinha. Isso aumenta o risco de cáries.

Não obrigar o bebê a comer se não quiser

Se uma criança não quiser tomar determinado alimento ou não quiser comer mais, não devemos forçar. São eles que decidem a quantidade que tomam e se querem mais ou não.

Incluir a criança à mesa a partir do primeiro ano

A partir do primeiro ano, você pode começar a colocar a criança sentada à mesa para que ela se alimente junto com o resto da família, mesmo que no início ela precise de muita atenção e ajuda para comer. Porém, esse hábito vai estimular sua integração na família na hora das refeições.

Tocar na comida, e até brincar com ela, é necessário para o desenvolvimento das crianças

Elas aprendem dessa maneira. As habilidades são adquiridas pouco a pouco, por isso é preciso deixar a criança comer sozinha, mesmo que isso signifique um pouco de sujeira. Devemos facilitar a iniciativa de autonomia do bebê ao se alimentar.

É necessário limitar o consumo de alimentos industrializados

Os alimentos de preparação rápida (pizzas, hambúrgueres) contêm grandes quantidades de gorduras saturadas, açúcares e sal. Devemos dar aos pequenos os alimentos mais saudáveis e naturais possíveis.

Sempre tomar café da manhã

As crianças precisam tomar café da manhã sempre. Essa refeição deve ser o mais saudável e variada possível.

Evitar frutas secas até os 4 anos

conselhos

As frutas secas (amêndoas, amendoins, avelãs, etc.) são perigosas porque podem provocar asfixia. Devemos evitá-las até a criança completar 4 anos de idade.

Comer frequentemente

As crianças precisam se alimentar frequentemente. Nós devemos oferecer lanches nutritivos e saudáveis para beliscar entre as horas das refeições. Assim, evitaremos que as crianças comam outros alimentos não recomendáveis (guloseimas, batatas fritas, sucos de caixinha, bolachas, etc.).

Atividade física

Além de uma boa alimentação, a atividade física também é importante. Entre o primeiro ano e os 3 anos de idade, a melhor atividade é a brincadeira. Assim, permita que as crianças brinquem e se divirtam.

Deixar que a criança ajude nas compras

A partir dos dois anos, as crianças já podem “ajudar” na hora de fazer as compras de casa. Além disso, elas podem participar da preparação das refeições (lavando verduras, espremendo laranjas, preparando um lanche, pegando talheres, etc.) Deixe que ela ajude, sempre sob sua supervisão, é claro.

Não recompense nem castigue com comida

Após um bom comportamento, não recompense com doces ou guloseimas. Também não vale gritar, repreender ou castigar para que a criança coma. Devemos elogiar as coisas que as crianças fazem bem e fazer pedidos de forma agradável, sempre utilizando “por favor” e “obrigado”. As crianças são esponjas que aprendem observando os adultos, portanto devemos ser um bom exemplo.

Dieta saudável e equilibrada

É importante que as crianças tenham uma alimentação saudável e equilibrada, já que é na infância que se estabelecem as bases de uma alimentação saudável e correta.

Agora que você já sabe alguns conselhos sobre alimentação de bebês, coloque-os em prática e verá como seus filhos vão crescer saudáveis e felizes. Depois de estabelecer uma rotina, tudo fica mais tranquilo.