Uma coisa que você não sabia sobre a amamentação

15 de janeiro de 2017

Desde o nascimento e até os seis meses de idade todos os bebês devem ser alimentados só com leite materno, de preferência de sua mãe

A amamentação é um dos momentos mais íntimos, acolhedores e memoráveis de uma mulher cada vez que se torna mãe.

Amamentar significa alimentar um ser humano que não pode se cuidar sozinho.

É fornecer-lhe as defesas necessárias contra os patógenos e garantir uma relação emocional iniciada a partir do útero.

Em sou mamãe gostaríamos de falar sobre isso e destacar uma coisa que você não sabia sobre a amamentação.

O leite materno… é mais do que um alimento

O leite materno é o melhor alimento que um bebê pode receber.

Apesar de existirem outros suplementos recomendados quando um bebê é intolerante à lactose ou a mãe não produz o suficiente para sustentá-lo … até hoje, o leite materno não tem substituto.

O primeiro líquido amarelado que sai do peito: o colostro junto com o leite imunizam o bebê contra patógenos aos quais está exposto desde que saiu da barriga.

Mas, além de fornecer comida e as defesas necessárias a ação de amamentar um bebê, abrigá-lo e acariciá-lo enquanto ele está mamando contribui para o seu bem-estar psicológico.

Como boa mãe que você é deve saber que por meio do leite materno as emoções tanto negativas como positivas são transmitidas.

3288730203_843d4226bc-500x333

Se você amamenta o seu filho em um lugar calmo onde os dois se sentem confortáveis isso o deixará feliz.

Por outro lado, se você está impaciente, nervosa, coibida por alguns olhares, desconfortável … você irá transmitir o mesmo a ele.

Em seguida ele vai chorar, ficará irritado, e estará inquieto durante o sono e tempo de descanso.

Uma coisa que você não sabia sobre a amamentação

Até aqui com certeza coincidimos que a amamentação é dedicação, responsabilidade e, acima de tudo, é amor.

E no amor é precisamente onde queríamos chegar.

Você sabia que o hormônio que faz com que você ame tanto o seu filho também é responsável por fazer que saia leite de seus seios?

A ocitocina: a molécula do amor e do aleitamento

Assim como acabamos contar a você a molécula do amor, como é popularmente conhecida a ocitocina, é um dos responsáveis pelo apego que você tem com seu filho mesmo antes de conhecê-lo.

Este hormônio também desempenha um papel fundamental para que saia leite de seus mamilos sempre que o seu filho precisa de alimento.

A seguir, explicamos como isso acontece.

16349811172_d73124791c-500x330

A oxitocina no amor de mãe

Quando uma mulher está prestes a dar à luz  a produção de oxitocina em seu cérebro aumenta.

Este hormônio faz com que o amor que sente por seu bebê a cada dia se torne mais forte.

Durante o nascimento o cérebro da mãe continua produzindo bastante oxitocina, pois imediatamente após o nascimento o instinto maternal aumenta.

Os altos níveis de oxitocina garantem o amor à primeira vista que substitui a dor, cansaço e qualquer outro estado diferente ao apego, proteção, carinho e amor com o recém-nascido.

Oxitocina na ejeção do leite

Quando o bebê suga o mamilo na mãe ocorre um estímulo nervoso que chega ao cérebro onde a oxitocina é liberada.

O hormônio passa através dos vasos sanguíneos e chega nos seios onde as células musculares estimuladas e os mesmos fazem com que o tecido mamário se contraia e as glândulas comecem a secretar leite.

Devido ao fato que o mamilo é estimulado muitas vezes pelo bebê, este mecanismo chega a tornar-se uma ação de reflexo, isto é, algumas mães assim que escutam o choro do bebê já sentem que começa a sair leite.

Embora isto não seja o mais comum, também há casos em que mulheres apenas ao ver crianças na televisão ou ver e ouvir outras na rua fazem com que gotejem leite de seus mamilos.

Mamãe, a amamentação é um período único em sua vida.

À medida que os anos passam e veja outra mãe amamentar seu filho lembrará com saudade os grandes momentos que você e seu “filhote” tiveram juntos.

Curta bastante este momento acolhedor que a natureza lhe oferece e viva cada minuto como se fosse o último.

Isto é algo que você com certeza sabe, mas em sou mãe sempre gostamos de lembrar.