Quando uma criança canta, seu cérebro se ativa de uma maneira especial

· 21 de agosto de 2017

Todas as vezes que seu filho canta, seu corpo libera endorfina e diferentes áreas do corpo são ativadas, as quais contribuem ao aprendizado de coisas novas ou ao reforço de conhecimentos já aprendidos.

Quando seu filho canta, acontecem coisas maravilhosas, porque esse exercício ajuda a desenvolver a fala de maneira mais fluida e adequada, além de melhorar o comportamento social da criança, pois quando ela está cantando, fica relaxada e diminui as chances de se comportar de maneira agressiva.

Poder cantar faz com que as crianças (e também os adultos) se sintam mais felizes, mais livres e mais tranquilos. Além disso, ajuda especialmente as crianças,  a melhorar suas habilidades de memorização e a se concentrar, pois essas habilidades são necessárias para cantar.

O fato de uma criança se tornar mais sensível também pode ser atribuída à atividade do canto, uma atividade que oferece a oportunidade de se expressar artisticamente enquanto melhora sua autoestima.

Parece mentira que uma coisa tão simples como cantar traga tantos benefícios ao desenvolvimento de uma criança, mas isso é verdade, e a ciência também confirma. Um grupo de cientistas da Universidade de Münster, situada na Alemanha, aplicou testes em 500 crianças do jardim da infância e concluiu que 88% das crianças que cantavam frequentemente estavam melhor preparadas para a formação escolar, em comparação com apenas 44% do total de crianças que cantavam com menos frequência.

Esses cientistas alemães classificaram o hábito de cantar como “um poderoso elemento para o cérebro das crianças”. Isso proporciona vantagens ao desenvolvimento integral do pequeno, especialmente no desenvolvimento da fala, do comportamento social e do controle da agressividade.

Além disso, ajuda os pequenos a sentir de maneira mais vívida a experiência do som, o que também melhora suas capacidades vocais e auditivas.

canta

Quando uma criança canta, ela se prepara para o futuro

Todas as vezes que seu filho canta enquanto brinca, ele consegue se concentrar com mais intensidade na atividade que estiver realizando. Isso permite transformar qualquer momento de ansiedade, estresse, ou tensão em um momento mais sereno e tranquilo.

Exatamente por isso, os cientistas defendem que as crianças tenham cada vez mais oportunidades de brincar cantando, sobretudo nos primeiros anos de vida, quando essa atividade estimula de maneira significativa o desenvolvimento na área física, mental e social.

Cantar ajuda seu filho a se familiarizar com a matemática e a lógica da mesma forma que acontece quando uma criança estuda música por meio da leitura de pautas musicais. Se você não acredita, tente se lembrar da época em que centenas de crianças aprendiam a tabuada cantando canções infantis, que também serviam para inculcar valores e regras. Não é em vão que os produtores de filmes infantis pensam muito bem na trilha sonora que acompanha os desenhos animados.

Uma mãe que canta se sente mais tranquila

canta

Normalmente, nós adultos costumamos cantar no banho ou pela manhã quando nos sentimos felizes. Talvez esses sejam os momentos em que nos permitimos cantar livremente, além do fato de muitas mulheres cantarem enquanto estão limpando a casa, cozinhando, ou lavando as roupas.

Hoje em dia, ver alguém cantando pelo simples prazer de fazer isso nos parece uma excentricidade. Mas a verdade é que nós, seres humanos, cantávamos e produzíamos música desde os tempos mais remotos, esse é um hábito que nos acompanha como espécie, e que sublima nossas almas.

Mas, além de ser uma atividade recreativa, como a ciência já comprovou, o exercício de cantar não beneficia apenas o cérebro do seu filho, mas também repercute de maneira positiva no seu próprio cérebro.

Você vai ver, os adultos que cantam, possuem uma capacidade pulmonar melhor e uma maior oxigenação do sangue. Essa atividade prazerosa também melhora a memória e favorece os nervos parassimpáticos.  E, assim como acontece no cérebro do seu filho, todas as vezes que você cantar estará diminuído seus níveis de estresse por conseguir relaxar.

O canto gera harmonia a nível psíquico e também reforça o sistema imunológico, além de ajudar a enfrentar de uma melhor forma os problemas de sono e doenças circulatórias.

Talvez possa não parecer verdade, mas há casos documentados que demonstram que o estado de saúde dos pacientes com Alzheimer melhora quando cantam ou ouvem uma melodia em particular.

O efeito da música também ajuda pessoas que sofreram acidentes cerebrovasculares, que conseguiram voltar a falar após cantarolarem melodias frequentemente.

A ciência demonstrou que sempre que uma criança ou um adulto cantar, alguma coisa positiva vai acontecer em seus corpos e suas mentes. Por isso, incentive seu filho a cantar e trate de acompanhá-lo nesse saudável e divertido exercício.