5 dicas para as mães que precisam de tempo para si mesmas

· 6 de agosto de 2017

Ser mãe é uma das melhores experiências da vida para a maioria das mulheres, mas a princípio muitas as mães se sentem agoniadas e acham que não têm tempo para cuidar de si mesmas.

Ir à consultas médicas, cortar o cabelo, ou se depilar podem se converter numa aventura para muitas mães. Mas para manter sua saúde emocional é muito importante não esquecer de si mesma e manter as atividades que eram feitas antes do parto.

Algumas mulheres acham que ao começar sua nova rotina diária como mães, estão mudando totalmente sua forma de vida. Muitas se sentem sozinhas e agoniadas.

Precisam de apoio e compreensão do seu círculo mais próximo. Além disso, o início da lactância materna geralmente é complicado para muitas mães. Ainda que saibam que é o melhor alimento para o recém nascido, as vezes o começo é complicado e muitas mães se desesperam.

Os especialistas recomendam passear na rua com a criança, seja no parque, praia ou montanha. E claro, tentar levar a vida social que você tinha antes do nascimento do bebê. Ainda que alguns lugares não possam ser frequentados com um recém nascido, ainda existem muitas atividades adaptadas à família. Vamos dar 5 dicas simples para as mães que precisam de tempo para si.

Conselhos para ter tempo para si mesma

5 dicas para as mães que precisam de tempo para si mesmo

Manter as atividades

Para a maioria das mães é muito importante manter suas prioridades e atividades. Se, por exemplo, você gosta de caminhar, tente buscar a maneira de fazer isso com o bebê assim que tiver se recuperado. Você pode passear com ele em um canguru ou em um carrinho. Você também pode tentar deixá-lo com o seu companheiro ou alguém de confiança meia hora por dia para poder caminhar. Programa-se para fazer isso todos os dias. Tente manter seus interesses, seja ler, ver séries de televisão ou nadar. Não renuncie a tudo o que gosta por ter se tornado mãe.

Busque ajuda

Ainda que muitas vezes as mães se encontrem sobrecarregadas, não custa pedir ajuda. Não duvide disso. Muitas vezes o companheiro é insuficiente para cuidar da criança, trabalhar e realizar as tarefas diárias. As mães precisam pedir ajuda aos familiares e amigos para poder fazer algumas tarefas. 

Também é uma boa ideia buscar apoio e afinidade em outras mães que se encontram na mesma situação. Vá ao parque ainda que seu filho ainda seja um bebê e fale com as outras mães. Com certeza compreenderão todos os seus medos e dúvidas. Tente também se conectar com as mães através de grupos ou pela internet.

5 dicas para as mães que precisam de tempo para si mesmo

Não esqueça de se cuidar

Muitas mães esquecem de se cuidar durante os três primeiros meses de vida do bebê, e inclusive algumas durante o primeiro ano. Não se esqueça de si mesma. Ainda que não acredite, é muito importante para sua estabilidade emocional. Procure cortar o cabelo e se depilar, se maquiar como você fazia antes, e fazer exercícios que considera apropriado. Se você engordou um pouco, busque a maneira de entrar em forma com dieta e exercício. E se você se encontra deprimida em determinado momento, não duvide em pedir ajudar a um profissional o quanto antes.

Não exija muito de você mesma

É claro que no começo você não poderá realizar as mesmas tarefas que antes. Com certeza você se encontrará sobrecarregada durante o dia e sentirá que não consegue dar conta de tudo. Não se preocupe porque é o mais lógico e normal. Essa situação é vivida por todas as mães. Você precisa ter paciência e não realizar o mesmo esforço de antes. Descanse e tente aproveitar os pequenos momentos.

5 dicas para as mães que precisam de tempo para si mesmo

Uma vida tranquila

O melhor é tentar aproveitar essa etapa da vida sem pressa. Em pouco tempo o nosso bebê crescerá e podemos perder os seus melhores momentos se estivermos sempre agoniadas. Tente desconectar o telefone, o celular, e o Whatsapp quando você quiser descansar.

Aproveite o “agora” nos passeios, e em qualquer atividade diária. E tente não se sentir agoniada pelos horários. Qual é o mal de dar de comer meia hora antes ou depois? Marque as prioridades da sua vida e tente aproveitar todo o momento. Não hesite em parar seu ritmo habitual nessa etapa da vida, sobretudo durante a licença maternidade e a lactância materna. Sua saúde emocional é mais importante que todo o resto.