O exercício durante a gravidez também melhora a saúde do bebê

Você quer proporcionar uma melhor qualidade de vida ao seu bebê? Portanto, faça questão de começar uma rotina de exercícios durante a gravidez.
O exercício durante a gravidez também melhora a saúde do bebê

Última atualização: 10 Outubro, 2021

Apesar dos mitos que cercam a prática de exercício durante a gravidez, atualmente existem muitos estudos que apoiam essa atividade em mulheres grávidas. Por motivos óbvios, o exercício deve ser supervisionado, controlado e devidamente adaptado ao estado de saúde da mulher.

Os exercícios físicos durante a gravidez oferecem uma infinidade de benefícios para a mãe, como melhorias na circulação e controle do peso corporal. E além disso, proporcionam inúmeras vantagens para a saúde do bebê.

O exercício durante a gravidez e a saúde do bebê

Durante a gravidez, você pode ter medo de machucar seu filho ao fazer exercícios, especialmente se for a sua primeira gravidez. Mas, pelo contrário, a atividade física constitui um dos principais hábitos saudáveis nessa fase. Claro, você deve tentar ir com calma e fazer isso com responsabilidade.

Praticar exercícios não é sinônimo de rotinas exageradas, muito intensas ou prolongadas. Nesse caso, é necessário realizar devido planejamento da atividade com um adequado acompanhamento profissional.

Além do que já foi dito acima, deve-se observar que você não é a única que se beneficia com exercícios durante a gravidez, seu bebê também sai ganhando.

atividade física esporte exercício assoalho pélvico dorsal posterior nádegas esteira grávida grama ao ar livre

A seguir, apontaremos as vantagens mais importantes de manter esse hábito saudável durante a gravidez.

Favorece o peso adequado do bebê

O excesso de peso faz mal em qualquer momento da vida, mesmo antes do nascimento.

Por outro lado, se seu filho for é muito pequeno, sua vida pode ficar em risco, sendo necessário um acompanhamento cuidadoso até o nascimento. Provavelmente, ele também terá que encarar outros tratamentos posteriormente.

Por outro lado, se ele for muito grande (macrossômico), a sua vida e a do seu bebê em risco devido às dificuldades que ambos podem enfrentar durante o parto.

A boa notícia é que se exercitar adequadamente durante a gravidez ajuda a manter o peso do feto dentro dos limites normais. Isso evita baixo e alto peso ao nascer e suas complicações.

De acordo com um estudo do Instituto Internacional de Ciências Aplicadas, Atividade Física, Saúde e Fitness, exercícios de alta intensidade entre as semanas 25 e 35 podem ser a causa do baixo peso ao nascer. Portanto, esse tipo de atividade deve se limitar apenas àquelas mulheres que já estejam devidamente adaptadas.

Em contrapartida, mulheres sedentárias têm maior probabilidade de ter bebês com baixo peso, até níveis próximos à desnutrição.

Por esse motivo, durante a gravidez recomenda-se a realização de exercícios de intensidade moderada, a fim de promover o peso adequado do bebê.

Melhora a saúde do coração da mãe e do feto

A saúde do coração é essencial e os exercícios durante a gravidez beneficiam tanto o coração da mãe quanto o do bebê.

Implementar rotinas aeróbicas de 30 minutos por dia, pelo menos 3 dias por semana, permite que você tenha um coração mais forte e condicionado.

Esse hábito pode contribuir para manter a frequência cardíaca fetal em intervalos estáveis, de acordo com um estudo americano conduzido na Universidade de Medicina de Kansas City. Em relação ao benefício anterior, esses efeitos permaneceriam mesmo após o nascimento.

Por tudo isso, podemos decidir que a prática de exercício favorece a saúde do bebê enquanto ele vive em seu útero e após o nascimento.

Exercício durante a gravidez?

Determinar a quantidade de exercícios a fazer durante a gravidez depende de sua pegada esportiva:

  • Se você é uma mulher sedentária ou não tem interesse em exercícios, aconselhamos que pratique de 2 a 3 vezes por semana.
  • Mas se você se exercitava regularmente antes da gravidez, pode continuar com uma frequência de 4 a 6 vezes por semana, dependendo da atividade que for fazer.

Em qualquer caso, o objetivo é que você se exercite durante os nove meses de gestação. Portanto, tente ajustar as cargas e os volumes de acordo com as mudanças que seu corpo experimenta em cada estágio.

Mulher correndo e praticando esportes durante a gravidez.

Exercício durante a gravidez, apenas com aconselhamento

Depois de decidir fazer exercícios durante a gravidez, tente buscar a supervisão de um profissional da área. Não só para controlar e corrigir os exercícios, mas também para avaliar seu estado o tempo todo.

Lembre-se de que os exercícios para mulheres grávidas devem ser adaptados de forma específica e adequada para que você possa obter todos os benefícios possíveis sem colocar em risco a saúde do seu bebê.

Pode interessar a você...
Ginástica hipopressiva: 3 exercícios durante o pós-parto
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Ginástica hipopressiva: 3 exercícios durante o pós-parto

A ginástica hipopressiva consiste em vários exercícios relacionados à respiração, muito úteis após a gravidez. Saiba mais aqui!