Existem regras para planejar um chá de bebê?

31 de janeiro de 2017

O chá de bebê é uma bonita tradição de origem familiar no qual as futuras mães são cobertas de presentes para o seu bebê que está a caminho. Em cada local onde é realizado tem suas próprias variações, mas desde o início foi considerado como uma celebração exclusiva para as mulheres que se reuniam para compartilhar sua sabedoria sobre a maternidade.

Ao longo do tempo esta celebração foi incluindo novos costumes de acordo com a cultura de cada região, convertendo-se em uma atividade de boas-vindas onde os protagonistas são a mãe e seu futuro bebê. Embora cada família planeje da sua própria maneira, é comum que algumas mães se deixem levar por certas regras para planejar um chá de bebê.

De maneira que, para planejar um chá de bebê às vezes se deve incluir temas e atividades comuns à maioria; mas não são de todo obrigatórios. Por exemplo, acredita-se que em um tempo era uma celebração que só se aplicava ao primogênito; mas como sabemos, atualmente são planejados para cada novo membro da família.

Podemos falar de casos em que a mesma mãe celebra vários chás de bebê, com a família do pai, com a da mãe, com os colegas de trabalho, etc… O objetivo desta festa é preencher de detalhes a mãe, trazer presentes para o bebê e passar um momento agradável para aclamar o precioso momento.

Porque existe um guia para planejar o chá de bebê?

Como dissemos, o chá de bebê tem um propósito claro: comemorar a chegada do bebê. Ou seja, não deveria haver regras específicas de como deveria ser feita a celebração; em outras palavras, o que não deve faltar é uma mãe feliz com seu bebê no ventre.

A partir de agora, cada um dos chás de bebê não tem que ser como os outros; todas as famílias têm seus próprios costumes e cada uma planeja segundo seus interesses. Assim, a pergunta continua sendo a mesma: Por que eu devo procurar um guia?

A chave para este assunto é que talvez em certas regiões não exista muita tradição sobre esta festa. É comum que em alguns países, esta prática apenas comece a ser adotada e, portanto, nos deixamos encher de conselhos sobre o assunto; uns e outros menos atrativos e viáveis.

Também é comum que estejamos tentando modificar um pouco a tradição, especialmente porque os tempos mudaram e já é necessário que sejam incorporadas novidades. Por exemplo, o fato de que os homens da família não podem participar é algo que começa a se reverter drasticamente.

Mas uma coisa é certa, para que o chá de bebê funcione como tal, deve ser planejado. Esta festa deve ter detalhes que a diferenciem e as atividades devem estar focadas no bebê e na mãe; caso contrário, pode passar como uma celebração qualquer.

Quais detalhes são relevantes para o chá de bebê?

A organização é uma peça chave para realizar esta festa; geralmente é uma iniciativa familiar, onde a futura mãe é a principal organizadora. Madrinhas, avós, tias e amigas da mãe, são em sua maioria as demais parceiras nestas festas.

As recomendações gerais sobre este tema estão focadas no seguinte: se trata da primeira celebração que o bebê terá, por isso queremos que seja uma bonita lembrança. É aconselhável escolher um lindo lugar e decorar o melhor que puder, tomando cuidado para que destaquem detalhes de bebês, geralmente na cor que identifica o sexo da criança.

Outros elementos que podem ser incorporados são:

  • Comida, lanches e coquetéis; estes podem ser alimentos tradicionais. Não é necessário exagerar, apenas compartilhar alguns ricos pratos.
  • Geralmente os presentes são os convidados que trazem, mas lembre-se que podemos fazer brincadeiras premiadas para eles. Lembre-se que qualquer ajuda é apreciada e que a presença é o mais importantes em reuniões familiares; por isso não é obrigatório que nos levem um presente.
  • Lembranças e agradecimentos. A importância desta reunião é comemorar um evento que é inestimável; portanto, recomenda-se enfatizar as boas recordações. Não se esqueça de tirar muitas fotos, incluir a maioria dos convidados e pedir uma dedicatória para o seu bebê. Organizar um livro para que escrevam bons desejos e faça cartões de agradecimento.