6 formas de prevenir problemas de comportamento

25 de julho de 2017

É muito melhor prevenir que remediar. Esta máxima é bastante útil na educação dos nossos filhos, entre outras coisas, no que se refere aos problemas de comportamento. Com certeza, uma das melhores técnicas de disciplina é a prevenção.


Se os pais são capazes de prevenir problemas de comportamento, de seus filhos antes que comecem, será mais fácil ter uma vida familiar muito mais feliz. Sem dúvidas, a prevenção de problemas de conduta requer um pouco de tempo e esforço, mas com certeza é um bom investimento a longo prazo.

Desenvolver um relacionamento saudável

Se dar bem com as crianças faz com que seja mais provável que elas se sintam motivadas a comportar-se bem. Neste sentido, os pequenos estarão muito mais dispostos a seguir as regras caso se sintam queridos e respeitados.

Para que dê certo é necessário proporcionar ao seu filho uma atenção positiva, dedicar tempo, e interagir com eles sempre que possível em um cenário agradável de diálogo e compreensão.

6 formas de prevenir problemas de comportamento
Criar regras claras e explicar as consequências de não cumpri-las.

Para que as crianças possam seguir determinadas regras é importante que essas sejam claras e que não deixem lugar para dúvidas, especialmente no que se refere às expectativas. As regras não devem deixar lugar para dúvidas e devem ser as mesmas em todas as situações.

É preciso explicar com paciência, sem dar como uma certeza que a criança tenha entendido. Se a criança não cumpre as regras é importante se assegurar primeiro, de que sabe qual foi o problema e explicar o que ela teria que ter feito. É bom revisar de vez em quando as regras para se assegurar de que tudo está claro e para ir adaptando-as às diferentes necessidades que vão surgindo com a idade.

Além de deixar as regras claras é importante frisar as consequências de não serem cumpridas. Uma vez que você explicou as regras, deve explicar ao seu filho o que acontecerá se elas não forem cumpridas, ou seja, dizer quais serão as consequências. É pouco provável que o seu filho queira desafiar as regras ou que coloque à prova seus limites, se sabe como você vai responder.

Valorize o bom comportamento

Quando seu filho estiver se comportando bem, elogie o seu comportamento, seus esforços para se comportar e elogie sua conduta. Não se trata de premiá-lo, mas de fazer com que ele saiba que você valoriza este comportamento.
Este reforço positivo lhe ajudará a entender o que é certo e ele repetirá estes comportamentos no futuro. Porém, não faça isto comparando-os a ninguém, especialmente um irmão. Se você quer premiá-lo, faça com privilégios, não com coisas materiais.

Crie um sistema de reforço

Quando quiser que um comportamento positivo se repita, não há nada melhor que utilizar um sistema de reforço positivo. Estes sistemas buscam destacar de maneira contínua e sistemática o comportamento que se deseja desenvolver.

Através de um sistema de recompensas previamente fixado, se destaca o comportamento do pequeno. A criança deve saber o que se espera dela e o que não. Isto é especialmente eficaz quando eles mostram dificuldade para determinados comportamentos positivos.

6 formas de prevenir problemas de comportamento

Coloque-se de acordo com o resto das pessoas que lidam com eles

Ainda que as regras não tenham que ser exatamente as mesmas em todos os lugares, ajuda muito se você e as pessoas que cuidam do seu pequeno tenham um comportamento parecido.
Neste sentido, é importante que o pai, a mãe, e as pessoas que tomam conta da criança trabalhem com as mesmas estratégias e tenham claro que os comportamentos devem ser abordados desde o ponto de vista da disciplina.

Ensine ao seu filho sobre os sentimentos e o controle dos seus impulsos

Quando os pequenos compreendem seus sentimentos estão muito mais propensos a ter controle sobre seus comportamentos. Por isso, é importante ensinar a eles algumas maneiras de gerenciar seus sentimentos como a raiva infantil, a tristeza, a frustração e a decepção.

Além disso, é importante ensinar a eles como controlar seus impulsos. Quando as crianças podem controlar seus impulsos estão menos propensas a reagir de forma agressiva ou desafiadora. Além do mais, quando os pequenos desenvolvem o controle de seus impulsos acabam por melhorar sua vida social e tendem a obter melhores resultados na escola.

Recomendados para você