A importância de colocar o bebê deitado de barriga para baixo

29 de agosto de 2017

Colocar o bebê nessa posição melhora sua forma física e o ajuda a alcançar certos níveis de habilidade que precisa para se tornar um ser mais independente. Se você continuar aqui com a gente, vai poder aprender muito mais sobre esse assunto.

Bebê deitado de barriga para baixo para ganhar mais força

Quando seu filho estiver acordado, coloque-o de barriga para baixo. Ficar nessa posição vai ajudar a fortalecer a musculatura dos ombros, do pescoço, dos braços e das costas.

Graças à essa posição o bebê vai ter a oportunidade de conquistar um controle cefálico que o permitirá levantar a cabeça sozinho. Mais tarde, ele vai conseguir utilizar as mãos para levantar o peito até conseguir se apoiar nos braços e nas pernas e, em seguida, engatinhar.

Uma posição que permite observar o mundo

Deitado de barriga para cima o bebê tem uma perspectiva muito limitada do ambiente em que está. Nessa posição consegue apenas ver o que está na sua frente e acima da sua cabeça.

Quando você deita o bebê de barriga para baixo e conforme ele vai ficando mais “firme”, terá a possibilidade de ampliar o campo visual que possui.

Ele vai observar tudo ao seu redor e vai movimentar a cabecinha na direção que quiser. O bebê vai, inclusive, tentar girar a cabeça na direção dos pés para conseguir ver o que antes ficava atrás, e nunca era visto.

A postura de barriga para baixo estimula o bebê a ser independente

barriga para baixo

Se seu filho não consegue se movimentar sozinho, se ele mal consegue levantar a cabeça, e quando você o pega no colo, precisa segurar embaixo das axilas como um recém-nascido, ele vai continuar dependente de você.

Por outro lado, quando o bebê passa mais tempo de barriga para baixo, aprende que não precisa de você para se esticar e pegar algum brinquedo que não estiver ao alcance das mãos. Esse será o começo da sua independência.

Estimula o desenvolvimento das habilidades motoras grossas

Coloque seu bebê de barriga para baixo sempre que puder para ajudar no desenvolvimento das habilidades psicomotoras grossas: aquelas que envolvem a locomoção e a movimentação da parte inferior do corpo do bebê, suas pernas mais especificamente.

Ficando de barriga para baixo, seu filho vai perceber que se fizer um pouco de força com os pezinhos e os antebraços, vai ser capaz de se arrastar para onde quiser. Mais tarde, também vai perceber que pode se sentar e, em seguida, engatinhar.

A importância de colocar o bebê deitado de barriga para baixo

Coloque seu bebê de barriga para baixo várias vezes ao dia. Para que ele não fique cansado, alterne entre colocar o pequeno de barriga para cima ou de lado e pegar no colo.

Se ele ainda não consegue levantar bem a cabeça, estabeleça três horários para o pequeno se exercitar durante o dia. Cada prática pode durar aproximadamente 10 minutos.

A superfície em que você vai colocar o bebê deve ser dura. O chão é o lugar ideal porque a criança não corre o risco de cair.

Estenda um lençol no chão para que o bebê não fique em contato direto com uma superfície gelada, e coloque-o lá durante algum tempo para se exercitar.

No entanto, esses momentos de atividade não devem ser um castigo para ele.

Se você colocar o bebê de barriga para baixo no chão e o deixar sem atenção, ele vai começar a chorar desconsoladamente. Por isso, sempre que chegar o momento de exercitar o corpinho, espalhe brinquedos e bonecos ao redor do lugar em que você vai colocar o bebê a fim de proporcionar um estímulo.

É nas brincadeiras, e somente nas brincadeiras, que a criança ou o adulto como indivíduos são capazes de ser criativos e usar toda sua personalidade. É somente sendo criativo que o indivíduo descobre a si mesmo.

—Donald Winnicott—

barriga para baixo

Você também deve se sentar no chão e conversar animadamente para que o bebê se sinta menos pressionado, e com mais motivação para levantar a cabecinha.

De tempos em tempos, você também pode colocá-lo de barriga para cima ou deitado em cima da sua barriga. Como o bebê vai estar ainda mais próximo de você, vai se queixar menos e, mesmo que ainda se sinta um pouco desconfortável, vai sorrir para você.

Conselhos finais

Se quando você coloca seu bebê de barriga para cima ele começa a chorar e não para até que você o pegue no colo, não o pegue assim que o choro começar. Mesmo que possa parecer um pouco cruel, você deve fazer com que ele se acostume com essa postura aos poucos.

Espere pelo menos um minuto, pegue-o no colo para confortá-lo e coloque-o deitado de barriga para baixo de novo sucessivamente, até que o bebê não chore mais. E, quando esse momento chegar, aumente o tempo que você o deixa nessa posição.

Também consideramos importante dizer que os momentos de exercício não devem ser próximos dos horários de amamentação. Assim, você vai evitar que seu filho coloque para fora o que acabou de ingerir.

Também não é recomendável colocar o bebê nessa posição quando estiver com fome, porque nesse caso, a sensação de desconforto será muito grande. Procure estabelecer um distanciamento entre esses horários e faça com que os momentos de exercício sejam prazerosos e completamente benéficos ao bebê.