12 exercícios de estimulação pré-natal

· 13 de agosto de 2017

Mesmo que pareça estranho, o aprendizado das crianças começa antes mesmo de terem nascido se receberam uma estimulação positiva. Durante o terceiro trimestre, quando o sistema nervoso do bebê já está desenvolvido e preparado para funcionar é o momento de realizar, por parte das mamães, exercícios de estimulação pré-natal.

Essa estimulação, além de desenvolver o bebê em nível físico e emocional, também favorece os vínculos afetivos com os pais. Para que esses exercícios deem resultado é importante que sejam realizados com a frequência de uma vez por dia. Também não é adequado estimular o bebê em excesso. Essa atividade de estimulação pré-natal pode acabar se transformando em uma rotina normal do dia a dia.

Neste artigo vamos ver em que consiste essa estimulação, quais são tipos que existem e alguns exercícios para realizar durante o terceiro trimestre. Você vai perder essas dicas? Continue lendo.

Tipos de estimulação pré-natal

Estimulação motora

Esses exercícios da mãe desenvolvem a percepção do espaço e do movimento no bebê, baseados nas diferentes posições da mãe.

Estimulação visual

Trabalham a estimulação da retina com a intenção de que o bebê vá se adaptando aos poucos à luz. Prepara o pequeno para o ambiente que vai encontrar após o nascimento e, além disso, estimula sua curiosidade e sua atenção.

estimulação

Estimulação sensorial

Tocar a barriga durante o dia é uma forma de sensibilizar fisicamente e se comunicar com o bebê. Você pode fazer exercícios a partir de diferentes maneiras de tocar sua barriga, “tapinhas, carinhos, afagos, jogando água”.

Estimulação auditiva

Um dos primeiros sentidos que se desenvolvem no bebê é a audição. Por isso, é bastante positivo e recomendável realizar exercícios para desenvolver esse sentido. Ouvir música, produzir diferentes sons, conversar com as pessoas, etc…

Exercícios de estimulação pré-natal

Balançar-se em uma cadeira de balanço

Sente-se em uma cadeira de balanço e balance suavemente e com um ritmo determinado.

Relaxar na água

Entre em uma piscina e boie na água enquanto se mexe suavemente sem se deixar afundar.

Dance sozinha ou com seu companheiro

Aproveite alguns minutos do dia para dançar, por vezes faça movimentos leves, girando com suavidade. Em outros momentos, aproveite para dançar junto com seu companheiro, deixe-o encostar na sua barriga para que o bebê possa sentir o papai. Vocês estarão estimulando o pequeno nos níveis motor e sensorial.

Movimentos com a lanterna

Mire a lanterna na direção da sua barriga e mexa o foco de luz para que o bebê a observe.

Aproveite o tempo bom

Quando estiver sol, aproveite e fique 5 minutos no sol com a barriga descoberta. Dessa forma, você estará proporcionando luz natural ao seu pequeno.

estimulação

Faça carinho na sua barriga

Utilize a palma da mão e, suavemente, faça carinho na sua barriga.

Aproveite as massagens com cremes

O seu hábito de passar creme pode ser usado para estimular seu bebê. Faça movimentos circulares na sua barriga com o creme que estiver passando no corpo.

Toque com a ponta dos dedos

Toque rapidamente com a ponta dos seus dedos em diferentes lugares da sua barriga.

Encoste no seu bebê quando ele der chutes na sua barriga

Pressione suavemente o mesmo lugar em que o bebê deu um chute.

Ouça música

Faça isso sempre no volume adequado. Essa prática vai criar uma conexão entre o bebê e o mundo exterior. Dependendo da música, do ritmo, e da velocidade, o bebê poderá se sentir relaxado ou agitado. O mais recomendável é ouvir música instrumental.

Converse com seu companheiro e com o bebê

Isso vai permitir que você se comunique com o bebê como se ele estivesse fora do útero com você. Converse sobre o que você faria se ele estivesse no seu colo e cante. O papai também pode conversar, assim o pequeno pode começar a reconhecer as vozes, e isso vai estimular os vínculos afetivos entre vocês.

Escute os vários sons do exterior

Esses sons preparam o bebê para a vida após o nascimento. As experiências da sua vida diária, seu estilo de vida, etc… Quando for cozinhar, sair para caminhar, o barulho dos carros… Isso vai fazer com que o bebê se familiarize com os sons que vai encontrar após o nascimento.

Há estudos que concluíram que os pais comprometidos com a estimulação pré-natal dos seus bebês têm um vínculo afetivo muito mais forte e estreito com seus filhos. Por isso, tome o tempo que precisar para estimular e se comunicar com seu pequeno durante a gravidez. Com certeza vai valer a pena!