Papinha de kiwi para bebês: receita e benefícios

Vamos mostrar como fazer uma papinha de kiwi de forma simples para incluir na alimentação complementar do seu bebê e aumentar a oferta de vitaminas.
Papinha de kiwi para bebês: receita e benefícios

Última atualização: 08 abril, 2022

Neste espaço, vamos ensinar você a preparar uma papinha de kiwi para bebês. Essa receita pode ser perfeitamente incluída no contexto da alimentação complementar, a partir dos 6 meses de vida. Além disso, nessa fase é ideal aumentar a ingestão nutricional e energética, a fim de promover o crescimento saudável da criança.

Antes de iniciar, deve-se observar que até os 6 meses é aconselhável oferecer aleitamento materno exclusivo. Existe a alternativa de usar leite de fórmula, embora esse tipo de produto não tenha os mesmos componentes do leite materno. Inclusive, com o passar dos anos, pode aumentar o risco de desenvolver problemas autoimunes na criança.

Pronta para começar a desmamar seu bebê com essa fruta nutritiva? Então tome nota.

Ingredientes para a papinha de kiwi

Para fazer uma deliciosa papinha de kiwi para bebês, são necessários os seguintes ingredientes:

A maçã é um ingrediente opcional e, se você não quiser adicioná-la, pode substituir por água para que a textura final fique mais líquida.

No entanto, se decidir incluí-la, deve optar pela maçã vermelha. As maçãs verdes são geralmente mais ácidas, o que pode afetar negativamente a aceitação por bebês mais novos.

Papinha de kiwi pura
O ideal é escolher maçãs vermelhas, pois não são tão ácidas para o bebê. Mas se seu filho gostar das maçãs verdes, você pode incluí-las também.

Passo a passo

Você deve começar descascando o kiwi. Em seguida, coloque-o no copo do liquidificador e bata. Terminada essa etapa, é fundamental retirar todas as sementes, para evitar asfixia. Para isso, passe o resultado por uma peneira fina para que as sementes fiquem retidas.

Quando esse passo estiver concluído, descasque a maçã e bata da mesma maneira. Misture ambos os preparos. Se estiver muito grosso, você pode adicionar um pouco de água.

Benefícios da papinha de kiwi

A inclusão da papinha de kiwi na dieta dos bebês oferece vários benefícios à saúde.

Por um lado, é um alimento rico em fibras. Estamos falando de um elemento que consegue estimular o trânsito intestinal e, assim, reduzir os problemas de prisão de ventre, como evidenciado por uma pesquisa publicada na revista Nature Reviews.

Por outro lado, o kiwi é uma das melhores fontes de vitamina C que existem. Esse nutriente cumpre muitas funções vitais no corpo humano, como o fortalecimento do sistema imunológico.

De acordo com um estudo publicado na revista Nutrients, ao manter níveis adequados dessa vitamina, a incidência de patologias infecciosas é reduzida e o controle dos sintomas durante esses quadros é melhorado.

Além disso, a vitamina C é um elemento essencial para estimular a síntese endógena de colágeno, que é uma das proteínas mais abundantes do corpo humano. Faz parte de quase todas as estruturas e tecidos e é determinante no crescimento. Por essa razão, é aconselhável que não haja deficiência de micronutrientes durante a infância.

Por fim, o kiwi concentra inúmeros fitoquímicos com capacidade antioxidante. Esses elementos neutralizam a formação de radicais livres e evitam seu acúmulo nos tecidos do corpo, o que reduz o risco de adoecimento. É importante notar que muitos dos problemas crônicos de saúde ocorrem como resultado do excesso desse tipo de substância no organismo.

Por tudo isso, vale a pena incluir o kiwi na dieta desde os primeiros estágios da vida. Claro que é melhor garantir uma alimentação variada e, sobretudo, com predominância de alimentos de origem vegetal. Tanto as frutas quanto os vegetais são absolutamente necessários.

Purê de kiwi.
A introdução precoce do kiwi na dieta dos bebês não demonstrou aumentar o risco de alergias ou intolerâncias alimentares.

Prepare essa papinha de kiwi em casa para seu bebê

Como você pode ver, preparar essa papinha de kiwi para bebês é uma tarefa muito simples. Existe a opção de também incorporar a maçã para melhorar o sabor final, embora o kiwi possa ser usado como único ingrediente. Isso vai do gosto de cada um.

Seja como for, o resultado final se destacará por concentrar muitos micronutrientes essenciais e antioxidantes de alta qualidade.

Para finalizar, é preciso lembrar a importância de transmitir bons hábitos alimentares já nas primeiras fases da vida. Dessa forma, o risco de rejeição alimentar futura com alimentos como vegetais e peixes será reduzido. Durante a infância, os hábitos são adotados de forma muito mais simples, o que permite que um melhor resultado seja alcançado ao longo do tempo.

Pode interessar a você...
Como preparar comida caseira para o bebê?
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Como preparar comida caseira para o bebê?

A comida caseira é a melhor alternativa para o bebê iniciar uma dieta sólida. Lembre-se de que comida fresca é sempre uma boa opção.