O primeiro dia do ano letivo

Voltar às aulas não é apenas mais um dia do ano: é o início de uma nova etapa para os alunos e suas famílias.
O primeiro dia do ano letivo

Última atualização: 27 Outubro, 2021

Materiais escolares, livros e mochilas fazem parte da paisagem das áreas comerciais quando o primeiro dia do ano letivo se aproxima.

Para alguns, representa o início de uma grande etapa e, para outros, a finalização de um ciclo como aluno. Mas, em ambos os casos, é um dia que deixa uma marca importante em suas vidas.

O que representa o início do ano letivo?

O primeiro dia do ano letivo não é qualquer dia do ano, pois nesse dia ocorre uma grande mudança na rotina das crianças e de suas famílias. Além disso, é uma data em que muitos projetos são renovados.

Se o ano letivo começar pela manhã, o despertador deve tocar muito cedo e é fundamental se planejar com antecedência para essa possível mudança de horários.

Por outro lado, se o horário escolar for no período da tarde, a refeição do meio-dia deve começar mais cedo, assim como o preparo dos lanches.

Quando há várias crianças em casa, a situação pode se complicar ainda mais e exigir maior organização. Se houver pré-adolescentes ou adolescentes, que devido ao seu ritmo circadiano devem frequentar as aulas um pouco mais tarde, o primeiro dia do ano letivo pode ser mais desafiador, mas igualmente emocionante.

Vale a pena tentar fazer desse dia um dia especial!

Garotas felizes na aula depois de voltar para a escola.

É provável que todos e cada um de nós se lembrem da emoção do primeiro dia do ano letivo e, por isso, é fundamental que ajudemos nossos filhos a criarem lembranças agradáveis e positivas desse momento.

Cada família é diferente, assim como suas rotinas. Por esse motivo, é difícil oferecer uma receita universal para todas as famílias. No entanto, uma dica útil é tentar encontrar a harmonia em relação ao início do ano letivo.

O fato de o primeiro dia de aula correr bem pode condicionar o desenvolvimento do ano letivo para melhor, enquanto o caos e a desorganização certamente causarão alguns contratempos.

A professora Nidia Karina Cicero, da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires (Argentina), destaca um ponto fundamental:

“O conhecimento entre professores e alunos é fundamental no processo de ensino. Embora o primeiro dia de aulas seja o momento certo para iniciá-lo, essa oportunidade pode ser perdida se for abordada como um dia qualquer do curso, que só se diferenciará dos demais pelas apresentações formais de professores e alunos ”.

A família, as novas responsabilidades e o momento do encontro

À medida que os filhos crescem, é importante ajudá-los a ganhar autonomia, e o lar é um bom lugar para colocar essas habilidades em prática. Por exemplo, os adolescentes podem preparar o café da manhã para si próprios e para o resto da família.

Muitas vezes ouvimos sobre a importância de compartilhar o momento das refeições em família, mas em muitos lares isso não é possível por vários motivos. Em geral, o café da manhã é geralmente o momento em que todos os membros se encontram à mesa e, então, pode se tornar um espaço de reunião.

A forma como os adultos valorizam o tempo em família e a importância que atribuímos ao café da manhã são fatores determinantes para que os nossos filhos participem dessa atividade. A dificuldade em incorporar esse hábito à rotina não deve causar frustração, e sim nos motivar a trabalhar nos objetivos que queremos alcançar como grupo.

Família tomando café da manhã juntos, sabendo conciliar a vida familiar e profissional.

O primeiro dia do ano letivo é um marco para a família

Devemos ter em mente que o primeiro dia do ano letivo é um momento muito importante para as crianças e os pais: é o início de uma nova etapa na vida de todos.

Porém, é importante trabalhar as expectativas excessivas em torno dessa jornada, como os excessos que ocorrem em algumas festas de adolescentes, nas comemorações do último primeiro dia de aula. Em situações como essas, é aconselhável antecipar-se e ter uma conversa cara a cara com nossos filhos.

Por fim, as emoções desencadeadas pelo início das aulas variam de uma criança para outra. É preciso respeitar as particularidades de cada uma e agir de acordo, sem tentar impor um sentimento que não seja genuíno.

Pode interessar a você...
A escola é a segunda casa dos seus filhos
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
A escola é a segunda casa dos seus filhos

As crianças passam muitas horas na escola. Portanto, a escola é a segunda casa dos seus filhos. O bom relacionamento com os professores é crucial.