Seis benefícios da ioga para as mulheres grávidas

1 de junho de 2018
A ioga é uma atividade muito recomendada para a mulher, tanto durante a gravidez como depois, já que é uma atividade muito completa.

Com certeza você deve saber que a ioga é uma disciplina holística; ou seja, ela é uma atividade que integra o corpo, a mente e o espírito mediante a realização de posturas ou ásanas. Por esse motivo, como você deve imaginar, a ioga traz vários benefícios para as mulheres grávidas.

Geralmente, é recomendado que a maioria das pessoas mantenha um estilo de vida que inclua uma rotina de exercícios físicos apropriados. Razão pela qual não é de se estranhar que também é aconselhável praticar uma atividade física para superar os altos e baixos da gravidez.

Se o seu médico indicou as atividades que você precisa seguir, e mencionou a ioga em meio a diversas disciplinas dentre as quais você poderá optar, não hesite em aproveitar essa oportunidade. Asseguramos que essa prática te ajudará a melhorar a qualidade de vida em pouco tempo. 

Benefícios da ioga para grávidas

A ioga é uma atividade que permite, com o passar do tempo, otimizar a flexibilidade do corpo ao mesmo tempo em que o tonifica e fortalece. Isso acaba sendo de grande ajuda durante a gravidez, já que auxilia na minimização das dores físicas.

O importante na hora de praticar a ioga é contar com um guia capacitado que saiba orientar o processo de realização das posturas e que saiba ensinar a respirar da forma correta. Essa pessoa também saberá avaliar quais são as melhores posturas, segundo a etapa da gravidez em que você se encontre.

grávidas na ioga

A ioga te ajudará a conhecer melhor o seu corpo e a saber respeitar o seu próprio ritmo.

Diversos estudos afirmam que os benefícios da ioga para as grávidas são tangíveis em curto, médio e longo prazo. E, inclusive, garantem que se trata de uma disciplina inócua.

1. Traz segurança

O primeiro benefício da ioga para as mulheres grávidas é a segurança. Isso porque ajuda a mulher a conhecer melhor o seu corpo e, dessa forma, é possível obter maior segurança de si mesma. Como consequência, a grávida buscará melhorar os seus hábitos em função da obtenção do bem-estar.

Durante a gravidez é normal que as mulheres tenham mais preocupações que o normal, mas graças à ioga essas dúvidas podem diminuir consideravelmente. O entretenimento além de físico também é mental, já que a grávida pode aprender a se acalmar e a manter uma atitude proativa para não se deixar levar pelas emoções negativas. 

A ioga oferece continuidade nos movimentos e isso ajuda a desenvolver um pensamento coerente na hora, gerado assim uma sensação de segurança. 

3. Fortalece

A ioga é um exercício de baixo impacto, mas ao mesmo é exigente. Isso porque a pessoa precisa sustentar a postura por um tempo determinado (geralmente curto). Na verdade, ela é tida como uma prática “leve” pois se desenvolve em um ambiente tranquilo, no qual não há espaço para a pressa.

Os diferentes ásanas ajudam a pessoa a adquirir resistência e, sobretudo, fluidez nos movimentos. O fortalecimento do corpo se realiza, então, de uma forma muito amena. É aí que se encontra o encanto dessa atividade milenar.

3. Favorece um sono tranquilo

Outro benefício da ioga para as mulheres grávidas é que, ao praticar, tanto a mente como o corpo relaxam, o que auxilia a mulher a conciliar o sono com mais facilidade. Em outras palavras, uma mente tranquila e um corpo relaxado obtêm um bom descanso depois de uma sessão de exercícios. 

grávida fazendo exercício

4. Melhora a oxigenação

A atividade física ajuda o sistema cardiovascular e pulmonar a otimizarem o seu rendimento, isso gera uma melhor oxigenação para as células. Esse é, sem dúvida alguma, um dos maiores benefícios da ioga para grávidas. Até porque, uma boa oxigenação implica em uma boa saúde não só para as mães, mas também para o bebê.

5. Alivia os desconfortos

A gravidez gera diversos desconfortos físicos que são praticamente inevitáveis. Apesar de nem todas as mulheres experimentarem as dores da mesma forma e com a mesma intensidade, elas sempre se manifestam. E assim como mencionamos anteriormente, através da prática da ioga, pode-se reduzir o seu impacto. Um exemplo disso são as dores das costas, que podem ser aliviadas com vários ásanas. 

6. Permite conexões de qualidade

Emocionalmente, outro dos benefícios da ioga para as mulheres grávidas é que permite estabelecer uma conexão de qualidade (inteligente e empática) com as outras pessoas e, sobretudo, com o bebê. Isso implica em uma aproximação muito mais consciente e, dessa forma, mais profunda. Graças à ioga, o encontro entre mãe e filho se produz de uma forma ainda mais maravilhosa.

Recomendados para você