A solidão também pode ser uma aliada durante a infância

27 Agosto, 2020
A solidão, na maioria dos casos, é interpretada como algo negativo. No entanto, também pode ser uma oportunidade a ser aproveitada durante a infância. Vamos falar mais sobre essa perspectiva no artigo a seguir.

A solidão é um problema importante, que pode predispor as crianças a consequências negativas a curto e longo prazo. No entanto, é igualmente bom sabermos que ela também pode ser uma aliada durante a infância. Neste artigo, vamos descobrir o porquê dessa visão tão particular.

Certamente, a solidão é um dos sentimentos mais difíceis de suportar durante a infância. De fato, existe um problema comum em se adaptar a ficar sozinho desde a infância até a velhice.

Para as crianças, os amigos são muito importantes e fazem parte do seu desenvolvimento. Estar sozinho durante a infância é algo que pode ocorrer de forma pontual, por algum motivo específico, ou pode ser algo crônico. Infelizmente, é preciso ter em mente que é um poderoso fator de risco para distúrbios como a depressão ou o suicídio.

Em relação à sua origem, existem vários fatores que contribuem para os sentimentos de solidão das crianças. 

Alguns ocorrem dentro do ambiente escolar e outros fora dele, como, por exemplo, os conflitos dentro de casa, uma mudança de casa ou a perda de alguém importante. De qualquer forma, esse sentimento também pode ser uma ferramenta durante a infância.

A solidão, uma aliada inesperada durante a infância

Sempre se fala sobre os aspectos negativos da solidão, associados à tristeza e ao isolamento. No entanto, esse sentimento também pode se tornar um recurso a favor durante essa fase do crescimento.

Afinal, nem todas as suas consequências são negativas. Por um lado, dá às crianças total liberdade para decidir o que querem fazer, sem a necessidade de precisar convencer os outros. Por outro lado, também permite que elas tenham mais tempo para usá-lo como bem quiserem.

A solidão também pode ser uma aliada durante a infância

Além disso, os momentos de solidão são úteis para que as crianças possam se acalmar, refletir e usar esse tempo para desenvolver novas habilidades.

Nesse sentido, a solidão é uma boa ferramenta para o crescimento. Para que as crianças entendam tudo o que acontece ao seu redor, elas devem primeiramente entender a si mesmas. Se há algo que a solidão ensina, é a conhecer a si mesmo de verdade, sem qualquer tipo de filtro.

“A solidão é admirada e desejada quando não existe sofrimento, mas é evidente a necessidade humana de compartilhar as coisas”.
–Carmen Martín Gaite–

As melhores dicas para tornar a solidão uma aliada

1. A solidão como ferramenta de autoconhecimento

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que os momentos de solidão durante a infância representam uma oportunidade para aprender por meio desses momentos. 

Isso permitirá que as crianças descubram novas qualidades de si mesmas. Assim, é uma ferramenta de autoconhecimento que lhes permite o reencontro com suas alegrias e paixões.

2. A solidão para amar a si mesmo

Em segundo lugar, a solidão deve ser usada para amar a si mesmo verdadeiramente. Não se esqueça de que se valorizar e se apreciar é o primeiro passo para poder amar os outros. Portanto, para as crianças, passar um tempo de solidão durante a infância pode ser uma boa oportunidade para que elas reforcem o amor-próprio.

3. A solidão como motor do crescimento

Por fim, a solidão é a oportunidade perfeita para descobrir que cada um deve ser seu próprio melhor amigo. Ou seja, os pequenos devem perceber o quanto é importante ter um bom relacionamento consigo mesmos.

Eles precisam aproveitar esses momentos para crescer como pessoas e se conhecer muito melhor: o que eles gostam de fazer e o que não gostam, o que estão interessados ​​em aprender, quais são as atividades que geram calma, diversão ou tédio, etc.

Além disso, também pode servir para que as crianças comecem a acreditar nas próprias habilidades, aumentando, assim, sua autoestima.

A solidão também pode ser uma aliada durante a infância

Para concluir, lembre-se de que, apesar de tudo o que foi mencionado, o desenvolvimento pessoal durante a infância costuma andar de mãos dadas com as relações que as crianças possam ter entre seus pares. Essas habilidades para o relacionamento com os outros devem ser promovidas para o bem da criança.

No entanto, se você perceber que seu filho passa muito tempo sozinho, você deve saber que a solidão também pode ser uma aliada durante a infância. De qualquer forma, o mais importante é que o seu filho saiba aproveitar os momentos em que está acompanhado e também valorizar os momentos de independência.

Mesmo assim, se você considerar que os episódios de solidão são muito comuns na vida do pequeno, tente apresentá-lo a algum tipo de atividade coletiva, como praticar um esporte ou participar de uma oficina educativa. Além disso, se você observar que a solidão está afetando a criança de forma negativa, pode ser o momento de procurar ajuda profissional.