5 exercícios para lidar com o estresse infantil

· 16 de outubro de 2017

O estresse infantil tem estreita relação com os problemas da rotina diária e da habilidade para enfrentá-los. Em geral, esses problemas tem origem em fontes externas como a família e a escola.

Assim como ocorre aos adultos, um estilo de vida estressante afeta todas as dimensões do desenvolvimento. O rendimento escolar diminui, as relações sociais ficam deterioradas, e as crianças começam a perder a motivação paulatinamente.

Para evitar que seus filhos comecem a sofrer de estresse infantil é importante oferecer à eles um estilo de vida tranquilo, e os ensinar a enfrentar assertivamente os objetivos do dia a dia.

“Se me perguntarem qual é o segredo  mais importante para a longevidade, eu teria que dizer que é evitar a preocupação, o estresse e a tensão. E se não me perguntam, ainda assim eu teria de dizer.”

-George Burns-

Práticas efetivas para lidar com o estresse infantilmenino gritando irritado na escola

 

1. Fazer exercício. A atividade física frequente é uma das melhores estrategias para controlar o estresse. Essa medida funciona tanto para as crianças como para os adultos. Uma atividade física, além de contribuir para o desenvolvimento corporal da criança, é eficaz para controlar condições como o estresse e a ansiedade.

2. Ensinar exercícios de respiração. Quando seus filhos demonstrarem algum sinal de estresse ou de ansiedade, a primeira coisa que você deve fazer é uma pausa para ajudá-los a se acalmarem. Peça que respirem profundamente e pensem em alguma coisa que eles gostem de fazer.

3. Sair de casa. Um episodio de estresse ou uma rotina estressante, pode ser combatida com um pouco de contato com o meio ambiente. Ir ao parque ou brincar fora de casa por alguns minutos  fará com que suas reações sejam mais calmas. O movimento físico combinado com um lugar agradável é ideal para para relaxar um pouco.

4. Motive-os a escrever, a desenhar, ou a fazer algum trabalho manual. À medida que seus filhos crescem e se tornam mais conscientes de suas emoções, podem expressá-las mais facilmente.

Você pode motivar a escrita, pintura, a realização de atividades musicais, ou simplesmente canalizar sua energia com alguma coisa criativa. Algo muito simples que você pode fazer é pegar umas revistas, cola, tesoura e fazer um trabalho de colagem livre, com as fotos e cores que preferirem.

Estrés infantil

5. Os convide a fazer atividades relaxantes. Para as crianças que gostem de rotinas mais calmas, a prática da Yoga e da meditação é uma boa opção.

Através desses exercícios, promove-se a busca da paz mental e a estabilidade emocional. Foram encontrados benefícios no desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças que praticam esse tipo de atividades.

Truques que ajudarão você a se orientar adequadamente sobre o estresse infantil

  1. Motive seus filhos a enfrentar seus medos, não a fugir deles. A fuga gera problemas de ansiedade, enquanto que a confrontação a reduz com o passar do tempo.
  2. mantenha calma para que eles aprendam a reagir calmamente em situações difíceis. As crianças e adolescentes interpretam a resposta dos adultos e tendem a imitá-la.
  3. Reforce as condutas positivas e ofereça estímulos afetivos. Os comportamentos corajosos merecem reconhecimento e motivação.
  4. Incentive a livre expressão para que a ansiedade e o estresse não se convertam em bombas relógio. Quando perceber alguma mudança de comportamento de seus filhos faça perguntas, e demonstre a eles que você está ali para escutá-los e dar uma palavra de alento.
  5. Dê nome para cada sensação, assim eles terão as palavras precisas para descrever o que sentem e o que pensam. Uma parte do desenvolvimento comunicativo das crianças implica na consciência das emoções e na capacidade de defini-las.
  6. Valorize em seus filhos a habilidade de resolver os problemas. O processo adequado deve ser escutar o que eles têm a lhe dizer, mostrar empatia, e em seguida ajudá-los a encontrar uma solução para seus conflitos.
  7. Limite o estresse cada vez que seja possível. Se você sabe que certa situação é um gatilho para o estresse, procure encontrar um modo alternativo de acabar com ele.
Estrés infantil

Ainda que você não possa evitar que seu filho esteja exposto à condições que gerem o estresse, pode ajudá-lo a controlar da maneira mais saudável possível.

A capacidade que desenvolvem para enfrentar a vida, determina o tipo de adulto que seu filho sera. Se você quer que seu filho seja uma pessoa sã e estável física e mentalmente, deve começar a reforçar as condutas positivas, desde os primeiros anos de vida.