Dieta leve para cortar a diarreia em crianças

8 de setembro de 2019
Ao começar a se recuperar da diarreia, é importante prestar atenção aos alimentos e às quantidades consumidas e manter uma boa hidratação.

Um quadro de diarreia em crianças pode ocorrer por várias razões, desde má digestão até intolerância a um determinado alimento. Uma vez que o médico tenha feito o diagnóstico, é importante fornecer à criança uma dieta leve que lhe permita nutrir e se recuperar.

Mas o que é uma dieta leve? É um tipo de alimentação baseado em alimentos de textura macia que, em geral, são muito fáceis de digerir para o corpo e não irritam. Em geral, esse tipo de dieta exclui completamente os temperos, especialmente aqueles com um sabor muito forte. Opta-se por dar apenas um toque de sal.

Obviamente, o propósito das dietas leves é ajudar o corpo a se recuperarPor não ter um grande impacto no processo digestivo, os alimentos macios podem ser assimilados corretamente e a criança pode se sentir saciada e forte.

Cabe destacar que esse tipo de dieta não é usado apenas em casos de diarreia, mas também em casos de crianças com outros distúrbios digestivos. No entanto, neste artigo vamos explicar em detalhes o que é a dieta leve para cortar a diarreia.

Dieta leve para cortar a diarreia

Como mencionado acima, os alimentos que constituem uma dieta leve são aqueles fáceis de digerir. Esses alimentos podem vir de diferentes grupos. Além da típica sopa de macarrão, alguns dos mais notáveis ​​para casos de diarreia são os seguintes:

  • Cereais: arroz branco, aveia, trigo.
  • Frutas: bananas, maçãs (assadas, em compotas).
  • Proteínas: ovos (cozidos), carne bovina, carne de porco, frango, peixe ou peru (no vapor, grelhados ou assados, assim como o uso do caldo dessas carnes).
  • Legumes: cenoura, beterraba, abóbora, aipo, abobrinha (descascada), talos de aspargos, abóbora ou inhame e batata.
  • Outros: geleias.
Dieta leve para cortar diarreia em crianças

Alguns alimentos probióticos, que promovem o equilíbrio de bactérias boas e más no intestino, também podem ser incluídos na dieta leve. Os probióticos são bactérias e leveduras vivas benéficas para o organismo.

Recomendações para uma dieta leve

Primeiro, evite alimentos que sejam difíceis de serem processados, que tendam a produzir gases ou outros desconfortos. O que é melhor evitar são legumes (lentilhas, feijões, etc.) e produtos lácteos.

Em segundo lugar, os alimentos condimentados devem ser eliminados, pois podem ser irritantes para o sistema digestivo. Por outro lado, os alimentos fritos são difíceis de processar para um sistema digestivo sensível, uma vez que pioram os sintomas da diarreia.

Em terceiro lugar, alimentos açucarados e que contêm substâncias artificiais (como corantes e edulcorantes) também devem ser excluídos, pois podem afetar bactérias sensíveis no cólon. Por sua vez, os adoçantes artificiais podem ter um efeito laxativo.

Além disso, apesar do fato de que nesse tipo de dieta algumas vitaminas sejam permitidas, de sumo e suco de frutas, estas devem estar muito bem trituradas. Ou seja, é necessário remover a polpa e as sementes para facilitar a digestão.

Em quarto lugar, devemos ter em mente que, quando há um caso de diarreia, devemos permitir que a criança faça suas refeições em pequenas quantidades, para que o corpo possa se recuperar gradualmente. Não é aconselhável fazer inúmeras refeições e nem forçar a criança a comer demais se ela já estiver saciada. 

água de coco

O que as crianças devem beber para reduzir a diarreia?

Como não poderia ser de outra forma, os líquidos são essenciais para manter a criança hidratada quando ela está com diarreia. 

Agora, embora seja necessário ensinar a criança que é importante que ela beba água em determinados momentos do dia, não é necessário forçá-la a beber um litro de água de uma única vez.

Com diarreia, o corpo perde minerais e eletrólitos. Portanto, é importante beber líquidos que ajudem o organismo a repor o que foi perdido. Alguns dos líquidos mais eficazes são:

  • Água de coco.
  • Água eletrolítica.
  • Bebidas esportivas.
  • Caldo de galinha ou legumes e algumas sopas.

Com uma boa dieta leve, uma hidratação adequada e o tratamento de acompanhamento prescrito pelo médico, a diarreia desaparecerá em pouco tempo e a criança poderá se recuperar completamente. Uma vez terminado o tratamento farmacológico, ela poderá retornar, pouco a pouco, à sua dieta de maneira equilibrada.