Erupções cutâneas mais frequentes em crianças de acordo com a idade

As erupções cutâneas são bastante comuns em crianças. Apesar de terem um tratamento específico, algumas delas podem se espalhar facilmente.
Erupções cutâneas mais frequentes em crianças de acordo com a idade

Última atualização: 16 maio, 2022

As erupções cutâneas nas crianças podem variar de acordo com a idade e o grau de contato com o ambiente externo. Não apenas as mudanças das estações influenciam seu desenvolvimento, mas também a presença de certos germes e substâncias alergênicas.

A seguir, vamos apresentar as erupções cutâneas mais comuns em crianças de acordo com seu estágio de desenvolvimento. Confira!

Erupções cutâneas em crianças com menos de 3 anos de idade

As erupções causam uma mudança perceptível na cor e na textura da superfície da pele de bebês e crianças pequenas. Elas podem favorecer o aparecimento de diferentes manifestações, como descamação, irritação ou coceira.

A seguir, vamos revelar quais são as mais frequentes nessa faixa etária.

Dermatite de fralda

Essa condição da pele é muito comum entre os bebês e se desenvolve quando a fralda permanece suja ou molhada por longos períodos de tempo. Portanto, o risco de apresentá-la aumenta com a presença de diarreia ou quando a criança começa a comer alimentos sólidos.

Em geral, a dermatite de fralda não costuma afetar as dobras da virilha, ocorrendo nas áreas que entram em contato com a fralda. Essa é uma das suas características distintivas.

A pele comprometida fica vermelha, irritada e úmida, mas essa condição pode ser melhorada com o uso de creme de óxido de zinco, trocas frequentes de fralda e limpeza adequada da área.

Mãe trocando a fralda do bebê.
A dermatite das fraldas é causada pelo aumento da umidade na pele do bebê que permanece em contato com o tecido sintético. O uso de lenços umedecidos em vez de óleo favorece seu aparecimento.

Acne infantil

A presença de cravos e espinhas em recém-nascidos não é incomum, pois eles recebem grande estimulação hormonal da mãe antes do nascimento.

Nesse caso, assim como antes da puberdade, as glândulas da pele aumentam sua produção de óleo e podem entupir os pequenos poros. No entanto, ao longo das semanas, desaparecem por conta própria.

Impetigo

O impetigo é uma das infecções de pele mais comuns em bebês e crianças pequenas. De fato, na maioria dos casos, localiza-se ao redor da boca, nariz e queixo, devido à baba e à presença constante de muco.

Bolhas cheias de líquido são uma das lesões mais evidentes da doença, juntamente com erupção cutânea com coceira. Essas lesões então explodem e ficam cobertas com uma crosta cor de mel (conhecida como mielicérica).

Erupções cutâneas em crianças entre 3 e 7 anos

À medida que as crianças crescem, as erupções cutâneas passam a ocorrer por outras causas. Em geral, estão ligadas ao contato direto com agentes agressivos (dermatite de contato), alérgenos (reações alérgicas) ou como reações adversas ao consumo de medicamentos.

A maioria das erupções cutâneas não costuma ser grave e desaparece sozinha em alguns dias. Vamos contar quais são as mais frequentes em crianças dessa idade.

Catapora

Embora exista vacina contra a catapora, ela é administrada com o objetivo de evitar casos graves da doença. Em caso de infecção, após alguns dias, desenvolve-se uma erupção cutânea característica, que começa no rosto e no couro cabeludo e depois se espalha para o resto do corpo.

As lesões iniciais são bolhas vermelhas, pruriginosas e cheias de líquido que geralmente são agrupadas. Estas então explodem e ficam cobertas de crostas.

Além da condição da pele, a catapora pode ser acompanhada pelos seguintes sintomas:

  • Dor corporal.
  • Febre.
  • Dor de garganta.
  • Perda de apetite.

Doença mão pé boca

Em geral, essa patologia viral afeta crianças menores de 5 anos e se manifesta com bolhas dolorosas e vermelhas na língua, gengivas e mucosa oral. Além disso, como o nome indica, as lesões também estão localizadas nas solas dos pés e nas palmas das mãos.

A maioria das crianças infectadas com o vírus coxsackie tem menos de 9 anos de idade, por isso é comum que ocorra em surtos em grupos próximos, como familiares, acampamentos de verão ou creches. No entanto, estudos recentes detalham que a síndrome clínica é leve e se resolve em 7 a 10 dias.

Quinta doença

A quinta doença é caracterizada por uma erupção cutânea nos braços, nas pernas e na parte superior do corpo, e pode se tornar mais perceptível após o banho. É ainda acompanhada de fadiga, dor de cabeça, coriza, febre baixa ou dor de garganta.

De acordo com uma publicação da American Academy of Pediatrics, a manifestação mais característica é uma erupção vermelha e redonda nas bochechas, chamada de sinal de tapa.

Menina com sintoma de quinta doença.
A quinta doença apresenta-se com um sinal cutâneo muito característico, que é a vermelhidão das bochechas.

Escarlatina

A escarlatina é uma doença bacteriana que ocorre ao mesmo tempo ou logo após uma faringite estreptocócica. Apresenta-se com uma erupção vermelha na pele de todo o corpo (exceto nos pés e nas mãos), com pequenos relevos que a fazem parecer uma lixa. Além disso, outra manifestação clínica característica é a língua vermelha e brilhante, chamada de língua de morango.

Como a escarlatina é uma erupção cutânea causada por bactérias, seu tratamento de primeira linha é a penicilina.

A frequência de erupções cutâneas na pele das crianças

As crianças são bastante propensas a desenvolver erupções cutâneas de várias infecções, como catapora, escarlatina, quinta doença ou síndrome da mão, pé e boca.

Embora a maioria das erupções tenha um tratamento específico, depende da causa que a desencadeia. Além disso, geralmente é indicado o uso de sabonetes suaves, cremes com antibióticos ou corticosteroides, pomadas hidratantes ou medicamentos para coceira. É por isso que é melhor consultar um médico quando houver suspeita.

Pode interessar a você...
10 remédios naturais para a pele seca do bebê
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
10 remédios naturais para a pele seca do bebê

Existem vários remédios naturais para a pele seca do bebê. No entanto, nem todos são adequados para uso em recém-nascidos. Saiba mais!