Guia de sobrevivência para mãe solteira

· 29 de dezembro de 2016

Você acabou de passar por um divórcio ou o pai de seu filho não irá viver com vocês e você não tem ideia do que fazer como mãe solteira? Sabemos que, provavelmente, isso não é o que  esperava e agora se sente à deriva.

Por isso criamos um guia de sobrevivência para os primeiros meses. Nesta etapa é quando as emoções são mais negativas e a sensação de estar perdida é maior. Lembre-se que você não está sozinha e que sempre pode escolher como enfrentar essa situação.

Relacione-se com outras mães solteiras

relacione-se-com-outras-maes-solteiras-500x280

Como uma mãe solteira você vai se sentir perdida em muitas ocasiões. Isso é normal, porque a maior parte da responsabilidade cairá sobre você. Por isso, é bom fazer amizade com outras mães solteiras para que lhe ajudem, inspirem e acompanhem.

Estas relações vão lhe ajudar a aprender como elas tem lidado com a situação. Elas vão lhe dar dicas, que serão de ajuda para sair de duvidas quando for o caso, lhe acompanharão quando seu humor não for o melhor, e vão ajudar quando precisar.

Isso não quer dizer que como mãe solteira você terá que ficar longe do resto de seus amigos e familiares. Mas agora você pode expandir esse círculo e entrar em contato com outras mulheres que experimentam as mesmas dúvidas e medos.

Com elas você poderá falar sobre coisas que talvez outras pessoas não entendem bem, porque eles não passaram.

Tire seu ex da cabeça

Existem muitas razões pelas quais uma mulher se torna uma mãe solteira. Se o seu caso é o fim de um relacionamento amoroso, é importante dar um passo adiante e deixar essa história no passado.

Os primeiros meses após o divórcio vão ser muito dolorosos e você pode passar por uma roda de emoções. Tome seu tempo para enfrentar esses sentimentos, mas nunca fale mal de seu ex com seus filhos. Lembre-se que ele ainda é parte de a vida deles e sempre será assim.

No começo você pode achar que não tem a capacidade de continuar, mas só tem que dar-se algum tempo para organizar sua nova vida. Nesta fase, será difícil ver a seu ex quando ele visitar seus filhos, mas lembre-se que é seu direito e obrigação, portanto, você tem apenas que suportar a situação.

Volte à vida normal prontamente

Após o divórcio ou uma separação você pode se encontrar comendo apenas cereais e alimentos congelados. Sim, nós sabemos que se sente deprimida, mas quanto mais cedo você voltar a ter o controle, mais cedo poderá seguir adiante.

Seu divórcio ou separação já passou, e seu ex não está mais ali. Você tem a responsabilidade de seus filhos e de você mesma, por isso tente criar uma nova rotina. Comece a preparar alimentos caseiros, vá para praça, pratique exercícios e passe tempo com seus filhos.

Eles vão notar se você passar o tempo todo se lamentando e não se importando com as demais coisas. Isso lhes dará um acúmulo de sentimentos negativos, mesmo eles sendo muito pequenos. Pense que seus filhos precisam de regras, ordem e de um lar bem estruturado.

Adote otimismo

adote-otimismo-500x319

Você e seus filhos que precisam ver a vida com otimismo e entusiasmo. Pense que eles veem a vida e irão vivê-la como eles veem você viver, e é provável que lhes deseje uma vida plena e feliz, certo? Nesse caso, como uma mãe solteira precisa estar pronta para superar qualquer obstáculo.

Se você é otimista seus filhos vão aprender que, embora seus pais estejam separados, sua casa não está quebrada. Se você tem mais de uma criança é importante ensinar-lhes que não estão sozinhos e que se têm uns aos outros. Isto irá dar-lhes confiança e demonstrará que você confia neles.

Se você tiver apenas um filho tem a oportunidade de ensiná-lo a ser autossuficiente, mas não se esqueça de passar o tempo com ele.

Ser mãe solteira não é o fim do mundo

Seu primeiro pensamento quando você se vê como mãe solteira talvez seja que não poderá lidar com isso. Relaxe, e por um momento não pense em nada. Depois, com mais calma comece a desembrulhar a situação e observe o que está acontecendo sob outro ponto de vista.

Esqueça as críticas, as brigas e qualquer outro momento negativo, pois agora isso não serve de nada e você precisa se concentrar no presente. Não pense que seu novo status é o fim do mundo, mas sim como um novo desafio.