Lábios rachados em crianças: causas e recomendações

Os lábios das crianças são uma das partes mais sensíveis em comparação com o restante do corpo. Eles se ressecam com muita facilidade e então acabam ficando rachados.
Lábios rachados em crianças: causas e recomendações

Última atualização: 14 Janeiro, 2022

Os lábios são uma das superfícies do corpo que estão mais expostas às agressões do meio ambiente. Por esse motivo, é comum vê-los rachados e ressecados em crianças. Condições climáticas, tais como vento e frio, ou a própria desidratação do corpo podem causar ressecamento e rachaduras neles.

Causas para os lábios rachados em crianças

Duas das causas mais comuns para os lábios rachados e ressecados são a desidratação e a irritação mecânica. No entanto, a seguir, mostraremos mais algumas.

Os raios UV

Poucas pessoas protegem os lábios dos danos causados pelos raios ultravioleta e pela exposição ao sol. De fato, de acordo com estudos da Chronic Diseases in Canada, estima-se que a radiação ultravioleta solar seja responsável por cerca de 93% dos cânceres de pele e por cerca de metade dos cânceres de lábio.

Criança com lábios rachados.

Os lábios são constituídos por uma pele muito sensível e fina. Por sua vez, não possuem o pigmento da melanina que, no restante da superfície da pele, funciona como uma defesa natural.

Efeitos colaterais de medicamentos

Certos medicamentos podem causar, como efeito colateral, o ressecamento dos lábios e as rachaduras subsequentes. A isotretinoína é uma delas e os seus efeitos adversos são dose-dependentes. Por sua vez, também pode ocorrer xerose e ressecamento dos olhos com esse tipo de medicação.

Doenças de base, uma das causas para os lábios rachados em crianças

Existem várias doenças que apresentam como sintoma os lábios ressecados e rachados. Algumas delas são as seguintes:

  • Doenças intestinais.
  • Disfunções da tireoide.
  • Deficiência de vitaminas.
  • Doenças autoimunes (lúpus eritematoso).
  • Diabetes.

De acordo com estudos publicados pela Quintessencce internacional, conclui-se que, às vezes, uma simples manifestação na pele, como os lábios rachados, pode ser um sinal de alguma doença de pele.

Climas extremos, como o frio

Na época do inverno, quando há vento e frio abundantes, os lábios ficam extremamente ressecados e, como consequência, rachados. Isso se deve à falta de glândulas sebáceas na mucosa labial, o que impossibilita a criação do manto lipídico protetor. Portanto, os lábios ficam em uma condição vulnerável diante dos efeitos danosos dos agentes externos.

Reações alérgicas

Os pacientes que sofrem de dermatite atópica terão uma maior predisposição para o desenvolvimento de queilite ou lábios ressecados.

Inclusive, pode até mesmo haver reações alérgicas a cosméticos não hipoalergênicos, que fazem parte dos brinquedos em kits de maquiagem usados pelas crianças para brincar.

Desidratação, outra causa para os lábios rachados em crianças

Ao contrário da crença popular, umedecer os lábios constantemente usando a própria saliva faz com que eles fiquem ainda mais desidratados. Como consequência, eles ficam ressecados e rachados. Inclusive, pode até mesmo haver desconforto, dor ou sangramento leve.

Recomendações para evitar lábios rachados

Existem cuidados e medidas de prevenção para evitar o ressecamento dos lábios ou as rachaduras posteriores. Algumas são mais difíceis de implementar no caso das crianças.

Não passar a língua sobre os lábios

Um dos hábitos observados em muitas crianças é o de lamber os lábios, até mesmo de forma inconsciente. Como consequência, acredita-se que essa ação possa mantê-los hidratados.

No entanto, a saliva, por causa da sua composição, tende a se evaporar mais rapidamente e os lábios ficam mais ressecados do que antes. Além disso, a região perioral passa a sofrer de dermatite causada pelo contato repetido com a saliva.

Com o ressecamento, surgem as rachaduras e a sensível pele dos lábios se desprende em pequenas pelinhas que as crianças mordiscam e arrancam. Isso agravará as lesões se não agirmos rapidamente.

Outra das coisas que as crianças não conseguem evitar é colocar brinquedos ou outros objetos na boca e mordê-los. Aqui, vários fatores estão envolvidos para dificultar as coisas: a presença de alguma sujeira ou que machuquem ainda mais os lábios e até mesmo os dentes.

Manter-se bem hidratado

Uma alimentação boa e variada, juntamente com uma hidratação adequada, contribuem para manter toda a superfície da pele em boas condições.

Da mesma forma, deve-se ingerir cerca de 8 copos de água por dia, sem chegar ao ponto de sentir sede. Na verdade, quando ficamos com sede, isso significa que o corpo já está em estado de desidratação.

Controlar a pasta de dente

Existem cremes dentais que contêm um composto, lauril sulfato de sódio, que forma espuma. Ele também é usado em sabonetes e xampus. Este componente remove a camada lipídica protetora da pele. Como consequência, uma vez que não há essa barreira nos lábios, ele causa uma irritação intensa que pode contribuir para que fiquem rachados.

Criança com lábios rachados.

Respirar pelo nariz

Em alguns casos, após a criança ter sofrido de uma condição respiratória que a obrigava a respirar pela boca, ela continua com esse hábito mesmo estando saudável.

Depois de uma alergia, uma obstrução nasal ou um resfriado forte, o pequeno continua sem respirar corretamente pelo nariz. Isso faz com que os lábios fiquem ressecados e rachados com mais facilidade.

Usar bálsamos labiais

Recomenda-se o uso de bálsamos labiais contendo manteiga de karité, aloe vera, vaselina, manteiga de cacau ou ácido hialurônico. Há no mercado uma grande variedade de produtos para o cuidado e hidratação dos lábios, inclusive com filtros solares para evitar os efeitos nocivos dos raios ultravioleta. Tente evitar os bálsamos com sabor para que não haja a tentação de lamber os lábios.

Remédios caseiros para lábios ressecados e rachados

Tomando as precauções já sugeridas, evitando o frio ou descongestionando as vias respiratórias da criança para que ela não respire pela boca, aumentando a hidratação e cobrindo os lábios ressecados e rachados com bálsamos, a condição deve se resolver dentro de alguns dias.

Por outro lado, com crianças em casa, é aconselhável ter produtos naturais à mão para resolver os problemas menores e evitar complicações.

Os produtos a seguir ajudam a aliviar o ressecamento. Antes de aplicá-los, passe um pincel limpo sobre os lábios suavemente, para remover a pele morta. Isso permitirá que o remédio aplicado cumpra melhor o seu objetivo:

  • Aloe Vera. Corte uma folha de aloe vera e extraia o cristal, coloque um pouco nos dedos e esfregue os lábios da criança. Três vezes ao dia será o suficiente para restaurar a umidade.
  • Açúcar. Coloque uma colher de sopa de açúcar e uma colher de chá de mel em um recipiente. Misture bem e esfregue suavemente nos lábios, em círculos. Espere um minuto e enxágue com água morna. Este tratamento remove as células mortas e devolve a suavidade à pele sensível. Para finalizar, aplique um bálsamo hidratante.
  • Mel. Espalhe algumas gotas de mel nos lábios e deixe agir por cerca de 15 minutos. Então, enxágue com água e seque com uma toalha dando batidinhas.
  • Óleo de coco. Em uma tigela, coloque três colheres de óleo de coco e duas de azeite de oliva. Se desejar, adicione meia colher de sopa de mel. Aplique esta mistura nos lábios rachados.

Se alguma dessas soluções não conseguir aliviar os lábios em um ou dois dias e, pelo contrário, a situação piorar, talvez seja necessário procurar um médico. Alguma doença subjacente pode estar se manifestando.

Recomendações finais para os lábios rachados em crianças

Uma das dicas mais importantes para evitar lábios rachados em crianças é mantê-las bem hidratadas e usar cremes e bálsamos hidratantes. Por sua vez, por se tratar de uma ação repetitiva em crianças, deve-se tentar evitar que elas mordam os lábios e os umedeçam, juntamente com a área perioral, pois essa pele danificada pode ser o terreno propício para desencadear o impetigo.

Pode interessar a você...
Remédios naturais para dermatite atópica em bebês e crianças
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Remédios naturais para dermatite atópica em bebês e crianças

A dermatite atópica em bebês e crianças é uma condição bastante comum. Vamos trazer alguns remédios naturais para atenuar seus sintomas.



  • Hitz Lindenmüller I, Itin PH, Fistarol SK. Dermatology of the lips: inflammatory diseases. Quintessence Int. 2014 Nov-Dec;45(10):875-83. doi: 10.3290/j.qi.a32638. PMID: 25262747.
  • Gallagher RP, Lee TK, Bajdik CD, Borugian M. Ultraviolet radiation. Chronic Dis Can. 2010;29 Suppl 1:51-68. PMID: 21199599.
  • Busick TL, Uchida T, Wagner RF Jr. Preventing ultraviolet light lip injury: beachgoer awareness about lip cancer risk factors and lip protection behavior. Dermatol Surg. 2005 Feb;31(2):173-6. doi: 10.1111/j.1524-4725.2005.31040. PMID: 15762210.
  • Collet E, Jeudy G, Dalac S. Cheilitis, perioral dermatitis and contact allergy. Eur J Dermatol. 2013 May-Jun;23(3):303-7. doi: 10.1684/ejd.2013.1932. PMID: 23568570.