Mamilos doloridos durante a amamentação: 10 dicas

A irritação do mamilo é um dos problemas mais comuns para as novas mães. É por isso que hoje contaremos tudo o que você precisa saber.
Mamilos doloridos durante a amamentação: 10 dicas

Última atualização: 30 julho, 2022

Os mamilos doloridos durante a amamentação são uma das razões mais comuns pelas quais as mulheres desistem da amamentação exclusiva. Por sua vez, os inconvenientes que causam esse desfecho são problemas de posicionamento ou preensão do mamilo, infecções, mamilos invertidos ou planos, vasoespasmo ou distúrbios na cavidade oral do bebê.

Seja qual for a causa, há muito que você pode fazer para melhorar os mamilos doloridos, e nós lhe diremos como abaixo. Não perca!

Mamilos doloridos durante a amamentação

A lesão mamilar é uma complicação muito comum entre as mulheres que amamentam e pode se manifestar com dor intensa ou ardência nas mamas, principalmente ao colocar o bebê para mamar.

Outra dificuldade causada por essas lesões é que elas podem ser recorrentes e, assim, reduzir a taxa de epitelização e retardar a cicatrização. Consequentemente, causa um sério impacto na amamentação e condiciona sua continuidade.

Dito isto, é crucial implementar as estratégias necessárias para melhorar a condição dos mamilos da mãe e vamos apresentar a seguir 10 recomendações para alcançar isso.

1. Corrigir a má posição e a pega do bebê

Corrigir a posição e a pega da criança ao seio é uma das recomendações mais frequentes com base na experiência para o manejo da irritação e da dor dos mamilos.

Quando esses ajustes são feitos na primeira semana de nascimento, eles resultam em amamentação mais longa e ainda menos problemas durante a amamentação.

2. Avaliar a possibilidade de mastite

Na mastite, apenas parte da mama é afetada, manifestando-se como um inchaço duro e vermelho na superfície da mama que causa dor intensa ao menor toque. A mãe pode até ter febre e se sentir deprimida.



Mulher com mastite, um dos problemas comuns durante a lactação.
A mastite é mais comum nas primeiras 2 a 3 semanas após o parto, mas pode ocorrer a qualquer momento durante a amamentação. O manejo correto dessa condição é melhorar a saída de leite e tentar corrigir qualquer causa específica que a gere.

3. Hidratar a pele

A manutenção da camada lipídica protetora da superfície da pele é essencial durante a lactação, e isso é conseguido através da aplicação de cremes. Quando os mamilos estão doloridos por fricção, podem ser usadas pomadas de lanolina ou vitamina A para aliviar o desconforto.

Alguns estudos comparativos avaliam os benefícios da lanolina versus o próprio leite materno e posicionam o primeiro como um dos agentes mais eficazes para resolver as irritações da pele do mamilo.

4. Passar óleo de calêndula

A aplicação tópica de óleos de calêndula para o tratamento de mamilos doloridos e rachados durante a lactação tem efeitos benéficos. Este composto possui importantes propriedades anti-inflamatórias, reconfortantes e regeneradoras. Por sua vez, é um hidratante natural que gera mudanças importantes na pele.

5. Recorrer a cremes de corticosteroides

A dermatite pode ser tratada evitando irritantes e pode ser aliviada em um curto período de tratamento com cremes tópicos de corticosteroides. Bem, existem alguns casos em que a psoríase mamilar se desenvolve e esses cremes são a primeira opção terapêutica.

No entanto, esse tipo de medicamento não deve ser abusado e deve ser indicado pelo médico especialista, ponderando os benefícios e riscos do uso.

6. Aplicar panos quentes nos seios

É comum que as mulheres que amamentam experimentem ingurgitamento mamário, ductos obstruídos ou vasoespasmo dos mamilos. Uma das medidas para evitar essas condições é aplicar compressas quentes na aréola antes de iniciar a mamada.

7. Usar roupas largas para evitar mamilos doloridos

A roupa não é um dos principais fatores na gênese das lesões mamilares durante a lactação. No entanto, uma boa escolha ajuda a prevenir esses problemas frequentes.

O uso de sutiãs muito apertados provoca atrito e fricção constante, com o consequente desenvolvimento de dermatites e irritação dos mamilos. Por isso, o ideal é escolher roupas feitas de materiais naturais e que sejam folgadas.

8. Avaliar a cavidade oral de bebês

O lactente deve ser avaliado quanto a anormalidades orofaciais, como protrusão, elevação, lateralização ou enrugamento da língua, que sugerem anquiloglossia.

Anormalidades palatinas, como palato bolha ou palato arqueado alto, por si só interferem na lactação e são avaliadas visualmente.

Quando os lactentes apresentam anquiloglossia e dificuldades de alimentação, a frenotomia na primeira semana de vida é mais benéfica do que se realizada posteriormente.

9. Avaliar a conveniência de usar chupeta ou mamadeira

Um dos fatores ligados às lesões mamilares é o uso de chupeta pelo lactente. Essa prática interfere na pega do bebê ao seio da mãe e pode alterar o padrão correto de sucção. Dessa forma, a mulher tem maior probabilidade de desenvolver irritações ou lesões na pele das mamas.

Atualmente, o uso de chupeta é uma prática comum, embora a OMS não o recomende até que a amamentação esteja bem estabelecida. Caso contrário, pode interferir na sucção, mastigação e deglutição do bebê.

10. Evite o vasoespasmo do mamilo

O vasoespasmo refere-se à contração dos vasos sanguíneos que suprem a pele e os músculos do mamilo. Isso geralmente causa dor e uma sensação de queimação na área.

As causas mais frequentes são a exposição ao frio ou estresse físico e emocional. Portanto, a cafeína, o cigarro e a permanência em ambientes com temperaturas extremas devem ser evitados.

As compressas quentes aliviam rapidamente a dor, e o posicionamento e a pega adequados do bebê devem ser estimulados.

Mamilos doloridos não são apenas um problema de pele

Os mamilos doloridos, juntamente com a dor que os acompanha, interferem no humor da mãe, na atividade geral e no sono.

Portanto, mais ênfase deve ser colocada na educação das mães sobre o posicionamento correto e a pega na primeira semana após o nascimento para evitar irritação e dor nos mamilos.

Pode interessar a você...
Tipos de mamilos e sua influência na amamentação
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Tipos de mamilos e sua influência na amamentação

Comuns, planos, invertidos ou pseudo-invertidos. Existem muitos tipos de mamilos e, geralmente, sua forma não interfere na ingestão natural de leit...



  • Cadwell K, Turner-Maffei C, Blair A, Brimdyr K, Maja McInerney Z. Pain reduction and treatment of sore nipples in nursing mothers. J Perinat Educ. 2004 Winter;13(1):29-35. doi: 10.1624/105812404X109375. PMID: 17273373; PMCID: PMC1615851.
  • Abou-Dakn M, Fluhr JW, Gensch M, Wöckel A. Positive effect of HPA lanolin versus expressed breastmilk on painful and damaged nipples during lactation. Skin Pharmacol Physiol. 2011;24(1):27-35. doi: 10.1159/000318228. Epub 2010 Aug 18. PMID: 20720454.
  • Barankin B, Gross MS. Nipple and areolar eczema in the breastfeeding woman. J Cutan Med Surg. 2004 Mar-Apr;8(2):126-30. doi: 10.1007/s10227-004-0116-6. Epub 2004 May 3. PMID: 15129318.
  • Steehler MW, Steehler MK, Harley EH. A retrospective review of frenotomy in neonates and infants with feeding difficulties. Int J Pediatr Otorhinolaryngol. 2012 Sep;76(9):1236-40. doi: 10.1016/j.ijporl.2012.05.009. Epub 2012 Jun 16. PMID: 22704670.