A técnica Koeppen para ajudar as crianças a relaxar

09 Abril, 2020
Ensinar as crianças a relaxar as ajuda a diminuir a ansiedade e melhorar a concentração. A técnica Koeppen é um método simples e divertido para conseguir isso.

As crianças, assim como os adultos, podem sofrer de ansiedade ou estresse no dia a dia. Elas também passam por situações difíceis que podem gerar angústia, inquietação ou irritação. Nesse sentido, o relaxamento é uma prática extremamente útil e benéfica para os nossos filhos em muitos aspectos. Por isso, hoje vamos falar de um dos métodos mais simples e divertidos para conseguir fazer as crianças relaxarem: a técnica Koeppen.

Essa técnica se baseia na relação existente entre a tensão física e mental. Em outras palavras, quando conseguimos relaxar o nosso corpo, a ansiedade também vai reduzindo paulatinamente. Por isso, essa técnica utiliza alguns exercícios simples de visualização, nos quais vamos guiar as crianças para que elas tensionem e relaxem os diferentes grupos musculares. Cada exercício ou história deve ser repetida de duas a quatro vezes.

Exercícios iniciais da técnica Koeppen

1. O limão, exercício para relaxar mãos e braços: Imagine que você tem um limão na sua mão esquerda. Você tem que espremê-lo com força para tirar todo o suco dele. Esprema-o fortemente. Note como a sua mão e o seu braço se tensionam enquanto você aperta. Você já conseguiu, agora solte o limão e deixe-o cair. Sinta como a sua mão e o seu braço relaxam. Você consegue perceber a diferença?”.

Menina mentalizando um exercício da técnica Koeppen

2. O gato preguiçoso, para relaxar braços e ombros: “Imagine que você é um gato muito preguiçoso e quer se espreguiçar. Então estique os braços para frente. Levante-os por cima da cabeça e leve-os com força para trás. Notou a puxada nos ombros? Agora, deixe-os cair para os lados e sinta como os seus ombros e braços relaxam”.

3. A tartaruga, para soltar ombros e pescoço: Agora você é uma tartaruga sentada, muito feliz, em uma rocha. Mas, de repente, você se sente em perigo: precisa se esconder! Coloque a sua cabeça no casco! Para isso, leve os seus ombros em direção às orelhas. Já passou o perigo, você já pode sair do casco. Tire a sua cabeça e sinta como os seus ombros e o seu pescoço relaxam”.

4. O chiclete, para relaxar a mandíbula: “Você está com um chiclete muito grande, enorme. Você quer mascá-lo, mas, para isso, você deve usar todos os músculos da sua mandíbula. Morda com força, masque o chiclete. Agora, ele desapareceu, você já pode parar de apertar e sentir como os seus músculos relaxam”.

Mais exercícios da técnica Koeppen

5. A mosca, para relaxar o rosto, o nariz e a testa: “Tem uma mosca muito chata pousada no seu nariz. Você quer espantá-la, mas não pode usar as mãos. Tente espantá-la enrugando muito muito o nariz. Notou como as suas bochechas e lábios se contraem? Agora você já conseguiu fazer a mosca ir embora, pode relaxar totalmente o seu rosto”.

6. O elefante, para relaxar o abdômen: “Você está tranquilamente deitado na grama. Mas, de repente, vê que um elefante está correndo na sua direção. Você não tem tempo de escapar, e a única solução é endurecer o seu estômago. Então, faça-o ficar muito duro, como se fosse uma rocha. O elefante já foi em outra direção, você já pode descansar e relaxar”.

7. A cerca, para relaxar o abdômen e as costas: “Passeando pelo bosque, você vê um lindo lugar, aonde deseja ir, mas você tem que atravessar uma cerca muito estreita. Para isso, você precisa encolher a barriga o máximo que conseguir, como se quisesse juntá-la às costas. Você conseguiu, já pode voltar à posição normal e deixar o abdômen relaxado”.

Mãe brincando com as crianças para ajudá-las a relaxar

8. O barro, para relaxar pés e pernas: “Você está andando por uma selva quando vê um brejo e fica com vontade de colocar os pés nele. Para isso, você deve empurrar com toda a força das suas pernas. Empurre para baixo para caminhar pela lama. Agora saia, solte as suas pernas e pés, e sinta como eles relaxam”.

Utilidade desse método

Com esses exercícios, as crianças aprenderão a conhecer e a se relacionar com o seu próprio corpo. Elas poderão se familiarizar com as sensações de tensão e identificá-las quando elas aparecerem na vida cotidiana. Além disso, elas aprenderão que, relaxando os músculos, podem conseguir reduzir a ansiedade ou o nervosismo.

Entretanto, não se trata de um exercício isolado, mas de uma prática contínua. Assim, os nossos filhos devem realizá-la com regularidade, pelo menos uma vez por dia.

Com isso, eles vão conseguir um maior estado de relaxamento durante o dia e melhorar a atenção e a concentração, assim como a qualidade do sono. Além disso, a inteligência emocional também vai melhorar, já que a compreensão e o controle das emoções serão facilitados.

  • González, A., & Amigo, I. (2000). Efectos inmediatos del entrenamiento en relajación muscular progresiva sobre índices cardiovasculares. Psicothema12(1), 26-32.
  • Varona Simón, L. (2018). Programa de intervención pragmática en niños con Disfemia.