Como tratar o fungo nas unhas em crianças?

As onicomicoses são comuns em crianças, embora geralmente não sejam graves. Mesmo assim, elas exigem um tratamento adequado. Descubra qual é neste artigo.
Como tratar o fungo nas unhas em crianças?

Última atualização: 18 fevereiro, 2022

As infecções fúngicas nas unhas, também conhecidas como onicomicoses, são doenças comuns que exigem consulta médica. Aqui vamos mostrar como tratar os fungos nas unhas em crianças.

Em geral, são causadas por germes como dermatófitos, leveduras ou fungos saprófitos. Seja qual for sua causa, deve ser tratada especificamente para que sua evolução seja interrompida e, assim, impedir sua disseminação.

Quais fungos afetam as unhas das crianças?

A causa mais comum de onicomicose é a infecção pela família de fungos dermatófitos, que inclui:

  • Trichophyton rubrum.
  • Trichophyton mentagrophytes.
  • Epidermophyton floccosum.

Os dermatófitos são responsáveis por 90% dos casos de onicomicose nos pés e 50% dos casos nas mãos. No entanto, a levedura Candida albicans também é um importante agente causador, sendo responsável por 2% das onicomicoses das mãos.

O tratamento a ser implementado dependerá do agente causador da doença, pois nem todos os fungos respondem ao mesmo tipo de medicamento.

Manifestações clínicas da onicomicose

fungo micose um pé hálux dedo onicomicose mão luva dermatologista avaliação médica

A onicomicose manifesta-se frequentemente com o envolvimento de uma ou mais unhas dos pés ou das mãos, causando uma aparência desbotada e espessada. Na maioria dos casos, as unhas mais afetadas são as do hálux, ou primeiro dedo do pé, conhecido popularmente como dedão.

São descritos vários tipos de onicomicose, dentre os quais podemos citar:

  • Subungueal lateral distal.
  • Subungueal proximal.
  • Branca superficial.
  • Por Candida.
  • Por endonix.
  • Distrófica total.

A manifestação clínica mais comum da onicomicose em crianças é a subungueal lateral distal, que se caracteriza pelos seguintes sinais:

  1. Descoloração amarela na placa ungueal.
  2. Separação da lâmina ungueal do leito ungueal.
  3. Detritos subungueais.
  4. Espessamento das faces lateral e distal da unha.

Opções de tratamento para fungos nas unhas em crianças

Determinar a extensão da infecção é importante para poder prever a duração do tratamento e avaliar sua evolução enquanto dura.

É importante saber que a micose ungueal pode levar um ano para desaparecer apesar do uso de medicamentos. Isso acontece porque a unha cresce cerca de um milímetro por mês e a unha apenas um pouco mais rápido.

Ciclopirox tópico

A solução tópica de esmalte para unhas Ciclopirox 8% é uma opção de tratamento aprovada pela FDA para uso em crianças com 12 anos de idade ou mais. Esse tipo de medicamento tópico pode ser mais eficaz em crianças do que em adultos e ainda muito mais útil. Especialmente para onicomicose subungueal branca superficial.

O ciclopirox é um dos medicamentos mais prescritos para essas infecções, pois é muito barato e eficaz.

Tavaborole tópico

As soluções tópicas de efinaconazol 10% e tavaborol 5% também são aprovadas pela FDA para o tratamento de onicomicose em crianças com 6 anos de idade ou mais.

Embora esses medicamentos tópicos não tenham mostrado bons efeitos em adultos, eles são muito úteis em crianças, pois suas unhas crescem mais rápido.

tratamento local medicação tópica uma onicomicose micose pé pipeta dor eritema

Amorolfina 5% tópica

Os efeitos fungistáticos e fungicidas da loção tópica de amorolfina 5% ocorrem através da inibição da síntese de ergosterol. Esse medicamento deve ser aplicado na unha 2 vezes por semana durante 6 a 12 meses.

Os efeitos colaterais desse fármaco são muito raros (ocorrendo menos de 5% das vezes) e geralmente são leves. Por exemplo, vermelhidão da pele, coceira, dor e sensação de queimação. No entanto, estudos estabelecem que se trata de um medicamento com menor faixa de cura e que envolve tratamentos de longo prazo.

Você pode estar interessado: Como evitar as unhas encravadas em bebês

Itraconazol ou fluconazol oral

Combinando terapias antifúngicas tópicas e orais, podemos alcançar melhores resultados de acordo com um estudo publicado na Dermatologic Therapy. Os efeitos colaterais do itraconazol oral e fluconazol são relativamente poucos, muito semelhantes e estão descritos abaixo:

  • Náuseas.
  • Vômito.
  • Elevação das enzimas hepáticas (transaminases).
  • Edema.

Terbinafina oral

A terbinafina oral também é uma opção aprovada pela FDA para uso em crianças. Além de ser eficaz no tratamento de onicomicoses, é muito bem tolerada pelas crianças.

Esse medicamento é mais eficaz em crianças do que em adultos, com uma taxa de cura superior a 90%.

Griseofulvina oral

A griseofulvina é um medicamento aprovado pela FDA para uso em crianças, mas não é eficaz para todas as infecções fúngicas. Por esse motivo, foi substituído por outras opções melhores.

Abordagens não farmacológicas

Existem diferentes alternativas terapêuticas para o tratamento da onicomicose e algumas delas não são medicinais. Existem opções como laser e terapia fotodinâmica que também têm se mostrado eficazes.

Foram publicados relatos de casos em que o tratamento com laser Nd:YAG mostrou bons resultados. De fato, a cura completa é observada em até 63% dos casos, de acordo com um estudo publicado na revista Medicine. No entanto, até o momento, não é aprovado para uso em crianças.

A prevenção de fungos nas unhas em crianças

As taxas de recorrência de onicomicose em crianças são consideráveis, variando de 10% a 53% dos casos. Esse fenômeno é influenciado por fatores predisponentes como genética, estilo de vida ou uso de calçados inadequados.

Os fungos tendem a crescer mais facilmente em áreas úmidas, por isso a ideia é manter os pés secos durante o maior tempo possível para evitar sua proliferação. Também é importante o uso de calçados em piscinas e vestiários públicos, pois são locais frequentes de contaminação.

Por fim, ensinar as pessoas a cuidar das unhas é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção e modificar os fatores de risco que favorecem sua recorrência. Se a qualquer momento você notar alterações anormais nas unhas do seu filho, não hesite em ir ao dermatologista, somente ele poderá indicar o tratamento adequado.

Pode interessar a você...
Colite ulcerativa em crianças: sintomas e tratamento
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Colite ulcerativa em crianças: sintomas e tratamento

A colite ulcerativa é uma doença intestinal crônica, que pode ter consequências no crescimento das crianças. Saiba tudo aqui!



  • Youssef AB, Kallel A, Azaiz Z, et al. Onychomycosis: Which fungal species are involved? Experience of the Laboratory of Parasitology-Mycology of the Rabta Hospital of Tunis. J Mycol Med. 2018 Dec;28(4):651-654. doi: 10.1016/j.mycmed.2018.07.005. Epub 2018 Aug 11. PMID: 30107987.
  • Gupta AK, Mays RR, Versteeg SG, Shear NH, Friedlander SF. Onychomycosis in children: Safety and efficacy of antifungal agents. Pediatr Dermatol. 2018 Sep;35(5):552-559. doi: 10.1111/pde.13561. Epub 2018 Jun 26. PMID: 29943838.
  • Gupta AK, Venkataraman M, Shear NH, Piguet V. Onychomycosis in children – review on treatment and management strategies. J Dermatolog Treat. 2020 Aug 26:1-12. doi: 10.1080/09546634.2020.1810607. Epub ahead of print. PMID: 32799713.
  • Gupta AK, Cooper EA, Lynde CW. The efficacy and safety of terbinafine in children. Dermatol Clin. 2003 Jul;21(3):511-20. doi: 10.1016/s0733-8635(03)00029-9. PMID: 12956204.