Manias engraçadas das crianças

13 de março de 2017

As crianças têm manias. Algumas delas têm mais manias que os adultos inclusive. Há crianças que parecem idosos quando se trata de teimosia e caprichos. Mas cada uma delas com sua própria personalidade e formas de se expressar, enche nossas vidas de alegrias. Neste artigo vamos fazer você rir com algumas manias que as crianças de todas as idades têm, desde os mais pequeninhos até aqueles que nos divertem com muitas das suas peripécias.


Desde já convidamos você a nos contar todas as manias que seus filhos têm.

manias

Manias na hora de tomar mamadeira

A mamadeira é um dos objetos com o qual as crianças têm mais manias. Talvez isso aconteça porque as crianças ficam entediadas durante o tempo em que ficam deitadas na cama ou no colo da mãe enquanto tomam leite e olham para o teto pensando no mundo da lua. A seguir, compartilhamos algumas das manias mais engraçadas.

Quando as crianças tomam leite na mamadeira elas gostam de:

  • Fazer cachinhos no próprio cabelo ou no da mamãe, dando voltas no dedo indicador. Como o cabelo do menino ou da menina não é tão longo, eles não sofrem muito. Mas o cabelo da mamãe muitas vezes acaba ficando com nós que ela provavelmente vai precisar cortar com a tesoura uma vez ou outra.
  • Fazer carinhos na orelha da mamãe ou na própria orelha até deixá-la bem vermelha.
  • Passar os pés no cabelo da mamãe e ficar mexendo para que se percam no cabelo.
  • Apertar a parte interna do braço da mamãe quase nas axilas, como se fosse uma massinha de pão. Essa parte do braço é muito macia e algumas crianças gostam muito de apertar.
  • Fazer carinho nas mãos e nos dedos da mãe com as suas próprias mãos. Às vezes esse carinho acaba em apertões nos dedos ou puxões muito fortes como se a criança quisesse arrancá-los.
  • Ter os pés e as mãos beijados. Quando estão no colo da mamãe as crianças gostam de receber beijos nos dedinhos. Elas levantam um pé até a altura da boca da mamãe, depois o outro e assim sucessivamente. Em seguida, continuam com uma mão, depois a outra e colocam os pés de novo.
  • Tocar o rosto da mamãe e repassar, detalhadamente, cada uma das características do rosto dela. Os bebês tocam os lábios, o nariz, os olhos, querem tocar dentro dos olhos…enfim.
  • Fazer uma forquilha com os dedos indicador e médio e passar a abertura, insistentemente, pelo nariz da mamãe até que o nariz fique vermelho.
manias

Manias para dormir

Além das manias em relação à mamadeira também há muitas outras manias que as crianças costumam desenvolver para ir dormir. De fato, essas são as manias que ajudam as crianças a conciliar o sono. Sem elas muitas crianças nem sequer começariam a piscar de sono.

Para ir dormir, as crianças gostam:

  • Que os adultos as balancem e cantem até elas caírem em sono profundo
  • Que as coloquem na cama ou no berço e as deem palmadinhas no bumbum até elas dormirem completamente
  • Que façam carinho na barriguinha
  • De chupar o dedo polegar
  • De dormir do mesmo lado da cama ou do berço
  • Que coloquem um ventilador fixo no rosto, tendo ou não climatização no quarto
  • De esticar algumas vezes o lençol ou o cobertor que vão usar para dormir. A cama pode estar arrumada sem nenhuma dobra, mas as crianças gostam que tudo esteja perfeito
  • De dormir com a mesma boneca ou almofada todas as noites
  • De chupar o dedão do pé.
manias

                                                      Foto cortesia de ¿ Qué necesita mi bebé?

Manias com a chupeta

A chupeta é outro objeto com o qual as crianças desenvolvem manias. Elas gostam de esconder chupetas em diversos lugares, da mesma forma que os esquilos fazem com a comida ou os cachorros com ossos, e procurá-las para chupar um pouco e logo em seguida devolvê-las ao mesmo lugar.

Há crianças que chupam chupeta de uma maneira pouco comum. Elas a colocam de um dos lados da boca, como se fosse um cachimbo, e a mordem nessa posição. Em seguida, trocam de lado e mordem de novo.

Também há casos de crianças que não chupam chupeta, mas que a carregam para cima e para baixo como se fosse uma corrente presa no pescoço que elas querem mostrar. Ninguém consegue tirar a chupeta delas, mas por nada no mundo a colocam na boca.