Picadas de pulgas e aranhas em crianças

As picadas em crianças podem ser uma grande preocupação para os pais. As reações podem variar desde uma simples irritação local à anafilaxia grave.
Picadas de pulgas e aranhas em crianças

Última atualização: 25 Julho, 2021

A grande maioria das picadas de pulgas e aranhas em crianças não são venenosas e geralmente não transmitem doenças. No entanto, ambas diferem na aparência das lesões que deixam na superfície da pele.

Existem medidas preventivas e formas de lidar com cada caso em casa. A seguir, apresentamos mais detalhes sobre esse tema.

Tipos de aranhas

Os diferentes tipos de aranhas produzem sintomas característicos de sua espécie. Embora a lesão típica de picada de aranha se manifeste com dois pontos de inoculação cobertos por uma crosta, os sintomas que descreveremos a seguir poderão nos orientar sobre o tipo de aranha:

  • Aranhas de canto: esse tipo de aranha é doméstica. Sua lesão elementar causa dor leve e após algumas horas se forma uma auréola azulada com vesículas no local da picada, as quais irão evoluir para uma úlcera necrótica.
  • Tarântula: sua mordida causa dor, mas apenas reações locais. A característica dessa aranha é que os finos pelos que cobrem seu corpo e suas pernas têm a capacidade de provocar reações alérgicas.
  • A viúva-negra: sua picada costuma passar despercebida no momento, mas após alguns minutos surge uma dor intensa e a sudorese corporal aumenta.

Sinais e sintomas de picadas de pulgas e aranhas em crianças

A potência da reação da pele a picadas de pulgas e aranhas é geralmente maior na primeira infância. Depois, vai diminuindo lentamente à medida que a criança amadurece.

Embora todas as picadas possam provocar reações alérgicas, a gravidade da reação vai depender de cada indivíduo, bem como do seu grau de sensibilidade ao veneno do inseto em questão.

Sinais e sintomas menores

No local da picada, é comum o aparecimento de uma pequena reação cutânea, que causa dor e coceira ao redor da picada. Em alguns casos, pode ser desencadeada uma reação mais importante, que se manifestará como uma lesão maior, de cor vermelha (eritematosa) e de aspecto elevado (devido ao edema). Às vezes, também podem aparecer pequenas vesículas aquosas.

Em relação ao tipo de inseto, observamos as seguintes características:

  • A lesão característica das aranhas são pápulas vermelhas com dois pontos centrais.
  • As lesões por picadas de pulgas causam muita irritação local, mas raramente desenvolvem reações alérgicas mais extensas. Estas se caracterizam pela presença de múltiplas pequenas pápulas que se agrupam em áreas do corpo onde a roupa fica justa e apertada.

Prevenção de picadas de pulgas e aranhas em crianças

A prevenção é sempre preferível ao tratamento das lesões cutâneas causadas por insetos. Para isso, podemos usar algumas das seguintes estratégias:

Repelentes de insetos

Os repelentes de insetos mais eficazes são aqueles que contêm icardina ou o químico N, N-dietil-meta-toluamida (DEET). Existem vários produtos com esta fórmula que foram desenvolvidos especialmente para crianças.

De acordo com as recomendações atuais da Academia Americana de Pediatria, os produtos que contêm DEET não devem ser usados em crianças com menos de 2 meses. E após essa idade até os 6 meses a concentração desse composto nos repelentes não deve ser maior que 10%.

Ao ar livre

Existem medidas preventivas para evitar picadas de insetos em locais abertos. Algumas delas são as seguintes:

  • Cobrir carrinhos de bebê com redes
  • Vestir as crianças com camisetas de manga comprida e calças
  • Manter a higiene adequada dos ambientes e ventilar o ar com frequência
  • Fazer uma limpeza profunda nos cantos da casa
  • Desparasitar periodicamente os animais domésticos
  • Evitar andar descalço na grama

Tratamento de picadas

Na maioria dos casos, as picadas de pulgas e aranhas em crianças podem ser tratadas em casa. Nos casos em que a reação for mais grave, é recomendável consultar um médico.

Quando uma picada de aranha é identificada, a primeira coisa a fazer é lavar a área e colocar uma compressa fria sobre ela. De acordo com os sintomas que aparecerem, será necessário administrar medicamentos analgésicos, corticosteróides tópicos ou anti-histamínicos.

Ao identificar qualquer mordida, é aconselhável evitar coçar o local para não causar uma superinfecção adicional por bactérias.

Quando procurar o médico?

Em casos raros, as crianças podem ter uma reação alérgica grave, chamada anafilaxia. Portanto, se ela apresentar quaisquer sintomas ou sinais de anafilaxia, deve-se chamar uma ambulância imediatamente. A seguir, descreveremos quais são os sinais de alerta para essa condição:

 

Anafilaxia: picadas de pulgas e aranhas em crianças

  • Tosse, chiados ou engasgos
  • Dificuldade para falar e/ou voz rouca
  • Uma erupção cutânea generalizada (urticária) ou coceira intensa
  • Dificuldade em respirar e engolir
  • Edema de língua e lábios
  • Desmaio
  • Palidez ou flacidez em crianças pequenas

Além disso, as lesões causadas por pulgas e aranhas em crianças podem provocar celulite ao redor da lesão. Esse sintoma torna-se evidente quando a pele fica mais quente, vermelha e dolorida ao toque. Diante dessa condição, é necessário iniciar um tratamento com antibióticos.

Sobre as picadas de pulgas e aranhas em crianças

As picadas de pulgas e aranhas em crianças são problemas muito comuns, nos quais apenas o tratamento tópico e o manejo dos sintomas e sintomas são suficientes. Da mesma forma, nas ocasiões em que houver dúvidas, deve-se recorrer à consulta médica com o especialista.

Pode interessar a você...
Testes de alergia em crianças
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Testes de alergia em crianças

É muito importante ter um histórico de sintomas e possíveis reações aos alérgenos. Para isso, os conhecidos testes de alergia são aplicados. Confir...